12/12/2018

Governo de transição de Gladson Cameli recua e diz que reforma foi enviada para Casa Civil

A assessoria de imprensa do futuro governo Gladson Cameli (PP) recuou da informação repassada ao ac24horas, no fim da tarde desta terça (11), de que não saberia se seria possível enviar à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) o projeto de reforma administrativa ainda esse ano.

A partir de informações levantadas junto ao coordenador da equipe de transição, Ribamar Trindade de Oliveira – que será o sucessor de Márcia Regina na Casa Civil – a assessoria informou à reportagem que os técnicos ainda estavam em fase de elaboração dos relatórios das atuais secretarias de Sebastião Viana.

Outro teor do comunicado, dizia que o governo de transição não saberia se haveria tempo suficiente para a reforma administrativa ser apreciada pelos deputados estaduais até o último dia de atividades do Poder Legislativo, em 20 de dezembro.

Após a publicação de reportagem por ac24horas mostrando o entrave das votações do Orçamento 2019 e da Lei Orçamentária Anual (LOA) por conta do atraso do envio da reforma do governo Gladson Cameli, a assessoria emitiu nova nota informando de que o projeto já tinha sido enviado para a Casa Civil, e estava em análise pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Procurada, a assessoria de imprensa de Sebastião Viana confirmou que o projeto já está sob sua responsabilidade. Ainda conforme os assessores de Gladson Cameli, o processo de transição está em fase final de conclusão, podendo ser apresentado à sociedade no dia 18.

Nenhum comentário: