Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

MANOEL URBANO: FORAGIDO DA JUSTIÇA DE GOIÁS QUE MATOU A ESPOSA E ESTUPROU A FILHA DE 9 ANOS, FOI PRESO PELA POLÍCIA CIVIL


Após trabalho investigativo, agentes de Polícia Civil coordenados pelo delegado Samuel Mendes, no município de Manoel Urbano, distante 228 km da capital, prendeu Luzeni Rodrigues Pereira, 35, foragido da justiça de Goiás com mandado de prisão em aberto.

A investigação apontou que Luzeni tinha mandado de prisão em aberto e que havia conseguido fugir da cadeia pública no dia 07/10/2006. Ele cumpria pena pelo crime de homicídio da própria esposa e estupro da sua filha de apenas 9 anos. A pena foi estabelecida pela justiça do Estado de Goiás em mais de 50 anos de reclusão em regime fechado.


No momento da prisão, luzeni estava portando documentos de identificação e CNH falsificados, provas indeléveis que passaram a fazer parte do inquérito aberto pela autoridade policial com indiciamento de estelionato e falsidade ideológica.

Além do apuratório dos crimes, comprovadamente pela condenação através de processo transitado e julgado, a investigação descobriu que havia outras acusações de cometer duas tentativas de homicídio e outros crimes de menor potencialidade, todos eles cometidos nas cidades vizinhas de Iporá e Israelândia, cidades localizadas na região Centro-Oeste do Estado de Goiás.

O investigado vivia na cidade de Manoel Urbano, escondido e realizando pequenos serviços em propriedades localizadas em aérea rural do município desde 2014. O delegado responsável pelo inquérito, Samuel Mendes, ressaltou o trabalho da investigação que resultou na prisão do foragido.

“É praxe a consulta no banco de dados da justiça e iniciamos a investigação que descobriu que o acusado seria foragido da justiça e que estaria usando documentos falsos, abordamos e fizemos uma busca e averiguação dos documentos o que nos ficou claro a falsidade ideológica. Os dados por ele usado pertencia a um grande empresário de Goiás. Estamos intensificando nossas investigações seguindo diretrizes do nosso secretário Carlos Flavio que segue alinhado com a Secretaria de Segurança Pública”, declarou Samuel Mendes.

Recapturado, lezeni terá sua prisão comunicada as autoridades do Estado de Goiás e possivelmente recambiado e colocado em reclusão.

Sandro de Brito – Assessoria Sisp

Nenhum comentário: