12.22.2020

Comerciante é morto pela polícia ao esfaquear mulher que teria levado melancia sem pagar



Um homem identificado pelo nome de Antônio, mais conhecido como “Vavá”, de aproximadamente 50 anos, morreu nesta terça-feira, 22, ao ser atingido com um tiro disparado por um polícia militar na cidade de Sena Madureira. Segundo informaram testemunhas ao portal ACPurus, a vítima era vendedor de frutas, verduras e picolé na pracinha da Linha do Tiro, localizada em frente ao campo do Grêmio.

O tiro efetuado pela polícia só teria ocorrido após Vavá tentar revidar contra os militares, de acordo com populares. Informações repassadas à polícia apontam que

Vavá teria corrido atrás de uma mulher grávida com uma faca em mãos após a mesma pegar uma das melancias que vendia sem querer pagar.

Ferida com golpe de faca, a mulher foi socorrida por moradores que residem nas proximidades que acionaram a polícia. Assim que uma equipe policial chegou ao local, teria se deparado com o homem bastante alterado e agressivo. “E foi para cima dos militares com uma faca. Como forma de defesa, um dos policiais atirou contra o mesmo, que foi a óbito no local”, informou o portal local.

O espaço foi isolado e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Conhecidos da vítima ainda informaram que, nos últimos dias, o homem de 55 anos estava meio estranho e com atitudes agressivas. O caso será investigado pela polícia civil.
fonte: ac24horas.com

Nenhum comentário: