11/10/2018

APÓS DOZE ANOS POPULAÇÃO FEIJOENSES ELEGE DOIS DEPUTADOS


O último deputado a ser eleito pela população feijoense foi Juarez Leitão em 2006 com 4.533 votos, desse total, 2.066 foram de eleitores de Feijó.

Nas eleições de 2018, ocorrido no primeiro domingo de outubro, mas precisamente no dia sete, a população elegeu o ex-vereador, Marcus Antonio Cavalcante Lima, PTB. Marcus é casado, pai de duas filhas, filho do fazendeiro e empresário, já falecido Antonio Urcezino de Castro Lima, (Antonio Cornélio) e da professora aposentada Zenir Cavalcante, e irmão do atual prefeito de Feijó, Kiefer Cavalcante. Marcus foi eleito a deputado estadual pelo o município de Feijó, com 4.044 votos, deste total, a população feijoense conferiu à ele 3.337 votos, recebendo de certo modo uma votação expressiva pelo os eleitores de Feijó


Outro filho da terra eleito a deputado estadual, pelo PSDB, foi Cadmiel José Araújo Bomfim, 38 anos, é presbítero das assembléias de Deus, casado, servido público estadual, exercendo o posto de 2º Sargento da Policia Militar, pertencente a associação dos militares do Acre, filho de José Claúdio Rodrigues Bomfim, Vicente presidente das assembléias de Deus de Feijó e a missionária Maria de Fátima Araújo Bonfim e irmão do empresário Claudélio. Cadmiel totalizou um número de votos em todo estado de 3.637, desse resultado, 1.020foram votos dados pela população feijoense.
Há doze anos que a população feijoense estava sem um representante na Assembléia Legislativa do Acre. E nessas eleições de 2018 a população de Feijó está de parabéns por ter contribuído para eleger dois feijoenses, Marcus Cavalcante e Cadmiel Bomfim. 
A população espera ansioso para que esses dois deputados consigam superar as expectativas e esperanças que foram depositadas aos parlamentares, e que os mesmos possam superar todas as adversidades políticas partidárias, criando projetos, apresentando emendas, fiscalizando e cobrando do gestor público estadual a implantação de políticas públicas voltadas à melhoria da qualidade de vida de todos, pois, sabemos que com a responsabilidade vêm os grandes desafios. Mas acreditamos que os dois deputados unidos e com vontade política para negociar no parlamento e com o governo, a partir de 2019, a população feijoense só tem a ganhar.
O melhor de tudo que a população feijoense “acordou”, de um sono profundo de doze anos sem saber o porquê de não eleger um parlamentar, portanto, após esses longos anos sem representante no parlamento acreano, a população feijoense acordou e esperamos que não “durma” mais. Pois, precisamos, mais do que nunca, que a população continue a eleger deputados para representarem o município de Feijó na Assembléia Legislativa do Acre.

Nenhum comentário: