12/12/2018

Celular explode no bolso da calça e deixa homem com queimaduras graves

Carlos Henrique Lopes Crespo, de 49 anos, sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus na perna e nos dedos das mãos após seu aparelho telefônico explodir e pegar fogo no último sábado (8). O roteirista estava com o celular, um Samsung modelo Galaxy A5 comprado em 2016, no bolso de sua calça jeans. De acordo com Crespo, ele estava no banco carona de seu carro, quando ouviu um barulho e sentiu algo quente na perna esquerda.
Foto: Reprodução

“Escutei um barulho que chamou minha atenção e, quando olhei para a minha perna, vi que estava saindo uma fumaça preta. O celular estava no bolso, eu não estava usando nem carregando o aparelho. De repente, senti minha perna queimar e, no desespero, peguei o celular e acabei queimando as mãos. Joguei o telefone pela janela e, quando tirei a calça, ela estava com brasas, ou seja, estava claramente pegando fogo” relembra Crespo.

A vítima foi levada ao hospital, onde recebeu os atendimentos. Até mesmo o banco do carro acabou sendo atingido pelo fogo após a explosão do aparelho, que tinha sido emprestado a ele por sua mãe. Após o acidente, Carlos Henrique afirma que nem sequer conseguiu acreditar que isso tinha acontecido com ele e deixou claro o trauma em usar um novo celular.

“Me senti personagem de fake news. A gente ouve essas histórias e acha que é historinha de WhatsApp. Não sei como vou lidar com celular a partir de agora. Estou assustado”, ressaltou.

O relato do ocorrido foi publicado pela vítima em uma rede social. Com a repercussão, a Samsung entrou em contato com o roteirista e informou que a empresa tomará todas as providências necessárias para entender o que pode ter causado o acidente.

“Gostaríamos de assegurar aos nossos consumidores que seguimos os mais rigorosos padrões de segurança e controle de qualidade para garantir a melhor experiência com nossos produtos e serviços”, afirmou em nota. Com informações do Extra

Nenhum comentário: