08/01/2019

Servidores do Pró-Saúde do AC ficam sem salário após falta de repasse para governo


O governo do Acre anunciou nesta segunda-feira (7) que vai atrasar o pagamento dos servidores do Pró-Saúde referente ao mês de dezembro. A justificativa apresentada foi a falta de repasses da gestão anterior. O salário deveria ter sido pago no quinto dia útil do mês.
Por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) informou que se solidariza com os servidores e que recorreu a todos os meios para evitar o atraso.
“Comunicamos que o governo do Estado recorreu a todos os meios legais para o cumprimento do compromisso com os servidores do programa, envidando todos os esforços para tal pagamento, mas não logrando êxito por conta da falta de recursos disponíveis", diz a nota.
Ao G1, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), Adailton Cruz, falou que os servidores foram avisados com antecedência do atraso. Segundo ele, prometeram pagar o salário dos servidores após a abertura do orçamento, que deve ocorrer entre os dias 15 e 20 deste mês.

“Chamaram a gente antes para avisar o que tinha acontecido. Conversamos com os trabalhadores e até o dia 10 vamos aguardar para decidir o que fazer”, relatou.
Ainda segundo o presidente, a equipe do governo informou, em uma reunião com representantes da categoria, que a gestão anterior não fez o empenho e reserva orçamentária para os servidores.
“O que nos disseram é que no dia 31 de dezembro o Tião Viana tinha que ter feito o empenho e reserva orçamentária dos salários dos servidores. Quando assumiram notaram que não tinham empenho para os servidores do Pró-Saúde.
Cruz acrescentou ainda que, apesar de tristes pelo atraso, os servidores devem aguardar a data proposta pelo governo para deliberar alguma ação.
“Conversamos com os trabalhadores, a maioria ficou muito triste, inclusive nos cobraram para paralisar. Outros entenderam que com cinco dias de gestão não tinha como resolver. Estão aguardando nós do sindicato decidirmos algum ato”, destacou.
Confira a nota na íntegra:
O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), vem a público comunicar que os servidores do Pró-Saúde não terão seus vencimentos relativos ao mês de dezembro, creditados nesta segunda-feira, 7, em função da ausência das medidas legais e necessárias de responsabilidade da gestão anterior.
A falta do empenho orçamentário, na data correta para o pagamento do mês subsequente, representa transtornos para o Governo do Estado, para os trabalhadores e para o bom funcionamento da máquina pública.
Comunicamos que o Governo do Estado recorreu a todos os meios legais para o cumprimento do compromisso com os servidores do programa, envidando todos os esforços para tal pagamento, mas não logrando êxito por conta da falta de recursos disponíveis.
Diante da urgência que o caso requer, determinamos a imediata reprogramação de pagamento dentro das condições legais e administrativas, tão logo ocorra a abertura do orçamento anual.
Nos solidarizamos com os trabalhadores, com os sindicatos, e com todas as famílias afetadas, diante do inevitável constrangimento que atinge a todos.
Renovamos o propósito em honrar os compromissos assumidos, defendendo a valorização do servidor público como diretriz básica e valor inegociável da atual gestão do Governo do Estado.
fonte g1.globo.com

Nenhum comentário: