4.20.2021

Bancos internacionais destinam mais de R$ 10 milhões para projetos indígenas no Acre



Foto: Diego Gurgel/Secom

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), vai investir mais de R$ 10 milhões para apoiar ações indígenas em todo o Acre em 2021. Os recursos são do Programa REM (REDD Early Movers), em português (REDD+ para pioneiros), e do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser) do Banco Mundial (Bird).

Mesmo na situação de pandemia causada pela Covid-19, encontram-se em fase de elaboração cinco Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTI) e em atualização de outros 29, numa parceria com o Proser/Bird. Após a atualização, os PGTIs serão publicados para garantir os registros dessas estratégias para o futuro.

“A pandemia limitou, principalmente no início, o contato com indígenas, mas as ações não pararam de acontecer. Nossa equipe encontrou novas maneiras de dar andamento aos projetos e neste ano de 2021 temos muito a realizar pelas comunidades indígenas”, disse o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani.

Programa REM – O recurso do Programa REM é não reembolsável, destinado pela República Federal da Alemanha e o Reino Unido por meio do KfW (Banco de Desenvolvimento da Alemanha) como pagamento por resultados da Redução de Emissões de Gases de Efeito Estufa Provenientes do Desmatamento e da Degradação Florestal (REDD+).ancos internacionais destinam mais de R$ 10 milhões para investimentos em projetos indígenas no Acre

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), vai investir mais de R$ 10 milhões para apoiar ações indígenas em todo o Acre em 2021. Os recursos são do Programa REM (REDD Early Movers), em português (REDD+ para pioneiros), e do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser) do Banco Mundial (Bird).

Mesmo na situação de pandemia causada pela Covid-19, encontram-se em fase de elaboração cinco Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTI) e em atualização de outros 29, numa parceria com o Proser/Bird. Após a atualização, os PGTIs serão publicados para garantir os registros dessas estratégias para o futuro.

“A pandemia limitou, principalmente no início, o contato com indígenas, mas as ações não pararam de acontecer. Nossa equipe encontrou novas maneiras de dar andamento aos projetos e neste ano de 2021 temos muito a realizar pelas comunidades indígenas”, disse o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani.

Programa REM – O recurso do Programa REM é não reembolsável, destinado pela República Federal da Alemanha e o Reino Unido por meio do KfW (Banco de Desenvolvimento da Alemanha) como pagamento por resultados da Redução de Emissões de Gases de Efeito Estufa Provenientes do Desmatamento e da Degradação Florestal (REDD+).
ac24horas.com

Nenhum comentário: