11/12/2018

Equipe de Bolsonaro quer rever aposentaria especial para professores para ajudar os estados

O essencial da manhã


Olá, bom dia.

A equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, discute formas de ajudar os estados a enfrentar rombos em seus sistemas previdenciários, agravados pelas aposentadorias especiais, que incluem categorias como professores, policiais e bombeiros militares.

Em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, esses profissionais respondem por 80% da despesa com inativos, segundo o Tesouro. O déficit é reflexo dos benefícios concedidos durante a carreira dos servidores.

Nas mãos do eleito
Ao menos quatro mudanças são cogitadas. O presidente Michel Temer chegou a propor alteração nas aposentadorias de policiais militares e bombeiros, mas recuou um dia após o anúncio diante da reação negativa das categorias. Assessores de Bolsonaro dizem que não é possível ignorar o assunto, mas afirmam que o presidente eleito dará a palavra final.

Estratégia ampla
A colunista Míriam Leitão conta que a futura equipe econômica ainda trabalha com a ideia de aprovar a proposta de Temer, que já tramita no Congresso. A estratégia inclui vários passos até uma reforma mais ampla, que crie o sistema de capitalização.

Nenhum comentário: