31/12/2014

‘Veja’ tenta explicar nota zero de Aécio

Paulo Nogueira *
Em algum momento do ano, a Veja tinha que publicar alguma coisa verdadeira, pela lei das estatísticas jornalísticas.
Isso aconteceu em sua última edição do ano, numa lista com o desempenho dos parlamentares brasileiros em 2014.
É um levantamento que a revista faz desde 2011, e que leva o pomposo nome de “Ranking do Progresso”.
Segundo a Veja, “critérios objetivos” são usados para a classificação: não se trata apenas de assiduidade, mas da qualidade dos projetos apresentados.
Na lista de 2014, entre os senadores, Aécio apareceu na última colocação. A nota que ele mereceu da revista foi, simplesmente, zero. A escala ia até dez.
Ainda ontem, quando a informação viralizou na internet, alguns tentaram explicar a posição de Aécio.
Um colunista do Globo, no Twitter, sugeriu que a posição de Aécio podia dever-se à campanha presidencial.
Os internautas não engoliram a justificativa. Alguém lembrou que o senador Lindbergh Farias também esteve em campanha em 2014, e ficou na segunda colocação.
Diante do clamor da internet, a Veja decidiu, no domingo, o impossível: justificar a posição de Aécio.
O caminho foi exatamente o do colunista do Globo: a campanha.
Era melhor a revista ficar em silêncio fúnebre. Ou será que a campanha explica também a nota 3,8 – de zero a dez – que Aécio levou em 2013?
Na primeira lista, a de 2011, Aécio sequer foi citado. Apenas 22 senadores apareceram nela, e entre eles não figurava Aécio.
Há, como se vê, uma coerência no Ranking do Progresso, pelo menos no que diz respeito a Aécio Neves.
Jornalisticamente, ficam algumas perguntas.
A primeira é: por que a Veja não utilizou seu “Ranking do Progresso” em nenhum perfil que fez sobre Aécio?
A seus leitores foi subtraída uma informação essencial.
Nenhum dos blogueiros também jamais mencionou uma lista destinada, segundo a Veja, a empurrar o país “rumo ao futuro”.
A Veja tratou seu próprio material como trata as notícias de um modo geral: se são desfavoráveis aos amigos, esconde-as. Mostrou assim a natureza do jornalismo que pratica.
Você pode perguntar: mas por que então ela deu a relação em que Aécio aparece em último lugar?
Boa questão.
Minha desconfiança é que, se não desse, ela vazaria de qualquer forma da internet, e o embaraço seria não só de Aécio mas da Veja.
Um instituto, mediante as diretrizes da Veja, avalia os parlamentares e os enumera. O “Ranking do Progresso” de 2014 fatalmente apareceria em algum site, e de lá viralizaria.
Na internet, é bem mais difícil você manipular as informações.
Por fim, fora as gargalhadas inevitáveis no reconhecimento involuntário que a Veja fez do trabalho de Aécio em Brasília, fica a constatação: a revista se bateu furiosamente para eleger o pior senador do Brasil.
* Jornalista no blog Diário do Centro do Mundo

A ESPERANÇA CONTINUA EM 2015


Apostas de SP, DF e MT acertam Mega da Virada e levam R$ 65,8 milhões cada

O valor total do prêmio supera em quase R$ 40 milhões o do ano passado e quebra o recorde da Mega de 2012, que pagou R$ 244 milhões. A arrecadação total do grande prêmio neste ano foi de R$ 871.318.160,00.
As seis dezenas sorteadas foram: 01 - 05 - 11 - 16 - 20 - 56.
Na quina, 2.581 apostas acertaram e levarão cada uma R$ 19.764,32. Na quadra, 168.546 sortudos levarão R$ 432,36 cada um.
Segundo a Caixa, foram realizadas neste ano mais de 348,4 milhões de apostas, com arrecadação total de R$ 871,3 milhões.
Os Estados de São Paulo e Paraná foram os que mais ganharam a Mega-Sena da Virada. Em seis edições do concurso especial de Ano-Novo, iniciado em 2009, seis bilhetes paulistas e outros quatro paranaenses tiveram a sorte de levar o prêmio máximo.
Em segundo lugar está o Distrito Federal com três vencedores do concurso, um em 2009, outro em 2011 e agora outro em 2014. Em Minas Gerais, dois bilhetes foram premiados. 
Outros Estados que também já tiveram dias de sorte foram Mato Grosso (2014), Alagoas (2013), Bahia (2013), Goiás (2012), Pará (2011), Ceará (2011) eEspírito Santo (2010).

Mensagem de Feliz Ano Novo...


Estava pensando no que escrever... No que comentar... O que destacar desse ano de 2014!
Considero que começamos o ano de 2014 herdando alguns problemas tanto de infraestrutura quanto de sequestros Judiciais(2,5 Milhões) que fizeram o ano ser de mais desafio!
Tivemos Grandes avanços na Saúde, só em 2014 foram 4 Novos Postos entregues, mais de 1 milhão em equipamentos, 3 camionetes, bem como, contratação e legalização de todos os funcionários da secretaria!
Na Educação, saímos das últimas posições, para um dos Melhores IDeB ( Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do estado! Trouxemos o curso Superior, em parceria com a UFAC, para os nossos Professores em especial da Zona Rural!
Na Obras, trabalhamos dia e noite e o resultado foi a transformação de uma cidade que estava destruída em uma que agora podemos voltar a chamar de "Princesinha do Acre", só em Asfalto foram mais de 2000 toneladas utilizadas, trabalhamos muito na criação de um Novo Bairro que transformou uma zona de Conflito em Esperança!
Passamos a ter um setor de Planejamento, estruturado e equipado que resultou em convênios de mais de 27 Milhões em Obras em Tarauacá que resultaram em um novo Momento na Economia e oportunidade de empregos em nossa cidade!
A Ação Social, se transformou em uma das principais secretarias do Município, aumentando a Inclusão de famílias e chegando com os programas sociais a quem mais precisa! Só de cobertura do Bolsa Família passamos de 800 Mil/mês para mais de 1,7 Milhões!
Tivemos um ExpoTarauacá, que de início fomos Criticados por alguns, mas que ao final todos enxergaram a Grandiosidade do Evento e o quanto acerto fora o Local!
Passamos tb pela maior alagação da História de nosso Município e conseguimos superar juntos, com muita solidariedade, a dificuldade; transformando em oportunidade de Investimento e Perspectiva de Crescimento Ordenado para Tarauacá com a aprovação do Nosso Plano Diretor pela Câmara de Vereadores!
Agradeço muito, a Todos os Colaboradores, funcionários, Câmara de Vereadores que sempre se mostrou ao lado do desenvolvimento de Tarauacá, Governo do Estado que nos ajudaram a poder trabalhar mais ainda e ao Amigo e Companheiro Chagas Batista que sempre se mostrou fiel e ladeado na busca do Melhor para Tarauacá, nem sempre concordamos em tudo, mas sempre estamos querendo e lutando pelo Melhor para Nossa Cidade!
Em Minha vida Pessoal, ganhei o maior presente. A notícia que serei Pai e tenho ao Meu lado uma Pessoa Maravilhosa que me Completa todos os Dias! Amo vcs, Ursula Prado e vc Bernardo, que chega em Maio, mas já é muito amado por todos Nós!!!
Por fim, peço desculpas por falhas que possa ter cometido e por pessoas que possa ter magoado; mas saibam que se errei foi sempre com o Intuito de Acertar e tentar fazer o Melhor!
Já cumprimos duas das propostas que fizemos em nossa Eleição! Estamos cada Vez mais "Unidos" e buscando a União de todos, "Reconstruímos" nossa Cidade neste ano de 2014!
E tenho Certeza que em 2015 Vamos "Fazer Muito Mais" Obras, Investimentos e Melhorias para Tarauacá!!!
Meu Coração está Limpo de rancor e cheio de Esperança! Obrigado 2014 e que Venha 2015 de Muita Paz, Amor e Prosperidade!!!
Obrigado Tarauacá!

Rodrigo Damasceno

TARAUACÁ: PRESIDENTE DO SINTEAC, PROFESSOR EURICO PAZ, DEIXA O PCdoB.

Professor Eurico Paz - Presidente do Sinteac
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre - Sinteac de Tarauacá, anunciou pela rede Social Facebook, o seu desligamento do Partido Comunista do Brasil - PCdoB, pelo qual militou por mais de dez anos.

De acordo com a nota, Eurico afirma que vinha sendo pressionado por dirigentes do partido para "aliviar contra a prefeitura" nos embates em defesa da categoria. 

O PCdoB participa da administração municipal com o Vice Prefeito, 3 secretários, várias coordenações e cargos de segundo e terceiro escalões. 

"Fazer um sindicalismo pelego atrelado ao poder ou exercer o que eu havia aprendido nas lutas e embates do partido, que é a resistência dos trabalhadores", disse o presidente.

Ainda segundo a nota, Eurico diz que está saindo para não atrapalhar a participação do partido no governo e os planos de alguns dirigentes que querem ser candidatos futuramente. 

"Devido esses últimos acontecimentos, minha situação no partido ficou insustentável. Saio com a consciência do dever de um militante comunista cumprido. Mas, não quero atrapalhar o projeto do partido e de seus membros dentro dessa administração. Agora ninguém da turma do prefeito vai mais pressionar os comunistas da prefeitura por conta da “postura do Eurico”, completou.

O problema se agravou na última segunda feira, quando o prefeito enviou para a câmara algumas leis, para votação em caráter de urgência urgentíssima, numa sessão extraordinária, sem discutir com o sindicato. Uma criava o estatudo dos servidores públicos e a outra um regime próprio de previdência. 

Sabendo que o prefeito tem apoio de maioria dos vereadores no parlamento, o sindicato mobilizou os trabalhadores, que foram para a câmara pressionar para que os nobres não votassem as leis. Numa reunião, ficou pactuado por maioria dos vereadores presentes e também a diretoria da entidade, a retirada das duas leis da pauta de ação.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA

Quero aqui tornar público meu pedido de desligamento do Partido Comunista do Brasil – PCdoB, diretório de Tarauacá.

Estive no partido por mais de uma década como militante do movimento da educação. Tentei cumprir seu estatuto e suas decisões coletivas. Acho que dei minha contribuição para o crescimento do partido e a eleição de vários camaradas em diversos cargos públicos. 

Desde o início dessa atual administração em que o partido faz parte, eu já vinha percebendo umas movimentações estranhas e muita inquietação de alguns dirigentes em relação a minha pessoa e ao meu posicionamento em defesa da minha categoria. Não foram poucas as reuniões em que dirigentes do partido queriam “me enquadrar” por conta disso. Dirigentes importantes querendo “dar carão” no presidente do Sinteac. Eu nunca aceitei esse tipo de coisa. 

Foi no PCdoB que aprendi a lutar em defesa dos direitos das pessoas mais humildes. Mas, os olhares e as prioridades do partido e dos camaradas eram somente para administração municipal e o restante teria que “compreender” isso por bem ou por mal. Tentei resistir e fazer com que os principais dirigentes entendessem que a luta dos trabalhadores em suas organizações populares deveria ser livre e independente do poder. Foi assim que aprendi. 

Tudo em vão. As pressões só aumentaram e passei muitas noites em claro refletindo sobre que decisão deveria tomar. 

Fazer um sindicalismo pelego atrelado ao poder ou exercer o que eu havia aprendido nas lutas e embates do partido, que é a resistência dos trabalhadores. 

Hoje, decidi seguir meu caminho e exercer minha função de Presidente da maior entidade sindical de Tarauacá que é o SINTEAC. Os trabalhadores me elegeram para fazer a sua defesa e não confabular com os poderosos e vender a honra de uma categoria tão sofrida.

Essa decisão não está sendo fácil. 

Esse último episódio envolvendo o sindicato e a prefeitura, por conta de não aceitarmos que o prefeito pudesse impor uma lei sem debater o seu conteúdo com os representantes dos trabalhadores, só revelou uma realidade que já se desenhava há muito tempo. Eu estava sozinho nessa luta. 

Mesmo depois de vários ataques que sofri da turma da prefeitura, nenhum dirigente do PCdoB se manifestou em minha defesa. Aliás, me telefonaram somente para me “esculhambar” por conta de minha postura em mobilizar os trabalhadores para resistirem contra esse “golpe” do prefeito. Ainda bem que alguns vereadores barraram a lei na câmara. 

Tenho informações que vão tentar aprovar de qualquer jeito. Só deixo um aviso. Não brinquem com os trabalhadores em educação. Temos histórias de lutas e resistências nesse município. Não somos massa de manobra. Se forem votar a lei nós vamos nos mobilizar e parar essa cidade. Insistam com essa imoralidade e verão.
Devido esses últimos acontecimentos, minha situação no partido ficou insustentável. Saio com a consciência do dever de um militante comunista cumprido. Mas, não quero atrapalhar o projeto do partido e de seus membros dentro dessa administração. Agora ninguém da turma do prefeito vai mais pressionar os comunistas da prefeitura por conta da “postura do Eurico”.

Por fim, vou continuar a frente do SINTEAC, me preparar para as perseguições e retaliações à minha pessoa, minha família e “tocar o barco”.

Deixo muitos amigos e amigas no partido, mas é hora de me despedir.

Tarauacá-Acre, 30 de dezembro de 2014.

José Eurico de Lima Paz.

30/12/2014

PREFEITURA DE TARAUACÁ CONVIDA A POPULAÇÃO PARA O RÉVEILLON NA PRAÇA BEIRA RIO


A Prefeitura de Tarauacá, através da Assessoria de Comunicação convida toda a população para prestigiar a queima de fogos do Ano-Novo, na virada do dia 31 de dezembro de 2014 para o dia 1º de janeiro de 2015, na Praça Beira Rio, com inicio a partir das 20hs.

A virada de ano é uma das datas mais comemoradas em todo o mundo. O principal motivo que explica essa comemoração talvez seja o fato das pessoas tomarem para si o sentimento de renovação, na esperança de que o ano seguinte será melhor do que o anterior.

O prefeito Rodrigo Damasceno disse que o município já está preparado para a realização da grande festa de Réveillon, e aproveitou para fazer um convite. “Quero convidar toda população de Tarauacá e região, que venham tragam suas famílias para juntos despedir de 2014 com muita alegria e diversão para que possamos começar 2015 com mais determinação, perseverança, paz, amor e saúde para todos”, disse.

Assecom Tarauacá

TARAUACÁ: TRÊS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA MORREM AFOGADAS

Imagem ilustrativa
Acidente ocorreu na manhã de segunda-feira, 29.
O acidente aconteceu no Igarapé Joací, a quatro horas de Tarauacá. Três pessoas estavam no barco que afundou. Duas crianças, uma delas com apenas três meses de idade, e a mãe não sabiam nadar e morreram. O Corpo de Bombeiros foi acionado e já iniciou as buscas.


De acordo com o tenente Laurimar, a previsão é que o resgate seja concluído até a manhã de terça-feira, 30. “Ainda não sabemos o que provocou essa tragédia”, disse o oficial. Os nomes das vítimas também não foram divulgados.

Matéria: Giro Feijó

EM ENTREVISTA AO ALCIONILDO FONTINELE DEPUTADO JESUS SÉRGIO FALA DE SUA TRAJETÓRIA E DE SEUS PROJETOS

Deputado Jesus Sérgio (Foto: Alcionildo Fontinele)

Nas eleições de 2014 Tarauacá surpreendeu muita gente, elegendo dois deputados estaduais, a surpresa foi maior ainda porque os dois nomes eleitos eram novos na política, entre os 11 candidatos a população tarauacaense escolheu para lhe representar na assembléia Dr. Jenilson e Jesus Sérgio. Os dois deputados são iniciante na política, hoje vamos falar um pouco de Jesus Sérgio.

Jesus Sergio de Menezes nasceu em (10/06/1973), é natural de Tarauacá, casado e tem 3 filhos. Jesus Sérgio como é popularmente conhecido é formado em matemática e tem MBA em negócios financeiros.
Antes de entrar na política Jesus teve diversas experiências profissionais, algumas delas em trabalhos pesados, trabalhou em loja e até fazendo tijolos, porém Jesus estudou e sempre foi um bom aluno, passou em vários concursos e hoje tem um currículo invejável. Após muito estudo Jesus trabalhou 13 anos no Banco da Amazônia, onde foi de supervisor a gerente, já como professor ele trabalhou 18 anos dando aulas em diversas escolas públicas, principalmente na escola de ensino médio Dr. Djalma da Cunha Batista. Além de ser funcionário público Jesus também é empresário, dono da NICAD Construtora.
Entrevista:
Jejus o que lhe levou a sair candidato a vereador?
Até uns dois anos e pouco atrás, eu pensava que a gente não deve se envolver muito na política, ai eu fui convidado, o Chico Batista me fez o convite e recusei, eu não queria, eu queria ajudar sim, eu sempre participei da política como mero espectador ajudando algumas pessoas que a gente acreditava. Ai a gente resolveu fazer o teste e foi bem aceito tirando 814 votos sendo o vereador mais votado nas eleições de 2012.
E para deputado?
O PDT tinha aqui em Tarauacá o Chico Batista e o meu nome para ser candidato, o Chico não quis sair e o partido me convidou novamente, eu aceitei e graças a Deus novamente aqui em Tarauacá fui o mais votado e fui eleito deputado.
E sua atuação como vereador?
Eu trabalhei alguns projetos em relação ao transito e dentro da educação já que eu sou professor, alguns foram aprovados pela câmara mais não foram colocado em prática pela prefeitura, eu espero que um dia sejam executados sendo que depois de um ano eles serão novamente apresentados.
Qual o seu aprendizado como vereador?
O maior aprendizado que a gente teve, foi que tem que ter pessoas com conhecimentos tanto da vida como conhecimentos teóricos também, chegam muitos projetos na câmara, a gente até ajuda os colegas e nisso a minha participação acho que foi muito importante, pois eu já trabalhei no pesado, fui um bom aluno passando em vários concursos então eu sei quando um projeto vai beneficiar as pessoas.
Quem vai assumir como vereador em seu lugar?
Ficou uma discussão dentro do partido pra sabermos se era do partido, ou da coligação e após  a gente consultar um advogado vimos que quem fica com a vaga é o candidato mais votado da coligação. Como na nossa coligação de 2012 formada pelos os partidos (PDT) e (PMDB) em primeiro lugar foi eu, depois o Mirabor que também foi eleito e atua como vereador, mais o candidato que vai assumir é o Valdor do Ó do (PMDB).
Qual os seus projetos como deputado?
Durante a campanha a gente fez várias propostas de trabalho. O nosso município é uma regional de Tarauacá, Feijó e Jordão, então a nossa regional precisa ter as condições de uma regional. Então eu quero fazer uma parceria com o deputado Jenilson para que a gente lute por esses municípios, eu vou lutar pra trazer a UFAC Universidade Federal do Acre para Tarauacá, já ta sendo construído o IFAC mais é importante a presença da UFAC, como eu sou professor a 18 anos eu acredito, sempre acreditei e venci através da educação e eu quero que as pessoas também tenham essa oportunidade.
Após conversar muito com a minha esposa a gente decidiu que vai morar em Rio Branco mais que quero a cada 15 dias está em Tarauacá, meu assessor também vai ser uma pessoa aqui de Tarauacá pra também a gente manter esse contado com o município.
Seu futuro político?
Eu quero fazer uma coisa de cada vez, mais eu até conversei com minha esposa e vou trabalhar politicamente ai no final se a gente tiver condições, tiver tido a oportunidade de desenvolver um bom trabalho eu quero continuar. Até o momento como vereador eu continuava sendo professor continuava dando aula e também tinha um tempo para cuidar da construtora, agora eu vou pedir afastamento de professor, vou me desligar da construtora e vou me dedicar exclusivamente a política.
Essas foram as palavras do deputado Jesus Sérgio, que ele assim como seu colega Dr. Jenilson, venham honrar os votos que a população tarauacaense lhes confiaram. Tarauacá é uma cidade que cresce a cada dia, precisamos de projetos que venham beneficiar a população em geral, que venha contribuir com o crescimento desse centenário município. Boa sorte.

Alcionildo Fontinele – Tarauacá Online


POLÍTICA


Maior escândalo de corrupção da História do Brasil foi a privataria tucana

Os meios de comunicação, com seu apoio incondicional às privatizações, foram um dos responsáveis pelo prejuízo de R$ 2,4 bilhões que teve o povo brasileiro

Luciano Pereira / Aloysio Nunes - Flickr
O país teve um prejuízo de pelo menos R$ 2,4 bilhões com as privatizações do patrimônio público dado a preço de banana a grandes corporações privadas, durante o governo FHC.
 
A estimativa foi feita no clássico estudo escrito pelo jornalista Aloysio Biondi, que, em seu livro "O Brasil privatizado", afirma: 
 
"O governo diz que arrecadou 85,2 bilhões de reais com as privatizações. Mas contas “escondidas” mostram que há um valor maior, de 87,6 bilhões de reais, a ser descontado daquela 'entrada de caixa'"(p. 68)  
 

José Cruz / EBC
 
A obra essencial de Biondi, que chegou a vender mais de 140 mil cópias, acaba de ganhar uma nova edição na coleção História Agora, da Geração Editorial  (256 págs, R$ 29,90).
 
O cálculo dos prejuízos das privatizações não considera os possíveis ganhos e valorizações posteriores, cujos montantes Biondi reputa incalculáveis. 
 
As privatizações da mineradora estatal Vale do Rio Doce, em 1997, e do sistema Telebrás, em 1998, foram as mais emblemáticas e vultosas. 
 
Além de as empresas terem sido subavaliadas, foram entregues com dinheiro em caixa aos que as arremataram em leilões. É como alguém vender uma casa com dinheiro no cofre.
 

Wilson Dias / EBC
 
A análise de Biondi expõe a importância crucial dos meios de comunicação para criar a indiferença ou mesmo incitar o apoio da população à venda desenfreada das estatais, feita por aquele governo:
 
"Sem sombra de dúvida, os meios de comunicação, com seu apoio incondicional às privatizações, foram um aliado poderoso. Houve a campanha de desmoralização das estatais e a ladainha do 'esgotamento dos recursos do Estado'." (p. 21).
 
O alerta de Biondi é absolutamente atual, haja vista a sanha desencadeada contra toda a empresa Petrobrás em um escândalo no qual o acusado por falcatruas está preso e indiciado por seus crimes, bem diferente do padrão anterior de conivência dos governos diante da corrupção.
 

 
A comparação que pode ser feita pela tabela acima, mostrando os números de cada escândalo, evidencia a deliberada desproporcionalidade conferida ao mensalão e às denúncias contra a Petrobrás em relação a outros casos.
 
O ódio insuflado pelo mercado contra o atual governo Dilma se presta ao infame papel de distorcer a compreensão sobre essa página infeliz de nossa história.
 
O livro de Biondi, relançado, nos dá a chance de nunca esquecer o que fizeram com o Brasil, para jamais permitir que isso se repita.
 
Referências Bibliográficas: BIONDI, Aloysio. O Brasil Privatizado: um balanço do desmonte do Estado. 11ª edição. São Paulo: Editora da Fundação Perseu Abramo, 1999.

(*) Antonio Lassance é cientista político.
Créditos da foto: Luciano Pereira / Aloysio Nunes - Flickr

PREFEITURA DE TARAUACÁ ANUNCIA PAGAMENTO DE SERVIDORES DA EDUCAÇÃO E SERVIÇOS PRESTADOS


Após efetuar o pagamento do décimo terceiro salário integral a todos os servidores públicos municipais, a Prefeitura de Tarauacá liberou o pagamento dos salários dos servidores da Secretaria Municipal de Educação no montante de R$ 1.254.000,00, além dos serviços prestados referentes ao mês de dezembro, nesta terça-feira (30). As secretarias de Administração e Saúde tiveram seus vencimentos liberados entre os dias 20 e 25, assim como o 13º salário de todos efetivos e comissionados. Para os servidores terceirizados, hoje fora pago a segunda parcela do 13°, já o pagamento referente ao mês de Dezembro será pago até o 5° dia útil de Janeiro.

A gestão de Rodrigo Damasceno e Chagas Batista sempre priorizou o pagamento dos servidores, nunca atrasou um dia e, com as festividades de fim de ano, decidiu antecipar o salário de dezembro, que poderia ser pago normalmente até o quinto dia útil do próximo mês.


O prefeito Rodrigo Damasceno comemora os salários pagos dentro do mês, uma marca da gestão, que mesmo com o ano de 2014 repleto de sequestros judiciais (R$ 2.82.049,00), em virtude, de mal zelo da gestão anterior em deixar salários e fornecedores atrasados, desde o inicio de 2013 não tem atrasado, diferente de outros municípios Acrianos. A gestão terminará o ano honrando os compromissos e com saldo positivo, destacando a política de valorização do funcionalismo público. “A antecipação dos salários, entre outras iniciativas, é uma forma de valorizar os funcionários”, enfatizou.

Oportunamente, o prefeito deseja a todos os servidores e população de Tarauacá um Feliz Ano Novo repleto de felicidade, harmonia, saúde, prosperidade, união e paz!

Assecom Tarauacá

GARANTIAS DE DIREITO


Acre foi o estado do Brasil que mais entregou títulos definitivos em 2014

Confira lista com os melhores concursos públicos previstos para 2015

Se neste ano o mundo dos concursos públicos foi ofuscado pela Copa e pelas eleições, 2015 promete ser “o ano” para os concurseiros de todo país. Órgãos federais de grande porte, como Banco do Brasil e Petrobras, já lançaram edital, com provas marcadas para março. Câmara dos Deputados, Receita Federal e INSS não ficarão para trás e devem abrir concurso ano que vem. O otimismo também se reflete na esfera distrital. A Secretaria de Segurança Pública já abriu mais de mil vagas, e, pelo menos, outros cinco órgãos tem seleções autorizadas pelo governo local.
De acordo com o professor de administração pública do IMP Concursos, Rafael Barbosa, 2015 será bastante otimista para os concurseiros. Em âmbito federal, a maioria dos editais deve ser lançada pelos órgãos da Administração indireta (agencias reguladoras, órgãos de controle e autarquias). “Destaque também para as seleções dos poderes Legislativo e Judiciário, que não sofrem tanta influência dos cortes orçamentários promovidos pelo Executivo”, analisa.
Para o Distrito Federal, o especialista diz que o governo eleito já mostrou compromisso com os concursados ao decretar a extinção de 60% dos cargos comissionados. “Os primeiros seis meses da nova gestão deverão ser dedicados ao ajuste fiscal, mas, mesmo assim, vão sair alguns editais já autorizados. Acredito que a substituição dos comissionados por concursados será feita de forma gradativa já nos primeiros dois anos de gestão”, prevê Barbosa.
Confira abaixo lista com os 25 concursos mais cobiçados para o ano que vem:
Editais abertos:

Banco do Brasil
Foram abertas 2.499 vagas para cadastro RESERVA. De acordo com o edital, o posto é o de escriturário, com salário de R$ 2.227,26. Para participar é exigido nível médio completo. Provas objetiva e redação marcadas para 15 de março.

Petrobras
A estatal abriu 47 vagas imediatas e 2.655 para formação de cadastro reserva. O edital oferece chances para níveis médio e superior. As remunerações variam de R$ 3.095,97 a R$ 8.866,74. Provas objetivas serão no dia 8 março.

Conselho Nacional do Ministério Público
O primeiro concurso do órgão oferece 87 vagas para níveis médio e superior. Haverá ainda formação de cadastro reserva. As remunerações variam de R$ 5.007,82 a R$ 8.178,06. As provas serão aplicadas no dia 1º de março.

Secretaria de Segurança Pública do DF (Sesipe)
Serão selecionados 1.100 agentes penitenciários, deste total, 200 para provimento imediato e 900 para CR. O vencimento é de R$ 4.745. O posto exige formação em qualquer curso superior. Segundo o edital, a prova objetiva agendada para 19 de abril.

Editais previstos:

Câmara dos Deputados
Mesa Diretora autorizou concurso para o ano que vem. O número de vagas ainda não foi definido, mas haverá chances para níveis médio e superior, com remunerações entre R$ 11.684,43 e R$ 17.684,43. Edital deve sair somente após fevereiro.

Receita Federal
Planejamento afirmou que a previsão orçamentária prevê recursos para contratação de auditores. No entanto, ainda não há definição de número de vagas e data de lançamento do edital

INSS
Foram solicitadas ao Planejamento 4.730 vagas. A seleção vai oferecer oportunidades para técnico do seguro social (2.000), médico perito (1.150) e analista do seguro social (1.580). Os servidores receberão entre R$ 4,8 e R$ 10,8 mil.

Ministério do Planejamento
Recém autorizado pela ministra Miriam Blechior, o concurso vai oferece 556 vagas, sendo 22 para a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Edital deve sair até junho. As chances serão para nível superior, mas os salários não foram divulgados.

Ministério das Comunicações
A pasta pretende abrir concurso com 187 vagas de níveis médio e superior. Para isso, ainda aguarda autorização do Planejamento. Pedido foi feito em maio deste ano.

Polícia Militar do DF
Certame foi autorizado em 2013, mas deve sair só em 2015. Serão oferecidas 204 vagas, sendo 51 imediatas e 153 para CR. Os postos contemplados serão de segundo-tenente dos quadros de oficiais policiais militares e policiais militares capelães.

Secretaria de Fazenda do DF
A realização do concurso já foi autorizada e está adiantada. O órgão já está em fase de escolha da banca organizadora. Serão abertas 100 vagas. Definições sobre cadastro RESERVA, salários e exigências para o cargo serão divulgadas no edital.

Inmet
O órgão vai abrir 242 vagas e também já está em fase de análise para escolher a organizadora. Os cargos, salários e lotação não foram divulgados, mas já se sabe que haverá chances para Brasília.

Polícia Federal
A Associação Nacional dos Delegados da corporação anunciou que será aberto concurso com 600 vagas até o final de 2015. As chances serão para escrivão (450) e delegado (150). As remunerações, após a reestrutura da carreira chegam a R$ 17 mil.

Ministério do Trabalho e Emprego
O Planejamento ainda analisa o pedido de concurso com 800 vagas feito em maio.
O cargo contemplado será o dia auditor fiscal do trabalho, com remuneração de R$ 15.743,64.

Superior Tribunal de Justiça
A assessoria do órgão confirmou que será lançado novo concurso em breve. Não há definição de vagas e cargos, mas as chances deverão ser destinadas a áreas diferentes àquelas abertas no certame realizado em 2012.

IBGE
O instituto solicitou ao Planejamento novas vagas para os postos de técnico, tecnologista e analista. As áreas de atuação e quantidade de oportunidades ainda não foram definidas.

Anac
A agência solicitou, em outubro, abertura de novo concurso público ao Planejamento. Porém, não foram informados número de vagas e áreas de atuação.

ANTT
A agência pretende abrir 670 vagas de níveis médio e superior. O pedido de concurso foi encaminhado em outubro, mas ainda não houve retorno.

Novacap
Autorizado em maio de 2013, o certame deve ficar mesmo para 2015. Serão abertas 379 vagas e cadastro RESERVA. O Tribunal de Contas do Distrito Federal chegou a multar o secretário de administração por não lançar o concurso.

Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedest)
O concurso foi autorizado em fevereiro deste ano. Serão 200 vagas, sendo 100 para especialista (nível superior) e técnico em assistência social (nível médio). Os salários vão de R$ 4.239,20 a R$ 5.789,36.

Agência Nacional de Águas
Em agosto, a assessoria da agência informou que o pedido do concurso estava em última instância no Planejamento. Serão abertas 32 vagas para analista, que exige nível superior. O salário é de R$ 11.071,29. Lotação na sede, em Brasília.

Anvisa
Órgão aguarda autorização do Planejamento desde agosto. Serão abertas 120 vagas de nível médio. As oportunidades serão para técnico administrativo, com lotação em Brasília. O salário inicial do posto é de R$ 4.760,18.

Tribunal de Contas da União
Autorizado em julho, o certame vai oferecer 30 vagas para os postos de auditor (12) e técnico (18). As vagas serão distribuídas entre o Distrito Federal, Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco e São Paulo.

DNIT
O departamento ainda aguarda autorização do Planejamento. A expectativa é de sejam abertas 1.131 vagas, para postos de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 3.342,50 a R$ 6.647,41.

Ministério da Cultura
Pasta solicitou abertura de 140 vagas de nível superior e 89 de nível médio. Pedido ainda está em análise no Planejamento. As remunerações podem chegar a R$ 6.330,28.

http://agazetadoacre.com/noticias/confira-lista-com-os-melhores-concursos-publicos-previstos-para-2015/