sábado, 30 de maio de 2020

POLICIAL FILMADO COM JOELHO SOBRE O PESCOÇO DE GEORGE FLOYD É PRESO E ACUSADO DE HOMICÍDIO NOS EUA (VEJA VÍDEO/GN - MUNDO)

Morte de homem negro após detenção por policial branco gerou revolta em várias partes dos Estados Unidos. Policial Derek Chauvin responderá por homicídio culposo e assassinato em terceiro grau/Foto: AFP/Facebook / Darnella Frazier

O policial Derek Chauvin, demitido após ser flagrado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd em Minneapolis, nos Estados Unidos, foi detido nesta sexta-feira (29) e responderá por homicídio culposo (sem intenção de matar) e assassinato em terceiro grau (quando é considerado que o responsável pela morte atuou de forma irresponsável ou imprudente). Floyd morreu posteriormente em um hospital após ser detido.

Outros três policiais estão sob investigação.

A família de Floyd divulgou um comunicado, dizendo que a acusação era "bem-vinda", mas não suficiente. Eles pedem que Chauvin seja acusado de homicídio em primeiro grau (quando o autor sabe que seu comportamento irá provocar a morte), além de acusações formais contra os demais policiais.

A família anunciou ainda que está contratando um legisla para realizar uma autópsia independente em Floyd, por não confiar nos profissionais da polícia de Minneapolis.

Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal e a ex-dona de um bar ouvidos pelo "USA Today", Floyd e Chauvin se conheciam antes do dia em que o primeiro foi detido pelo segundo: eles teriam trabalhado no mesmo bar no passado. Os dois foram seguranças em um local chamado El Nuevo Rodeo.

Maya Santamaria, que era proprietária do bar, disse que Chauvin trabalhou na entrada do local durante 17 anos, durante suas folgas como policial, enquanto Floyd fazia segurança dentro do estabelecimento.

Veja mais e vídeo AQUI.
Por: G1

Um comentário:

Camila Miranda disse...

É impressionate ver isso até nos dias de hoje. Esses protestos tem que acontecer para esse problema ser resolvido...
Gostei de seu site! Vou voltar mais vezes pra checar updates.