Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

sábado, 3 de fevereiro de 2018

FEIJÓ: Polícia apreende menor de 15 anos que matou idosa de 64 na zona rural

Uma ação integrada das Polícias Civil e Militar no Município de Feijó desvendou na tarde desta quinta-feira, (1), mais um homicídio ocorrido no seringal Benfica, colônia Nossa senhora Aparecida na zona rural de Feijó.Assim que a polícia foi acionada para atender uma ocorrência de um crime de homicídio na Colônia Nossa Senhora de Aparecida – Seringal Benfica, Zona Rural do Município, imediatamente empreendeu deslocamento para o local, tendo in loco constatado a veracidade da informação.Logo os trabalhos foram iniciados interruptamente para identificar o autor do delito e prendê-lo. Porém, na tarde de ontem, sexta, 02, a caçada se encerrou no momento em que a polícia conseguiu apreender o menor J.B.A.S., 15 anos, ainda em estado de flagrância.Segundo as informações prestadas pela a polícia ao site de notícias, Feijó 24horas, o menor infrator contou ao Delegado de Polícia Dr. José Obetânio dos Santos, com riqueza de detalhes os motivos pelos quais decidiu ceifar a vida da senhora Maria Ercília.Disse o menor: “Minha intenção era matar o esposo da senhora Maria Ercília, uma vez que no passado, após praticar um crime de furto contra o senhor Antônio Paulino, esposo da vítima, fui ameaçado de morte”. Que a partir das ameaças, segundo ele, teria decido matar o senhor Antônio Paulino ou a esposa dele.

De conformidade com a frieza do menor infrator, ele prossegue dizendo ao Delegado, que tinha ceifado a vida da senhora Maria Ercília, usando uma espingarda subtraído da própria vítima, minutos antes de assassiná-la.No momento da apreensão, os policiais encontrara em poder do menor infrator, além da arma de fogo; Um celular e a importância de R$ 190,00 que teriam sidos subtraídos da vítima antes da ação criminosa praticada contra a vítima. As forças de segurança pública desta cidade, ou seja, a Polícia Militar e a Polícia Civil lamentam o ocorrido, mas, no entanto, destacam que cumpriu o seu mister dando a resposta que a sociedade estava aguardando. “Agora a polícia civil vai concluir o procedimento do menor infrator e em seguida encaminhá-lo para o Ministério Público que certamente vai representar perante o Poder Judiciário pela internação dele”, finalizou o Delegado Obetânio.

Nenhum comentário: