12.21.2020

Pintor recicla material e decora casa com latas de cerveja, plásticos, pinturas indígenas e local vira ponto turístico no AC

Quem passa pelo bairro Corcovado, em Tarauacá, interior do Acre, não deixa de olhar e ficar curioso com uma casa considerada exótica, criativa e diferente. A residência é do pintor Francisco da Silva Oliveira, de 74 anos, conhecido pelos vizinhos como come cobra. O local tem dois andares é bem diferente, cheio de desenhos coloridos, traços dos povos das florestas, enfeites, pedras coloridas, latas, garrafas de cerveja e plásticos.

Ele, que é natural da cidade de Cruzeiro do Sul, se considera tarauacaense de coração, pois mora no município há 30 anos, é bem comunicativo e, além de ser pintor, não larga um microfone onde chama as pessoas para conhecerem a casa e ainda arrisca dá uma palhinha em algumas músicas regionais. A casa foi construída e toda pintada à mão pelo idoso, que demorou quatro anos para realizar o sonho.

O primeiro andar é de alvenaria e a parte de cima é feita de madeira, onde ficam os quartos da família. Na parte externa, come cobra, que não revelou o motivo do apelido, caprichou na decoração com vários fundos de latas de cerveja que, de longe, dão a impressão de pontos de luz, desenhou corações próximos das janelas, pendurou estrelas e garrafas de cervejas, fez desenhos com pedras coloridas e algumas sementes achadas na mata.
Tudo isso misturado com tons de azul, vermelho, amarelo, verde, laranja e muita, muita criatividade. O pintor mora na casa com a esposa e um neto de 9 anos. Ele disse que trabalha na área desde a juventude, mas fazia apenas trabalhos simples de pintura.

“Gosto do colorido. Usei muitas latas de cerveja, perdi as contas, mas deve ter sido mais de 10 mil. A parte de dentro também é trabalhada, pintei dentro e decorei. Fiz tudo sozinho, só eu que mexo nela”, revelou ao G1.

Francisco Oliveira, de 74 anos, pintou e decorou a casa em Tarauacá com desenhos coloridos, latas e garrafa de cerveja — Foto: Janaína Furtado/Arquivo pessoal

Ponto turístico

Cada detalhe tem toda dedicação e empenho de Oliveira, que fala com orgulho da obra de arte. Do lado de fora da casa é possível ver sacos com latinhas de cerveja que ele junta para usar na decoração.

Ele explicou que ainda vai fazer umas cortinas coloridas nas janelas da parte interna, pendurar mais estrelas e sinos do vento na frente. O lugar virou quase um ponto turístico, quem passa em frente quer entrar e tirar fotos no lugar.

“As pessoas que passam filmam, querem entrar e ficam admiradas. Deixo entrar, tiram fotos. Comecei a fazer isso na minha primeira casa, que era feita de liga de bicicleta, eu pintava e fui criando amor pela pintura", relembrou.


Francisco Oliveira mora com a esposa e um neto de 9 anos no bairro Corcovado, em Tarauacá — Foto: Janaína Furtado/Arquivo pessoal
G1 Acre
Por blog do aciolytk

Nenhum comentário: