16/07/2018

‘Chuva de celulares’ no presídio de Sena; 31 aparelhos são apreendidos

Na ação desta madrugada, um dos meliantes foi capturado em flagrante, 16 de julho de 2018
Agentes penitenciários de Sena Madureira realizaram na madrugada desta segunda-feira, 16, uma expressiva apreensão de aparelhos celulares endereçados a alguns reeducandos do presídio Evaristo de Moraes.

Tudo começou a partir do momento em que os agentes que estavam executando fiscalização na muralha, perceberam a movimentação de dois infratores no local. Eles tentavam arremessar os celulares por cima da muralha para que nesta segunda-feira, 16, os presidiários se apossassem dos mesmos, provavelmente no banho de sol.

Os 31 celulares estavam guardados dentro de uma câmara de ar, como forma de facilitar o arremesso. Além dos aparelhos, os agentes penitenciários apreenderam, ainda, uma espécie de barbante e carregadores. Até mesmo aparelhos digitais estavam sendo levados para os apenados.

Essa não é a primeira vez que os infratores tentam driblar a fiscalização do presídio e passar celulares para os detentos. Várias outras apreensões já foram realizadas, graças à rigorosa fiscalização dos agentes penitenciários, principalmente na muralha da unidade.

Os celulares são objetos valiosos para os presos já que com os mesmos eles conseguem se comunicar com quem está do lado de fora, inclusive para ordenar crimes.

Na ação desta madrugada, um dos meliantes foi capturado em flagrante e levado para a Unidade de Segurança Pública de Sena. O outro conseguiu fugir.

Nenhum comentário: