Festival do abacaxi 2018


sábado, 3 de março de 2018

Major Rocha: O PSDB não é barriga de aluguel do MDB”

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Neste vendaval de confusões em que está metida a oposição por conta da escolha do candidato a vice-governador na chapa do senador Gladson Cameli (PP), uma nova versão surgiu ontem, que seria a indicação do Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Valmir Ribeiro, para ser o vice, como um nome pacificador. Até aqui disputam a vaga o médico Eduardo Veloso (PSDB), o deputado federal Alan Rick (DEM) e a jornalista Mara Rocha (PSDB). Por este acordo, Valmir se filiaria ao PSDB, para cumprir um compromisso selado entre os tucanos e Cameli. Só que a reação foi forte: “não tenho nada contra o Valmir, é um nome respeitável, que fique claro. Sou contra é emprestar o PSDB para servir de barriga de aluguel a um candidato dos interesses pessoais do Vagner Sales e do Márcio Bittar”, comentou á coluna o presidente do PSDB, deputado federal Major Rocha. Na verdade, por várias vezes Valmir já foi lançado como vice de Gladson Cameli pelo ex-prefeito Vagner Sales, já foi deputado do PMDB, e é o nome dos sonhos do candidato a senador Márcio Bittar, que são inimigos pessoais do Major Rocha. De pronto o MDB vetou a escolha de Mara Rocha para ser a vice de Cameli.

NOMES DO PSDB
O deputado Rocha (PSDB) diz que não vai indicar nenhum nome e quem o senador Gladson Cameli (PP) escolher entre os atuais filiados do PSDB será por ele avalizado. Quer somente ser respeitado.

COMPONENTE QUE NÃO PODE FICAR FORA
Há um dado que não pode ficar fora de uma hipotética filiação do Conselheiro Valmir Ribeiro no PSDB. Neste caso teria que ser retirada a candidatura da jornalista Mara Rocha (PSDB) ao Senado. Sem isso o Major Rocha (PSDB) não poderia disputar a reeleição pela coligação puxada pelo senador Gladson Cameli (PP). Há um impedimento jurídico que o impele.

O XEQUE-MATE DO ROCHA
Caso o deputado federal Major Rocha (PSDB) mantenha a candidatura da irmã Mara Rocha (PSDB) ao Senado só há duas saídas para sua candidatura à reeleição: apoiar a candidatura do Coronel Ulisses Araújo ou do Lira Xapuri. A do Marcus Alexandre, jamais apoiaria. Xeque-mate.

Nenhum comentário: