4.18.2020

Já vem aí:Contas de luz devem subir até 20% devido à crise do setor elétrico resultante da pandemia

“Impacto das medidas atualmente propostas pode chegar a um aumento de mais de 20% nas tarifas de energia, com um efeito sobre a inflação e resultados nefastos para a economia no longo prazo”, diz a Abrace sobre o assunto
18 de abril de 2020, 07:48 h Atualizado em 18 de abril de 2020, 09:03

Linhas de transmissão de energia (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

247 - Os custos da crise resultante da pandemia do novo coronavírus ao setor elétrico serão pagos pelos consumidores ao longo dos próximos anos. De acordo com cálculos da Associação dos Grandes Consumidores de Energia e Consumidores Livres (Abrace), a alta poderá chegar a 20%. O socorro às empresas do setor ainda está sendo analisado pelo governo federal, uma vez que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e membros do Executivo se recusaram a repassar o custo integralmente para os consumidores. 

De acordo com reportagem do jornal O Globo, a principal medida avaliada pelo governo é a liberação de empréstimos que somam cerca de R$ 17 bilhões, a serem pagos em até 60 meses, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de um pool de bancos privados. 

“Somado à atual conjuntura de aumento das tarifas de energia, o impacto das medidas atualmente propostas pode chegar a um aumento de mais de 20% nas tarifas de energia, com um efeito sobre a inflação e resultados nefastos para a economia no longo prazo”, diz a Abrace em uma carta sobre ao assunto que também é assinada por outras 50 entidades ligadas ao setor.

Nenhum comentário: