24/07/2018

Noite violenta: em menos de 5 horas, 2 pessoas foram mortas e 7 ficaram feridas na capital acriana



As guerras entre facções não dão trégua, a onda de violência com requintes de execução volta a assustar a população de Rio Branco. Em menos de 5 horas, moradores testemunharam as ações das facções que atuam na capital acreana. Dois homens foram mortos e seis ficaram feridos na noite desta segunda-feira (23) todos por disparos de armas de fogo. Os crimes ocorreram no conjunto habitacional Cidade do Povo, bairros Ayrton Senna, Conquista, Vila Betel, Sobral e João Eduardo II.

O primeiro crime aconteceu no início da noite, na quadra 6 do conjunto habitacional Cidade do Povo, o jovem Valdinei Cruz Barbosa, 23 anos e um adolescente de 15 anos, foram feridos a tiros.

Segundo informações de populares, as vítimas estavam caminhando em via pública, quando um homem não identificado em uma motocicleta se aproximou e de posse de uma arma de fogo efetuou vários, Valdinei foi ferido com um tiro no rosto, já o adolescente com um tiro na perna. As vítimas feridas ainda conseguiram correr e entrar em uma casa. O criminoso fugiu do local fazendo um gesto nos dedos da facção Comando Vermelho.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e conduziu as vítimas ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A segunda ocorrência aconteceu também no inicio da noite, às margens do Rio Acre, acesso pela Rua Campo Novo, no bairro Ayrton Senna. Um homem ainda não identificado foi executado com 4 tiros, três dos projeteis acertou a vítima na cabeça e um na região do ombro.

A Polícia Militar foi informada via Ciosp, que havia um corpo as margens do rio, um morador do bairro Taquari do outro lado do Rio Acre teria visto quando a vítima foi executada. Na ação uma pessoa suspeita foi presa.

Já o terceiro caso foi por volta das 19:30h, uma dupla tentativa de homicídio, os irmãos Vanderson Daniel Lima Soares, 19 anos, e W. G. L, 17 anos, conversavam na frente de sua casa na Rua Vitória, no bairro Conquista, em Rio Branco, quando foram surpreendidos por dois homens não identificados numa motocicleta, que de posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros contra as vítimas, sendo um dos projeteis acertou Vanderson na perna, e outro feriu seu irmão no braço. Os irmãos foram socorridos e encaminhados ao pronto socorro em estado de saúde estável.

A quarta ocorrência aconteceu na Vila Betel em Rio Branco, na rua Lili Cadaxo por volta das 19:40h. Marcos José Gomes Carneiro, 34 anos, caminhava em pela Rua Lili Cadaxo, quando foi abordado por uma dupla de motociclistas. O garupa de posse de uma arma de fogo efetuou 5 tiros contra a vítima, que foi ferida três vezes no tórax.

A ambulância do Samu foi acionada e conduziu Marcos José ao Hospital de Urgência e Emergência (Huerb) com o quadro de saúde grave.

A quinta ocorrência teve como vítima uma mulher identificada como Maria do Socorro, 42 anos, que foi ferida com um tiro em uma das mãos. O crime aconteceu na Baixada da Sobral.

Por fim, o sexto caso aconteceu por volta das 20h, um adolescente identificado como Hércules Farias Marques, 17 anos, foi executado com 7 tiros na frente de casa onde morava com a família na Travessa Messias, localizada no bairro João Eduardo II, em Rio Branco. A irmã de Hércules, de 15 anos, também foi ferida.

Segundo informações repassadas a polícia, dois homens não identificados chegaram a pé e um deles efetuou vários tiros, Hercules não resistiu e morreu no local. A adolescente de 15 anos, foi encaminhada ao pronto socorro em estado de saúde estável.

Policiais Militares isolaram a área para os trabalhos dos peritos em criminalística. O corpo foi encaminhado Instituto Médico Legal (IML).

Nenhum comentário: