08/02/2019

Tráfego em trecho da BR-364 que havia desmoronado é liberado pelo DNIT



Às 21h15min (horário de Rondônia) o tráfego de veículos na BR-364, no Km 464, foi liberado para todos os veículos. A previsão de liberação da pista era para a tarde de sexta-feira, 8, mas o trabalho intensivo de equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) do estado de Rondônia, adiantou os serviços da obra de restauração da ponte, situada entre as cidades de Jaru e Ariquemes.

A cabeceira da ponte desmoronou em Cacaulândia (RO) e acabou sendo arrastada por um córrego formado depois de uma forte chuva na região.

O presidente da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agrícola do Acre (Acisa-AC), Celestino Bento, confirmou que dezenas de carretas de cargas do Acre ficaram congestionadas nos arredores do local enquanto estava interditado. “Ficamos algumas horas com dezenas de caminhões parados nos arredores do local interditado, estacionados em postos de gasolina ou aguardando em seus locais de origem”, relatou.

Ainda segundo Bento, equipes estiveram no local trabalhando para liberar a BR o mais breve possível. A rodovia precisou ser interditada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para evitar o tráfego de veículos e pedestre no trecho atingido, já que o comprometimento da ponte acabou abrindo um buraco no meio da pista, impedindo qualquer tipo de passagem no local.

Em nota, o Corpo de Bombeiros do Estado de Rondônia, por meio da Defesa Civil, informou nessa quinta-feira, 7, que “o tráfego na altura do KM 464 da BR-364, próximo a Fazenda Nova Vida, situada no Km 473, foi totalmente interrompido, por motivo de desmoronamento da cabeceira da ponte Córrego Andirá”.

As equipes também informaram que a rota alternativa, que seria pela RO-257, a qual liga Ariquemes, Jaru e Machadinho, também ficou interditada, no Km 16, na altura da ponte sobre o Rio Branco.

Nenhum comentário: