10/09/2018

Gladson tem 44% das intenções de voto e Marcus Alexandre 27,93%, segundo nova pesquisa Delta



Candidato da oposição cresceu quase 4 pontos em relação à sondagem anterior. Já a candidatura do petista estacionou no mesmo percentual apurado no início de agosto


O senador Gladson Cameli (Progressistas) ampliou a vantagem em relação ao seu principal adversário político na disputa pelo governo do Estado, o petista Marcus Alexandre. A nova sondagem de intenção de voto, na modalidade ‘estimulada’ (quando são apresentados ao eleitor os nomes dos concorrentes), mostra Cameli com 44% da preferência do eleitorado. No levantamento de agosto, também feito pela Delta Agência de Pesquisa, o progressista somava 40,46%, contra os mesmos 27,93% do candidato do PT.

Pesquisa mostra Cameli com 44% da preferência do eleitorado da Capital e do interior

Em terceiro lugar aparece o Coronel Ulysses Araújo (PSL), com 6,53% das intenções de voto. Na sondagem de agosto, Ulysses obteve 7,26%. Em seguida vem a candidata da Rede Sustentabilidade, Janaína Furtado, com 1,26%. E por último David Hall (Avante), com 0,40%. No levantamento anterior, Janaína obteve índice de 2,06%, e Hall, de 0,33%.

Votos em branco/nulos somaram 5,86%, segundo a agência Delta. Já os eleitores que não souberam ou não quiseram responder à pergunta totalizaram 14%.

Hipótese de segundo turno

O instituto também aferiu a tendência dos eleitores acreanos na hipótese de que a disputa ao governo seja definida em segundo turno entre os dois principais postulantes à sucessão de Tião Viana. Gladson Cameli lidera com folga nesse cenário presumido, com 50,60% dos votos, contra 32,73% de Marcus Alexandre.

O candidato do PT, Marcus Alexandre, lidera o índice de rejeição

A sondagem demonstra ainda que o percentual dos eleitores – independente do candidato de sua preferência – que acreditam na vitória de Gladson é de 49,66%, portanto maior que o total dos que declararam votar nele. Marcus Alexandre sofre o efeito inverso: apenas 27,66% dos entrevistados apostam em sua eleição.

Nesse quesito, o Coronel Ulysses conta com meros com 1,06%, seguido de Janaína Furtado (0,33%) e David Hall (0,40%). Os que não souberam/não responderam à questão totalizam 21,46%.

Rejeição

O ex-prefeito de Rio Branco lidera a pesquisa apenas quando o tema é a rejeição do eleitor acreano. Ante a pergunta “Em quem você não votaria de jeito nenhum para governador do Acre”, 26,66% apontaram o candidato do PT. Gladson Cameli vem em seguida, com 12,26%, seguido de Ulysses (8,66%), Janaína (7,66%) e Hall (7,06%).

Os eleitores que não souberam ou não responderam totalizaram, neste caso, 37,66%.

Segundo a Delta, a pesquisa foi feita entre os dias 1º e 5 deste mês, com 1.500 eleitores. A margem de erro é de 2,5%, e o nível de confiança, de 95%. Os dados foram registrados no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE) sob o número AC-06152/2018.

ARCHIBALDO ANTUNES, DE CONTILNET

Nenhum comentário: