21/01/2019

Helicóptero do governo será utilizado como Samu aéreo


O helicóptero João Donato terá mais uma finalidade, durante a gestão do Governador do Estado do Acre, Gladson Cameli. A partir dos próximos meses, a aeronave do estado será utilizada para suporte aéreo do Serviço de Urgência e Emergência, no transporte de pacientes de um município para outro.

A mudança é uma das ações prioritárias implantadas pelo novo governo, e foi anunciada pelo secretário de Saúde do Estado, Alysson Bestene, em entrevista concedida ao programa Resenha Aldeia, desta segunda-feira, 21.

” O helicóptero vai trabalhar em parceria com o Samu para fazer ações de urgência e salvar vidas em todo o Estado. A ideia é que ele chegue nas comunidades mais distantes da nossa capital”, destaca Bestene.

As operações, segundo o secretário, irão reduzir os custos com fretamento aéreo para situações emergências de atendimento a população acreana, que até então, gerava altos custos no orçamento da saúde estatal.

O helicóptero vai atender as comunidades distantes da capital (Foto: Arquivo Secom)

O gestor frisou ainda que não tem uma data específica para o Harpia 01, começar as operações, mas destacou que a equipe está acelerando o processo para que a partir de março comece a operar nos 22 municípios acreanos.

“Estamos trabalhando para melhorar o atendimento a nossa população, sobretudo, as mais necessitadas, aquelas que vivem nas zonas rurais, os ribeirinhos e agricultores. A aeronave vai nos auxiliar nessas ações”, enfatiza.
Transporte terrestre 

Outra medida adotada pela Sesacre é relacionada ao transporte terrestre de pacientes em tratamento de câncer para o município de Rondônia, Porto Velho. De acordo com Bestene a parceria com o Corpo de Bombeiro, que fazia esses deslocamentos, será retomada ainda este ano.

” Assim que o orçamento abrir, reativaremos essa parceria para que o ônibus com os profissionais do Corpo de Bombeiro, possa fazer esse transporte das pessoas que precisam fazer tratamento fora de domicílio”, ressalta.

Mágila Campos 
21.01.2019 14:55
Atualizado 21.01.2019 às 15:53

Nenhum comentário: