11/02/2019

Beneficiários do BPC em Brumadinho (MG) podem sacar parcela antecipada

Medida foi autorizada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (8)
Ao todo, 774 pessoas na cidade poderão acessar o benefício - Foto: Arquivo/Agência Brasil

As vítimas da tragédia em Brumadinho (MG) beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) poderão sacar antecipadamente o valor de parcelas futuras. A medida foi autorizada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (8).

Dessa forma, 774 idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência que são beneficiários do BPC poderão sacar o benefício a partir do dia 22 deste mês, sem precisar seguir o calendário escalonado em virtude da situação de calamidade pública. É possível antecipar o valor de mais de uma parcela do benefício, bastando ao interessado fazer a solicitação nos postos bancários.

O BPC assegura o pagamento de um salário mínimo aos cadastrados no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e é destinado a quem comprovar renda familiar per capita inferior a 25% do salário mínimo, o equivalente hoje a R$ 249,50.

A vulnerabilidade social da população em Brumadinho foi reconhecida após o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale no Córrego do Feijão. A lama destruiu parte da cidade e deixou centenas de vítimas. Por isso, o governo federal tem implementado um pacote de ações de socorro aos moradores atingidos pelo desastre.

Fonte: Planalto, com informações do Ministério da Cidadania e INSS

Nenhum comentário: