20/07/2018

Internado, homem morre horas depois do irmão ter sofrido acidente e os 2 são velados juntos

Adauto da Silva Ferreira, de 53 anos, morreu atropelado, na tarde desta quarta-feira (18) e o irmão horas depois no hospital, por complicações de uma hepatite.

No AC, homem que foi atropelado e morreu não andava a pé e tinha ido buscar carro na oficina (Foto: Arquivo pessoal )

A família do motorista Adauto da Silva Ferreira, de 53 anos, que morreu após ser atropelado por um carro em alta velocidade na tarde de quarta-feira (18), perdeu outro ente querido no mesmo dia. O irmão dele, Mário Celso da Silva Ferreira, que estava internado com hepatite, morreu horas depois do acidente sem saber do que havia ocorrido com Adauto. Os dois estão sendo velados juntos em Rio Branco.

Adauto tinha ido buscar o carro dele que estava em uma oficina próximo ao local do acidente, quando foi surpreendido pelo carro, segundo informou família, nesta quinta (19), durante o velório na Igreja Comunidade Apostólica, no bairro Conjunto Esperança lll. A motorista do veículo e a passageira também ficaram feridas.

Ao G1, Francisco da Silva Ferreira, de 60 anos, irmão dos dois, disse que o Adauto teve o dinheiro do conserto do carro e a aliança roubados após o acidente.

Ferreira relatou que o irmão prestava serviço terceirizado de motorista para a Eletronorte-AC. A família lembra que Adauto era uma pessoa trabalhadora e que deixou os filhos e a esposa de maneira trágica.

O irmão da vítima de atropelamento também faleceu na noite de quarta (18). Mário Celso estava na UTI do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) e morreu por complicações de uma hepatite. O velório dos dois foi realizado na mesma igreja.

Fonte: G1

Nenhum comentário: