7.02.2020

Republicanos e MDB fecham aliança para disputar a PMRB


A notícia acima foi passada ontem pelo deputado federal Manuel Marcos (REPUBLICANOS) ao BLOG DO CRICA. As tratativas foram feitas com o candidato a prefeito de Rio Branco, deputado Roberto Duarte (MDB). Marcos disse que as conversas avançaram para o ponto de fechamento, e o anúncio oficial será feito na próxima semana, depois de um entendimento com o empresário Jebert Cavalcante, que tinha sido anunciado como o candidato dos REPUBLICANOS a prefeito da capital. O que ficou definido é que o candidato da cabeça da chapa será o deputado Roberto Duarte (MDB), mas não se falou em nome de vice.

AMARRANDO ALIADOS

Ainda dentro do plano de conseguir fazer alianças para a eleição deste ano, o deputado Roberto Duarte (MDB) teve uma conversa demorada com a ex-deputada federal Antônia Lúcia, que tem o comando do PR, no Acre. Não ficou nada acertado e novas conversas ocorrerão.


FOCANDO O GOVERNO

O secretário-geral do MDB, ex-prefeito Aldemir Lopes, disse ontem ao BLOG que a sigla tem dois focos: eleger oito prefeitos – disputa nos 22 municípios – nesta eleição municipal, e com o partido fortalecido lançar candidato próprio para o governo na disputa de 2022. E não abre.

NÃO PODE SE DAR AO LUXO

O governador Gladson não pode continuar nesta conduta de afastar aliados. Essa briga com o MDB não lhe dará dividendo político, caso tenha interesse numa candidatura majoritária em 2022. Deveria após a eleição, repactuar uma nova aliança com o grupo que o elegeu.


ENDURECEU O JOGO

A prefeita Socorro Neri endureceu o jogo no combate á pandemia. No seu novo decreto não fixa nem prazo de término, como nos demais. Está se baseando no aumento dos casos da Covid-19. Liberar com a pandemia na faixa vermelha, seria correr o risco dos casos dispararem.

AMOR EM TEMPO DE PANDEMIA

O amor é lindo! Mas também, dá confusão! O amor causa guerras, como a Guerra de Troia.

CHARADA POLÍTICA

Uma parlamentar federal procurou uma candidata á prefeita de Rio Branco para discutir uma aliança entre os seus partidos. A parlamentar, contaram, saiu decepcionada, ao ter como resposta que só conversaria sobre espaços na gestão, a partir do próximo ano, se ganhasse eleição. Na política, as paredes costumam ouvir e falar.

DESAFIO NA MESA

A charada foi lançada, e pronta para ser desvendada. Alguém se arrisca a decifrá-la?

TERRA DE MURO BAIXO

Rio Branco é terra de muro baixo, assim que terminou a reunião ligaram para informar.

ENQUANTO SEU LOBO NÃO VEM

Enquanto seu lobo não vem, o senador Sérgio Petecão (PSD) segue buscando alianças para apoiar a candidatura de Tião Bocalom (PROGRESSISTAS) á prefeitura de Rio Branco. Ontem, conversou com a professora Rosana Nascimento, do PPS; e a próxima conversa será com a ex-deputada federal Antônia Lúcia. Eleição majoritária é baseada em parcerias políticas.

ANTÔNIA LÚCIA

Tentar trazer a ex-deputada Antônia Lúcia (PR) para a coligação de apoio ao candidato a prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTAS) estará na nova rodada de conversas com o senador Petecão (PSD). O PR tem chapa completa de candidatos a vereador e um deputado estadual.

PODE NEGAR MIL VEZES

O deputado federal Márcio Bittar (MDB) pode negar mil vezes, mas tem aspiração de disputar o governo em 2022, caso o cenário lhe seja favorável, numa hipótese do Gladson sair para o Senado. Claro q ue, ele não fala nada agora, deve avaliar primeiro qual será o quadro eleitoral.

COM O PT, NÃO!

Estaria sendo gestada uma decisão da direção regional dos PROGRESSISTAS, proibindo a coligação do partido com candidatos do PT. Seria extensiva a todos os municípios acreanos. 

FIRME E FORTE

A decisão dos PROGRESSISTAS de ir com o Tião Bocalom, já é prego batido e ponta virada. 

PÁGINA VIRADA

Para o senador Sérgio Petecão (PSD) a questão no PROGRESSISTAS é uma página virada, o trabalho agora é o de montar alianças e um plano de trabalho exequível para ser mostrado na campanha do candidato a prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTAS).

ROCHA É O NOVO DONO DO PSL

O grupo do presidente do PSL, Pedro Valério, ao que indica, perdeu a briga com o vice-governador Major Rocha (PSDB), que será o novo dono do partido no estado. Rocha já marcou a filiação para hoje. O acordo de esperar a próxima pesquisa para prefeito da capital, para definir se o PSL terá um nome próprio à PMRB, é a mais pura conversa fiada, o candidato Fernando Zamora (PSL) se dê com a cabeça cortada. 

CUSTO BENEFÍCIO

O vice-governador Major Rocha ganhou o que queria ao abocanhar o PSL: o tempo de televisão, o dinheiro do Fundo Eleitoral, e acabar com a candidatura do Fernando Zamora (PSL) para a prefeitura de Rio Branco. A conversa de fazer crescer o partido é papo para inglês ver.

DESFILIAÇÃO EM MASSA

O jornalista Natal Chaves, que cobre as atividades da direção do PSL, disse na noite de ontem, ao BLOG, que o Major Rocha cantou a vitória antes da hora. A reunião entre o enviado nacional e os dirigentes do PSL deve acontecer na manhã de hoje, das 8 às 12 horas, na sede do partido E se o Rocha levar o PSL, ele levará os escombros, haverá desfiliação em massa.

UMA GRANDE BAZÓFIA

Caso o martelo já tenha mesmo sido batido pelo deputado Júnior Bozzella (PSL) para entregar o PSL para o Rocha, como o próprio anunciou, para que vai servir a reunião de hoje pela manhã, com o pessoal do PSL? Chega a ser até brincar com a cara dos filiados do partido.

RETIRADA DE CANDIDATURAS

Haveria, inclusive, um acordo que na situação do comando passar para o Major Rocha, os candidatos a vereadores e a prefeito dos municípios deverão retirar as suas candidaturas.

NÃO CONSEGUE FICAR SEM BRIGAR

Cheguei a dar uma nota que o vice-governador Major Rocha (PSDB) tinha adotado a postura de “Rocha, Paz e Amor” – mas foi um blefe. É da natureza do Rocha fazer política brigando. Mas, como não me importa quem ficará com o espólio da viúva, bom proveito para o viúvo.

COMPREM GATOS

O deputado Cadmiel Bonfim (PSDB) denuncia que a sede da Secretaria de Produção e Agronegócio fica dentro de um armazém, cheia de ratos e sem ar condicionado. Tem que reclamar do secretário Edivan, que comanda o agronegócio no governo, do seu partido. E se não atender a sua reclamação, a solução é comprar gatos para matar os ratos.

NÃO SE CONHECE

Não se sabe de nenhuma ação de impacto para jogar o Acre no agronegócio. Se o secretário de Agricultura, Edivan, fez alguma investida, iniciou algum projeto, não se viu. E se de fato fez, isso não foi divulgado. E olhe que o agronegócio foi uma bandeira da campanha do Gladson.

ENDEREÇO ERRADO

Claro que a dívida é do estado, mas não se viu nenhum protesto de ocupantes de cargos de confiança contra o ex-governador, porque era quem caberia pagar as referidas indenizações.

BATMAN E ROBIN

PSDB e MDB estão mais afinados a cada dia. Fizeram um acordo de não agressão na eleição da capital, e compromisso de uma aliança no segundo turno. Ambos estão na mesma chapa para a prefeitura de Cruzeiro do Sul, e a aliança pode se estender a Epitaciolândia e Brasiléia.

MUITO FORTALECIDOS

Caso a aliança entre MDB e PSDB eleja os prefeitos dos dois maiores colégios eleitorais, Rio Branco e Cruzeiro do Sul, e se continuarem unidos até 2022, vão ser uma força poderosa.

NÃO TEM PARTIDO

O BLOG não tem partido político, tudo o que acontecer nos bastidores e que for do interesse para o leitor se esclarecer, será publicado sem censura. Não importa que alguém goste ou não.

FRASE MARCANTE

“Noventa por cento dos políticos dão aos 10% restantes uma péssima reputação”. Henry Kissinger

Nenhum comentário: