23/01/2019

Casal encontrado morto no interior do Acre estava em processo de separação


O casal de agricultores Nelson Luiz Bello e Deusilene Vieira, encontrados mortos em sua residência localizada no Ramal Cumaru, na cidade de Acrelândia, distante cerca de 102 km da capital Rio Branco, nesta segunda-feira, 21, estavam em processo de separação. A informação foi confirmada pelo delegado da cidade, Samuel Mendes.

Durante o depoimento de testemunhas e familiares, o delegado apurou que o casal estavam em processo de separação. “Parece que eles haviam conversado sobre a situação na noite anterior, no domingo. A esposa teria informado que iria embora no dia seguinte para a cidade de Plácido de Castro. Quando chegou o dia, o agricultor matou a esposa no banheiro, com tiro, e depois tirou a própria a vida com um tiro na cabeça”, explicou o delegado.

As autoridades policiais do município informaram que será aberto inquérito policial para averiguar de forma minuciosa as circunstâncias do crime. Na cidade circulava a informação que o agricultor sofria de depressão. O casal era pai de uma jovem de 15 anos que morreu após se jogar em frente de um carro na BR-364, em setembro de 2018.

Nenhum comentário: