10/02/2019

Desunião é ruim para oposição, mas pior para o Brasil

Crítica de Ciro a Lula mostra feridas eleitorais abertas

Num evento universitário ontem na Bahia, Ciro Gomes respondeu a vaias dizendo que ele era honesto, estava solto e repetiu frase do irmão senador Cid que marcou a campanha eleitoral do ano passado: “Lula tá preso, babaca”.

Candidato derrotado na disputa presidencial do ano passado, que ficou fora do segundo turno, a Ciro mostra que feridas da campanha ainda estão abertas. Ele tem mesmo pavio curto e responde a provocações e vaias.

Ciro até amenizou a sua fala depois, lembrando que, no passado, procurou ajudar Lula a governar e o PT a enfrentar o impeachment de Dilma.

Esse episódio mostra uma oposição mais preocupada com suas divisões e mágoas do que com a elaboração de um plano mínimo de ação conjunta. É fato que Ciro e o PDT pensam diferente do PT sobre quais caminhos trilhar na oposição ao governo Bolsonaro.

Mas também é fato que o campo oposicionista tem muitas mais ideias em comum do que diferenças de programa para o país. Isso ficou evidente na campanha eleitoral.

O campo conservador ganhou as eleições e tem maioria no Congresso. As democracias precisam de uma oposição com propostas e menos embate político interno. Essa desunião é negativa para a oposição, mas é pior para o país.

Ouça o comentário a partir dos 15 minutos e 20 segundos no áudio abaixo:
KENNEDY ALENCAR 
São Paulo

Nenhum comentário: