11.07.2020

Após aumento nos casos de Covid-19, atividades de campanha são suspensas em Rio Branco



Nesta sexta-feira, 6, membros do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Comitê Estadual de Acompanhamento Especial da Covid-19 e Vigilância Sanitária Estadual reuniram-se com representantes de coligações partidárias de Rio Branco para discutir sobre a suspensão de eventos políticos com aglomeração de pessoas.

Segundo o promotor de Justiça Glaucio Ney Shiroma Oshiro, titular da Promotoria Especializada de Defesa da Saúde, no encontro foram apresentados números que revelam aumento de casos de coronavírus no mês de outubro em comparação com mês anterior.

Ficou acordado que caminhadas e cicleatas não serão mais realizadas, e os bandeiraços só poderão ocorrer com limite de até 30 pessoas, respeitando o distanciamento de 1,5 metro, além do uso de máscaras.

Já as carreatas ficam permitidas desde que os carros estejam com vidros abertos, com limite de pessoas correspondente à capacidade de ocupação do veículo, sendo que na parte externa, só poderão permanecer os candidatos majoritários.

Nas visitas qualificadas, o número máximo de pessoas por rua será de cinco e todas deverão usar o equipamento de proteção. Comitivas de candidatos majoritários em visitas poderão contar com 30 pessoas, no máximo.

“Nós fizemos a mediação e as coligações entre si entraram em consenso. São regras importantes que devem ser observadas pra gente conseguir trabalhar de alguma forma para conter a elevação da curva do contágio pelo coronavírus”, explicou o promotor.

Ainda no encontro, as coligações comprometeram-se a promover reuniões de acordo com o disposto na Resolução nº 09/2020, do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, que trata das atividades que ficam permitidas na bandeira amarela, o nível de atenção em que encontra-se Rio Branco, atualmente.

https://ecosdanoticia.net.br/2020/11/06/apos-aumento-nos-casos-de-covid-19-atividades-de-campanha-sao-suspensas-em-rio-branco/

Nenhum comentário: