sábado, 28 de fevereiro de 2015

Prefeitrua de Feijó realizar atendiementos as famílias atingidas pela a segunda enchente do Rio Envira


Prefeito Mêrla designou equipe de trabalho por meio da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde e Secretaria de Obras, para fazer o monitoramento e acompanhamento de toda situação realizando um levantamento das famílias afetadas pela enchente no qual foram feitas visitas a 168 famílias, sendo 40 famílias no bairro do Terminal; 16 famílias na Rua Francisco Pereira; 14 famílias no seringal canabrava; 68 famílias na Aldeia Paroá; e 30 famílias no Aristides. As famílias estão sendo assistidas com alimentação, água potável, kit de higiene e atendimento médico no alojamento, através da Prefeitura Municipal de Feijó. 
  
 
   

 
  
  
  
   
 
  
    
  
 

Mulher é eletrocutada ao tentar retirar pertences na alagação

Sem título-4

Uma mulher de 62 anos morreu eletrocutada na casa de sua filha na tarde deste sábado, 28, no Palheiral, próximo ao posto de saúde do bairro.
A Servidora pública Fatima Lima de Moura fazia a retirada dos pertences da casa de sua filha, mais uma vitima da enchente do rio Acre que atinge mais de 5 mil pessoas na capital, quando sofreu uma descarga elétrica proveniente de um esbarrão numa tomada da residência.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar no local a vítima já estava sem vida. Peritos do Instituto Médico Legal  estiveram no local, fizeram a peririca e removeram a vitima.
http://www.ac24horas.com/2015/02/28/mae-e-eletrocutada-ao-tentar-retirar-pertences-da-filha-na-alagacao/

TARAUACÁ: MORADORES TENTAM INVADIR TERRENO DO IFAC NO MUNICÍPIO

Moradores tentam ocupação do terreno
Algumas pessoas estão tentando ocupar uma área de terra ao lado da vila Seabra no Bairro Avelino Leal. Ontem à tarde eles entraram no local, demarcaram alguns terrenos, enfiaram os "tocos"e se prepararam para dar início à construção de casas. 

Polícia esteve no local para conversar com os ocupantes
Hoje pela manhã eu e a vereadora Janaina Furtado fomos até o local convidados pelos possíveis ocupantes da área. Muito cedo, também, chegou a polícia para conversar com essas pessoas e pedir que saíssem da área, pois, a mesma pertence ao IFAC - Instituto Federal do Acre. Portanto pertence ao Governo Federal. 

Direção do Ifac foi até o local
Em seguida chegou o diretor do IFAC - Campus de Tarauacá, professor Sérgio Flórido, que explicou aos presentes que na área será construído o Campus Avançado do Instituto. Sérgio fez uma lista das pessoas que estavam no local para ocupar o terreno e disse que a levaria para o prefeito para que visse a possibilidade de incluir todos na lista para receberam casas populares, quando as mesmas forem construídas. 

Diretor do Ifac faz uma lista com os nomes dos ocupante.
mesmo assim as pessoas alegando que habitam as área de risco e que suas casas estão próximo ao barranco do rio, que está quebrando,insistem em permanecer no local. Diante do fato, o IFAC divulgou a seguinte nota:

“Entendemos a necessidade legitima de moradia das pessoas, mas como responsáveis pela gestão do terreno a direção do IFAC Tarauacá não pode permitir que o projeto de construção do campus seja inviabilizado. As medidas cabíveis já estão sendo tomadas. Vale lembrar que; o perfil do campus de Tarauacá exige uma área do tamanho demarcado, pois os cursos a serem implantados são articulados ao eixo de Ciências Naturais (Biologia, Agronomia, Zootecnia, Agropecuária, Engenharia Florestal, dentre outros curso.) o que exige áreas para a instalação dos equipamentos Laboratórios, áreas de pastagem e Bosque florestal”. (IFAC)

Fonte: blog do accioly

Major Rocha alfineta Petecão: “sou o único parlamentar do Acre que não bate continência para Dilma”

O deputado federal Major Rocha (PSDB) não gostou da brincadeira que o senador Sérgio Petecão (PSD) fez com sua ausência na reunião que definiu o deputado federal Raimundo Angelim (PT), como o novo coordenador da bancada federal do Acre. “O Senador teria dito que eu daria as contas dos parlamentares oposicionistas que se relacionarem com os deputados da Frente Popular e sugeriu que os “demitidos” deveriam passar no meu gabinete para pegar as contas”, questionou o parlamentar tucano.
Rocha justificou sua ausência, informando que, no momento dessa reunião ele participava de um evento com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, juntamente com a Frente Parlamentar da Segurança e as entidades representativas dos profissionais de Segurança Pública, tratando da construção de uma pauta positiva para o setor. Não sendo possível que ele participasse da aclamação dos dois deputados da base de sustentação da presidente Dilma Rousseff (PT), no Congresso Nacional.
O tucano destaca ainda que não se ofendeu com o “gracejo” de Petecão. Rocha destaca ainda que é o “único parlamentar do Acre que não bate continência para Dilma. Acho até que ele faz uma referência ao fato de eu ser o único parlamentar federal acreano que não faz parte da base de sustentação da Presidente Dilma e nem empresto apoio politico ao governo do PT no Congresso. Para finalizar, é sempre bom reforçar que faço oposição ao PT do Acre e do Brasil por discordar da forma como os mesmos conduzem a gestão pública”.
Apesar de reafirmar sua linha dura de deputado de oposição, Major Rocha ressalta que o fato de ser adversário do PT, “isso não me faz inimigo dos petistas e de seus aliados, mesmo que essa verdade nem sempre seja reciproca. Aproveito a oportunidade para desejar ao Deputado Angelim sucesso na condução da bancada, estarei sempre pronto para ajudar nas causas e lutas que atendam os interesses do Acre e dos acreanos”. Por telefone, Rocha disse que apoiará as iniciativas que beneficiem o povo brasileiro.
Ray Melo, da editoria de política de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com

CONVOCAÇÃO PÚBLICA



Assecom Tarauacá

BRASIL: Nova regra do seguro-desemprego vale para demitidos a partir de sábado

A nova regra do seguro-desemprego começa a valer para quem for demitido a partir deste sábado (28), segundo informou o Ministério do Trabalho. Portanto, as mudanças valerão para esses trabalhadores que darão entrada no pedido a partir desta segunda-feira (1º).

"A vigência da Medida Provisória [que estabelece as novas regras] começará 60 dias a partir da data da publicação. Sendo assim, as novas regras incidirão nos trabalhadores demitidos a partir do dia 28 de fevereiro de 2015", diz o Ministério do Trabalho.

Com as mudanças, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez deverá ter trabalhado por 18 meses nos 24 meses anteriores.

De acordo com as novas regras, na segunda solicitação do benefício, ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 meses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por seis meses ininterruptos nos 16 meses anteriores.

De acordo com o Ministério da Fazenda, na primeira solicitação, o trabalhador poderá receber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores. Poderá receber cinco parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses nos 36 meses anteriores. Já na segunda solicitação, ele poderá receber quatro pardelas se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses nos 36 meses anteriores.

A partir da terceira solicitação do seguro-desemprego, vale a regra anterior, que prevê o recebimento de três parcelas para quem trabalhou entre 6 e 11 meses nos 36 meses anteriores. Para receber quatro parcelas do seguro-desemprego, ele terá de ter trabalhado entre 12 e 23 meses nos 36 meses anteriores e, para receber cinco parcelas, terá de ter trabalhado por, pelo menos, 24 meses nos 36 meses anteriores.

Outras mudanças

Também começa a valer em março um novo cálculo que reduzirá o valor da pensão por morte (do patamar de 100% do salário de benefício para 50% mais 10% por dependente até o limite de 100% e com o fim da reversão da cota individual de 10%).

Outra mudança é a vitaliciedade do benefício. Cônjuges “jovens” não receberão mais pensão pelo resto da vida. Pelas novas regras, o valor será vitalício para pessoas com até 35 anos de expectativa de vida – atualmente quem tem 44 anos ou mais. A partir desse limite, a duração do benefício dependerá da expectativa de sobrevida.
Desse modo, o beneficiário que tiver entre 39 e 43 anos receberá pensão por 15 anos.

Quem tiver idade entre 33 e 38 anos obterá o valor por 12 anos. O cônjuge com 28 a 32 anos terá pensão por nove anos. Quem tiver entre 22 e 27 anos receberá por seis anos. E o cônjuge com 21 anos ou menos receberá pensão por apenas três anos.

Já entrou em vigor no dia 14 de fevereiro uma das novas regras anunciadas pelo governo para a pensão por morte. Com a mudança, só tem direito ao benefício quem conta com pelo menos dois anos de casamento ou união estável. A legislação anterior não estabelecia um prazo mínimo para a união.

As mudanças na pensão por morte fazem parte de um pacote de medidas provisórias anunciadas pelo governo no final do ano passado para tornar mais rigoroso o acesso da população a uma série de benefícios previdenciários. As mudanças não afetam quem já recebe o benefício.

Já no dia 30 de dezembro, entrou em vigor a alteração que estabelece que deixa de ter à pensão o dependente condenado pela prática de crime que tenha resultado na morte do segurado.

Com informações do G1, em São Paulo

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Após 9 enchentes em três meses, Tarauacá estima prejuízo de R$ 40 mi


A cidade acreana de Tarauacá, distante 400 quilômetros de Rio Branco, ainda não conseguiu se recuperar da enchente histórica que atingiu o município em novembro de 2014. De lá até fevereiro deste ano, a cidade encarou ainda outras oito enchentes, das quais três de grandes proporções.  No domingo (21), o Rio Tarauacá transbordou pela nona vez em três meses. Com tantas subidas do rio, a prefeitura estima um prejuízo de R$ 40 milhões na zona rural e urbana.
“Na primeira cheia em novembro a estimativa de prejuízo era de R$ 15 milhões, o número que tenho agora é uma dedução, mas acredito que estamos passando de R$ 40 milhões na zona rural e urbana. Hoje [sexta-feira, 27], ele está com 8,40 metros. E a previsão é que em março venham as maiores água, mas vamos enfrentar esse desafio”, destaca o prefeito da cidade, Rodrigo Damasceno.
Após a última cheia, a cidade passa por reparações estruturais e de limpeza. O prefeito diz ainda que na tarde desta sexta-feira (27) fechou acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) para que a Ação Global fosse realizada novamente no município em decorrência das constantes cheias que a cidade tem passado.
“Além disso, fechamos com Sesc, Senac e Senai para a realização de cursos profissionalizantes, em especial na construção civil, em virtude do que a cidade tem passado desde novembro. Nós temos que plantar a esperança na população e a esperança só vem com a possibilidade de uma alternativa para a vida melhor. Vamos superar essas cheias e enfrente março, quando ainda tem a possibilidade de alagar”, finaliza.
Há dois dias, o Rio Tarauacá vem apresentando sinais de vazante e atingiu nesta sexta-feira (27) 8,85 metros, abaixo da cota de transbordo que é de 9 metros. No município, as famílias atingidas pela cheia retornaram para suas casas.
Em novembro de 2014, o prefeito Rodrigo Damasceno chegou a decretar estado de calamidade pública em Tarauacá. Registrada como uma das maiores cheias que a cidade passou, o nível do rio ultrapassou 12 metros e atingiu mais de 70% da cidade.
A segunda grande cheia foi registrada em Tarauacá durante janeiro quando o rio voltou a subir e desabrigar famílias na cidade. Somente em janeiro, o rio chegou a subir duas vezes.
Em fevereiro deste ano, várias cidades do Acre sofrem com o transbordamento dos rios. Brasileia foi tomada pelas águas em quase 100%, o que fez o estado decretar calamidade pública.
Mais de 83 mil pessoas foram atingidas pelas cheias dos rios acreanos em sete municípios. Por causa disso, o governo do Acre decretou situação de emergência em pelo menos seis cidades do estado, nesta terça-feira (24). São elas Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri, Rio Branco e Tarauacá.

TRIBUTO AO PASSADO - DA SÉRIE: CRIAÇÕES DO MESTRE BENÍCIO


Mini Navio feito pelo Mestre Benício em flandre e madeira para o seu primeiro filho José Virgílio quando o menino tinha 10 anos de idade. Hoje o senhor José Virgílio tem 83 anos de idade e me explicou que o mini navio era propulsado por uma máquina de relógio com um eixo em que na ponta havia uma hélice de três pás. 

Blog: tarauacánoticias

Fechar empresas fica mais fácil e mais rápido

A PARTIR DE AGORA QUEM QUISER FECHAR A EMPRESA BASTA PROCURAR A JUNTA COMERCIAL E APRESENTAR UM ÚNICO DOCUMENTO.

Os brasileiros que um dia apostaram em algum negócio próprio e não conseguiram ir em frente sabem como pode ser difícil fechar uma empresa. Mas isso vai mudar.
Milton guarda toda a documentação da mercearia que fechou as portas em 2005. O negócio não dava mais lucro e durante esses anos o trabalho dele foi tentar dar baixa na empresa, sem sucesso.  “Eu reuni tudo quanto é tipo de documento exigido por eles, e eles sempre pediam mais, e eu acabei desistindo”, conta Milton Batista da Costa, militar reformado.
Enquanto a empresa está aberta o dono tem obrigações como por exemplo declarar o imposto de renda e apresentar balanços. Caso contrário, é multado. Segundo o governo, 1,2 milhão de empresas estão abertas, mas sem funcionar por causa da burocracia para encerrar o negócio. Grande parte micro e pequenas empresas.
A partir de agora quem quiser fechar a empresa basta procurar a junta comercial e apresentar um único documento. O fechamento será automático. O procedimento também pode ser feito pela internet se a empresa tiver assinatura digital, um registro eletrônico da empresa.
Outra novidade: não há mais necessidade de apresentar certidões negativas de débito. Dívidas serão transferidas para o CPF do dono ou dos sócios.
“Está provado que o brasileiro gosta de empreender. O que nós temos que fazer é dar liberdade pra ele. Vamos tirar a canga da burocracia, a canga de uma carga tributária que não é justa, como nós estamos fazendo com o Simples”, diz Guilherme Afif Domingos, min. da secr. da Micro e Pequena Empresa.
Para a presidente Dilma Rousseff é preciso simplificar os serviços públicos.
“Tornar o estado brasileiro um peso muito menor do que é hoje nas costas dos cidadãos e dos empresários, e de todos os agentes, aqueles que de uma forma ou de outra entram em contato com o estado como condição da atividade civil que cada um de nós desempenha na vida”, afirmou a presidente.
E, a partir de junho, abrir uma empresa vai levar no máximo cinco dias para negócios de risco baixo.
G1

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PREFEITURA DE TARAUACÁ DIVULGA RESULTADO FINAL DO PROCESSO SELETIVO DA CRECHE NO CARGO DE CUIDADOR INFANTIL


À COMISSÃO RESPONSÁVEL PARA ANALISE CURRICULAR DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA CARGO DE CUIDADOR INFANTIL Nº002/2015 DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ-ACRE TORNA PUBLICO RESULTADO FINAL.




Assecom Tarauacá

TARAUACÁ: VEREADORES ESCOLHEM MEMBROS DAS COMISSÃO PERMANENTES

Sessão da Câmara de Vereadores de Tarauacá (foto/Assessoria)
Na sessão ordinária desta quarta feira, 25 de fevereiro, os vereadores definiram os nomes dos membros das Comissões Permanentes da casa para o Biênio 2015/2016.

Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final

PRESIDENTE – LUZIVALDO DE JESUS ARAÚJO
RELATOR – JOSÉ SIDENIR DAS CHAGAS
MEMBRO – JOSÉ MARQUES LEITE NETO
SUPLENTE – VALDOZINHO VIEIRA DO Ó

Comissão de Orçamento e Finanças

PRESIDENTE – JOSÉ MANOEL DOURADO DE OLIVEIRA
RELATOR – LUZIVALDO DE JESUS ARAÚJO
MEMBRO – JANAÍNA ARAÚJO FURTADO
SUPLENTE – ROBERTO DE SOUZA FREIRE

Comissão de Obras Públicas, Transporte e Comunicação

PRESIDENTE – VALDOZINHO VIEIRA DO Ó
RELATOR – JOSÉ MANOEL DOURADO DE OLIVEIRA
MEMBRO – ROBERTO DE SOUZA FREIRE
SUPLENTE – JOÃO FRANCISCO BRASIL DA SILVA

Comissão de Educação, Cultura e Desporto, Saúde Pública e Assistência Social

PRESIDENTE – JANAÍNA ARAÚJO FURTADO
RELATOR – JOSÉ MARLINDO PINHEIRO DA SILVA
MEMBRO – FRANCISCO DA SILVA MANOEL
SUPLENTE – JOSE MARQUES LEITE NETO

Comissão de Legislação Agrária, Fomento, Agropecuária, Indústria e Comércio, Ciências e Tecnologia e Meio Ambiente

PRESIDENTE – JOSÉ MARLINDO PINHEIRO DA SILVA
RELATOR – FRANCISCO DA SILVA MANOEL
MEMBRO – JOSE MARQUES LEITE NETO
SUPLENTE – LUZIVALDO DE JESUS ARAÚJO

Comissão de Serviço Público, Trabalho, Segurança e Municipalismo

PRESIDENTE – FRANCISCO DA SILVA MANOEL
RELATOR – VALDOZINHO VIEIRA DO Ó
MEMBRO – JOSÉ SIDENIR DAS CHAGAS
SUPLENTE – JANAÍNA ARAÚJO FURTADO

Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor

PRESIDENTE – JOSÉ SIDENIR DAS CHAGAS
RELATOR – JOÃO FRANCISCO BRASIL DA SILVA
MEMBRO – LUZIVALDO DE JESUS ARAÚJO
SUPLENTE – FRANCISCO DA SILVA MANOEL

Comissão de Direitos Humanos e Cidadania

PRESIDENTE – JOÃO FRANCISCO BRASIL DA SILVA
RELATOR – ROBERTO DE SOUZA FREIRE
MEMBRO – JOSÉ MANOEL DOURADO DE OLIVEIRA
SUPLENTE – JOSÉ SIDENIR DAS CHAGAS


Blog do Accioly
COM INFORMAÇÕES DA DA ASSESSORIA 
CÂMARA MUNICIPAL

"Ele era tranquilo', diz prefeito sobre suspeito de matar família em SC

Alcir Pederssetti é suspeito de matar esposa, filha, sogro, sogra e cunhada.
Seis corpos foram encontrados em casa em Cordilheira Alta nesta quinta.

O suspeito de matar a própria família e depois cometer suicídio (26) em Cordilheira Alta, no Oeste de Santa Catarina, era tranquilo, segundo o prefeito da cidade, Alceu Mazzioni. "Sempre foi um funcionário tranquilo e responsável", afirmou o administrador municipal que decretou luto oficial de três dias e suspendeu as aulas na cidade.
Lana, de 16 anos, é uma das vítimas (Foto: Reprodução/Facebook)
Lana, de 16 anos, é uma das vítimas
(Foto: Reprodução/Facebook)
Alcir Pederssetti, de 42 anos, é o principal suspeito de ter matado a esposa, filha, sogro, sogra e cunhada. Segundo a Polícia Militar, ele se suicidou após ter disparado contra os familiares. Os seis corpos foram encontrados por volta das 7h30 desta quinta (26) pela empregada doméstica da família.
O suspeito era funcionário público e trabalhava há 10 anos na Secretaria de Agricultura de Cordilheira Alta. "Sempre tranquilo, sempre desempenhava suas funções. Inclusive ontem [quarta-feira] ele ficou a tarde toda lá na prefeitura", afirma o Prefeito Mazzioni. De acordo com a polícia, Alcir não possuía antecedentes criminais.
Corpos em casa
Segundo a polícia, a esposa de Alcir, Monica Pederssetti, de 33 anos, teria sido a primeira vítima. Lana Pederssetti, de 16 anos, filha do casal, foi encontrada morta na sala, ao lado do corpo do pai.

Os corpos dos pais de Monica, Antonio Moresco e Luiza Moresco, de 68 e 65 anos, respectivamente, estavam em um quarto e o corpo da irmã de Monica, Lucimar Moresco, de 36 anos, estava em outro quarto.
Monica e Alcir eram casados (Foto: Montagem/Facebook)
Monica teria sido a primeira vítima de Alcir
(Foto: Montagem/Facebook)
Comoção
A família era conhecida na cidade de 4,1 mil habitantes. Moradores estão abalados com as mortes, especialmente as cerca de 200 famílias, a maior parte de agricultores, moradores do distrito de Fernando Machado, onde ocorreu o crime.

Alguns vizinhos comentaram que ouviram os tiros por volta das 4h30. No entanto, eles disseram que era comum Alcir atirar quando achava que havia alguém suspeito no terreno, então não deram importância.
Conforme a Polícia Militar, foram nove disparos. Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre o velório da família. 

http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2015/02/ele-era-tranquilo-diz-prefeito-sobre-suspeito-de-matar-familia-em-sc.html

Após a enchente..

Depois da alagação como ficaram as ruas que foram afetadas com as águas dos rios Tarauacá e Murú





Perpétua Almeida vai para o Ministério da Defesa, em Brasília

Da redação ac24horas
Perpétua-Almeida-Foto-Alexandre-Martins-Agência-CâmaraFoi publicado na edição desta quinta-feira, 26, do Diário Oficial do Estado, o decreto de cessão da ex-deputada Perpétua Almeida, candidata derrotada ao senado nas eleições de 2014, para trabalhar no Ministério da Defesa, pasta comanda pelo ex-governador da Bahia, o petista Jaques Wagner.
Perpétua, que é professora concursada no Acre, exercerá cargo em Brasília até o final de dezembro de 2015. O decreto entrar em vigor a partir desta quinta, 26, mas com efeitos a contar de 23 de fevereiro. A cessão é assinada pelo governador Sebastião Viana (PT).
Natural do município acreano de Porto Walter, Maria Perpétua de Almeida nasceu em 1964 e antes de entrar na política foi professora e bancária. É filiada ao PCdoB desde 1987 e ajudou na fundação dos sindicatos dos trabalhadores em educação e dos bancários no Acre. Teve como primeiro cargo eletivo o de Vereadora de Rio Branco em 2000, dois anos depois foi eleita Deputada Federal, onde conseguiu ser reeleita por mais dois mandatos.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Decisão de juiz do Piauí pode tirar o WhatsApp do ar no Brasil


Processo corre em segredo de justiça e não há informações do bloqueio do app
Do R7, com Rede Record
Whatsapp pode ser bloqueado tem todo o BrasilReprodução/Flickr/Tecmovida
A decisão de um juiz do Piauí pode tirar o aplicativo de mensagens WhatsApp do ar em todo o Brasil. A decisão expedida pelo juiz da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina (PI) Luís Moura Correia determina que a empresa Vivo suspenda o acesso ao serviço.
Trechos da decisão, divulgados na internet, ordenam que a Vivo suspenda temporariamente o acesso ao serviço por meio dos endereços whatsapp.net, whatsapp.com e também todos os subdomínios. Ainda não há informações sobre o bloqueio do aplicativo via smartphone.
A decisão indica que a Vivo tem um prazo de 24 horas após o recebimento da notificação para retirar o acesso ao WhatsApp. Por conta do segredo de Justiça, não há informações sobre o motivo que teria levado o juiz a decretar o bloqueio do WhatsApp. As empresas podem recorrer da decisão antes de serem obrigadas a cumpri-la.
A decisão judicial foi enviada para a Vivo pelo delegado do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, Éverton Ferreira de Almeida Férrer. As informações foram confirmadas pela reportagem da TV Antena 10, afiliada da Rede Record no Piauí. A reportagem do R7 entrou em contato com a comunicação do Tribunal de Justiça do Piauí e também com as empresas citadas, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.