7.28.2020

Para não ter obrigações com a pré-candidatura de Bocalom, Gladson deve se afastar da presidência de honra do PP e das atividades partidárias

Luciano Tavares - Blog da Hora 28 Julho 2020

Disposto a não mais contrariar e questionar a candidatura de Tião Bocalom à prefeitura de Rio Branco pelo PP, o governador Gladson Cameli vai se manter longe das atividades partidárias e pretende se afastar da presidência de honra da sigla.

Há duas semanas, Cameli chegou a assinar a carta de desfiliação, mas depois de pedidos feitos por deputados, a ala jovem, filiados tradicionais e os prefeitos do PP resolveu permanecer na agremiação, porém à distância.

O governador diz não querer confusão. Tem a consciência de que precisa priorizar um Estado carregado de problemas e ainda precisa lidar com egos inflados de alguns e a sede por poder de supostos aliados.

Ao Blog da Hora o governador afirmou que não vai de forma alguma tentar interferir na candidatura de Tião Bocalom, embora sempre tenha defendido prévias no PP.

Gladson está em São Paulo acompanhando o pai Eládio Cameli em alguns exames e de deve retornar ao Acre ainda esta semana.

Nenhum comentário: