segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Posse de Gladson Cameli terá homenagem ao pai Eládio e ao filho Guilherme e benção ecumênica

A posse do governador eleito Gladson Cameli, marcada para o dia primeiro de janeiro de 2019, terá como principal marca a homenagem que ele deverá fazer ao seu pai Eládio Messias Cameli e seu filho Guilherme Cameli.

Governador eleito Gladson Cameli/ Foto: Reprodução

A Tribuna apurou que todo o cerimonial da solenidade, tanto no Palácio Rio Branco como na Assembleia Legislativa, onde Gladson tomará posse

Os dois estarão ao lado de Gladson no dispositivo de honra no momento em que lhe for entregue a faixa de governador do Estado e, caso o governador Tião Viana ou sua vice Nazareth Araujo Lambert não participem do evento, receberá a faixa governamental das mãos do pai.

Eládio Cameli e a esposa Linda, assim como aos filhos Gledson e Eládio Júnior já confirmaram presença na solenidade que está sendo organizada pelos cerimoniais do Palácio Rio Branco e da Assembleia Legislativa com acompanhamento direto da cerimonialista Izabel Barros, contratada por Cameli.

A vinda de Eládio ao evento ganha envergadura pela condição sempre discreta do empresário em eventos públicos. Embora sempre tenha apoiado as campanhas eleitorais do filho, ele nunca participou das probidade de posse desde que ele foi eleito deputado federal pela primeira vez.

Durante a solenidade, Gladson tomar posse às 17h e de lá seguirá para a solenidade no Palácio, mas antes passará em revista às tropas.

No Palácio, antes da entrega da faixa governamental, Gladson participará de um ato ecumênico de benção à nova gestão, além de receber os cumprimentos das autoridades e convidados. Após a solenidade assinará os decretos de posse do seu secretariado e em seguida deve receber seus convidados com um coquetel em local a ser definido.

Nenhum comentário: