Quer ficar informado sobre as principais noticias da educação em nosso Munícipio, Estado ou País, ac

1.29.2021

Saiu na Coluna da Angélica: “Aqui o senhor não é nada, é só mais um paciente”, disse médica para colega que morreu por sequelas da covid-19

  “Aqui o senhor não é nada, é só mais um paciente”, disse médica para colega que morreu por sequelas da covid-19

Não aguenta

O Secretário Municipal de Saúde Frank Lima, tem sido flagrado dormindo sentado no gabinete dele. A garantia é dos funcionários da pasta. Se o Secretário já apresenta esses altos índices de exaustão, com menos de um mês à frente da pasta, dificilmente aguentará o tranco do agravamento da pandemia nos próximos meses, conforme a expectativa dos especialistas. Mas, disposição que não falta, de acordo com os funcionários efetivos, é a de nomear apadrinhados. Para gerenciar a Policlínica do Tucumã, teria sido colocada uma auxiliar de dentista e na Urap da Vila Ivonete, uma técnica em enfermagem. O pessoal deveria dar o desconto. Vai ver que o Secretário é sonâmbulo.

Mal

Familiares e amigos do médico Laurence Huamani, que faleceu nesta terça-feira (26), descrevem o péssimo tratamento que ele recebeu no Pronto Socorro de Rio Branco. Laurence, que deveria passar por uma cirurgia cardiovascular, foi colocado num leito debaixo do ar-condicionado apesar da tosse e de estar sangrando pelo nariz. Na enfermaria, onde estavam pacientes de todo o tipo, só havia um banheiro para os 64 internos. Ao pedir um tratamento mais humano para a médica que o atendeu, Laurence ouviu a resposta: “Aqui o senhor não é nada, é só mais um paciente”. O diálogo foi ouvido pela esposa de Laurence, que é enfermeira. Na sequência, a médica exigiu que o paciente entregasse o celular.

...tratado


O especialista que deveria realizar a cirurgia, o viu à noite, receitou AAS e outro medicamento e saiu dizendo que estaria de volta no dia seguinte cedo. Até as 11 horas da manhã não havia chegado. Sem conseguir fazer o raio x porque não tinha oxigênio, Laurence pediu à médica que lhe desse alta. Ela o olhou e respondeu: “a alta está dada”. O médico que atuava na linha de frente ao combate à pandemia em Cruzeiro do Sul, voltou para lá, onde morreu poucas horas depois. Familiares e amigos estão revoltados. Eles afirmam que Laurence chegou a pedir que não o transferissem para o Pronto Socorro de Rio Branco porque a experiência que tinha com pacientes enviados para esta unidade não tinham sido boas.

Reação

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB), amigo pessoal de Laurence, prepara um pronunciamento sobre a necessidade de humanizar o tratamento no Pronto Socorro de Rio Branco:” as pessoas chegam ali fragilizadas pelas doenças e com medo, precisam de um tratamento mais humano. Se tratam um colega médico dessa forma, imagine como é o tratamento às pessoas simples que chegam lá em busca de tratamento”. Gonzaga pretende também acionar a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para que providências sejam tomadas.

Luta difícil

O deputado José Bestene (PP), é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e tio do Secretário de Saúde, Allison Bestene. Nas mãos dele estará a responsabilidade de apurar os fatos e quiçá acionar o Ministério Público Estadual. Por essas e outras que famílias no poder não são bem vistas. Nunca se sabe quando o dever vai prevalecer às questões familiares.

Críticas

O deputado José Bestene vem sendo muito criticado por antigos apoiadores exatamente por priorizar a família em postos de poder e esquecer antigos aliados. Dizem que a viúva do radialista Estêvão Bimbi se coloca entre esses. Ela lembra que quando o Bimbão era vivo, era bajulado pelo deputado que inclusive frequentava a casa do radialista. Depois da morte de Estêvão, a família encontra a porta de Bestene fechada para eles.

Gol de placa

O governador Gladson Cameli, que pediu ao governo federal que mantenha o Auxílio Emergencial durante a pandemia, decidiu socorrer as pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar. Gladson pretende lançar o auxílio estadual “Enche o Bucho”, através do qual as pessoas receberão um cartão solidário para comprar os itens de primeira necessidade. As compras com o cartão deverão ser feitas nos estabelecimentos credenciados. A ideia merece elogios, afinal mais da metade da população do Acre corre o risco de passar fome, além disso, o cartão faz circular dinheiro no comércio local, o que auxilia a economia.

Gol de Placa II

O prefeito Tião Bocalom (PP), também marcou bem. Ele trocou a ideia polêmica de retomar as aulas presenciais pela mais simples e eficiente limpeza das ruas. As ruas estão passando por capina, raspagem e retirada de entulhos. É isso que se espera de um prefeito. Que cuide da cidade e não que se envolva em polêmicas inúteis e desgastantes.

Miou

O prefeito teve sua primeira reunião com os empresários do transporte coletivo e já dá para notar uma sensível mudança. Bocalom que estava determinado inclusive a abrir a caixa preta do transporte coletivo em Rio Branco e anunciou que em caso de paralisação abriria para as vans fazerem o transporte, saiu mansinho da reunião. O prefeito garantiu que os empresários estão dispostos a melhorar o serviço em Rio Branco. Seria interessante divulgar também o curso de convencimento que os empresários fizeram. De repente outras pessoas têm interesse em aprender como convencer políticos de todos os matizes.

Boa ideia

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima do PP, também teve uma excelente ideia. Ele colocou equipes nas ruas de Cruzeiro do Sul para orientar a população nos cuidados que devem ter para prevenir a covid-19. De brinde os munícipes levaram álcool em gel, máscaras e panfletos educativos. Zequinha vem da Educação e sabe que tudo passa por aí. Se a população não entender a necessidade de se cuidar, os leitos de UTI nunca serão em número suficiente. O prefeito também se reuniu com a Associação Comercial e com gerentes de Bancos para tentar engajá-los na luta. Ele pediu colaboração para que as medidas sanitárias sejam obedecidas.

Avanço

O avanço da covid em Cruzeiro do Sul é preocupante. Começam a faltar leitos e profissionais da Saúde. O agravante é que o Hospital Regional do Juruá recebe pacientes dos 9 municípios da região, incluindo os do Amazonas. Todos os esforços para evitar o colapso na Saúde precisam mesmo ser feitos.

Vias de fato

Em Feijó, a posse do prefeito reeleito Kiefer Cavalcante (PP), não encerrou a disputa. Nesta quinta-feira, o ex-deputado e ex-prefeito da cidade Merla Albuquerque, deu uma surra no contador da prefeitura de Kiefer, na rua, em plena luz do dia e com testemunhas. A calma de Merla, uma das pessoas mais tranquilas do estado, não resistiu à cena do contador da prefeitura ameaçando bater no pai dele, Francimar Fernandes, de 75 anos, e partiu para cima. Detalhe, Ilcirlândio, também foi contador de Merla, na prefeitura e Francimar disputou a prefeitura com Kiefer.

Motivo

O motivo da confusão foi a compra de um imóvel de Francimar Fernandes pelo braço direito de seu adversário Kiefer Cavalcante. Como o pagamento não foi realizado, Francimar retomou o imóvel. Ilcirlândio que tem outro prédio em reforma ao lado da casa de Francimar, passou a jogar entulho no quintal do ex-prefeito. Fernandes foi reclamar e quase levou uma surra. Foi quando o contador com a metade da idade de Francimar se preparava para desferir-lhe um soco, que o filho apareceu para defender o pai. Até o fechamento da coluna ninguém tinha discordado do resultado da confusão. Feijó está em polvorosa.

Bom dia vereador Hildegard Paschoal (PSL), parece que suas atitudes pós- eleição não estão agradando seus cabos eleitorais né? Segue o fio das redes sociais para ver.

Nenhum comentário: