Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

RIO BRANCO: MORRE O PAI DE MARINA SILVA


Pedro Augusto da Silva, pai da ex-senadora Marina Silva, faleceu neste domingo (14), às 18 horas, no Hospital do Idoso, em Rio Branco, aos 90 anos. 

Seu Pedro estava com a saúde abalada nos últimos dois anos. Diabético, fazia hemodiálise e sofria de insuficiência cardíaca. Era cearense e veio como Soldado da Borracha para o Acre, onde casou com a cearense Maria Augusta da Silva. Tiveram 11 filhos, dos quais três morreram. Ficou viúvo em 1974, quando Marina tinha 15 anos. Ele não casou novamente e se dedicou a criar as sete filhas e um filho. 

Sábio, foi pai e mãe ante muita dificuldade. Marina não costumava tomar nenhuma decisão política importante sem antes conversar com seu Pedro. 

Revendo as fotos que fiz de Marina, sempre que vem ao Acre, em todas aparece seu Pedro recepcionando-a no aeroporto. Gosto mais da imagem em que Marina conversava baixinho enquanto abotoava a camisa dele. Várias vezes pude testemunhar o amor que nutriam um pelo outro. 

O Acre perde um homem honrado. Em 14 de abril de 2003, quando Marina era ministra do Meio Ambiente e veio a Rio Branco, após uma solenidade ela me puxou para o carro oficial e gravei uma entrevista. Eis um trecho:

Há quantos dias a senhora está ausente do seringal Bagaço, o local onde nasceu?

Quem costuma fazer essas contas é o senhor Pedro Silva, meu pai. Outro dia ele me apresentou a conta de quantos anos, meses, semanas, dias, minutos e até segundos que fiquei no Senado no primeiro mandato.

É mesmo?

Sim, é verdade. Ele, por exemplo, já fez essa conta parcial em relação à minha presença no Ministério do Meio Ambiente.

Durante uma solenidade, a senhora fez uma pausa para lembrar que falava sob o olhar rigoroso do seu pai.

Ele é uma boa antena. Acompanha tudo pela televisão e quando tem dúvida telefona para mim para obter explicações, para saber se estou decidindo corretamente.

A senhora sempre deixa bem evidente que seu pai é uma pessoa marcante na sua personalidade.

Ele é forte, marcante e fraterno. Devo meus valores morais a Deus e, em segundo lugar, ao meu pai. Tudo o que sou em termos de ética, moral e compromisso devo ao meu pai. (Altino Machado - Jornalista)

Nenhum comentário: