quarta-feira, 12 de maio de 2021

A tarrafa de malha fina do Gladson



NUMA INTERMEDIAÇÃO feita pelo senador Márcio Bittar (MDB), o governador Gladson Cameli sentou na tarde de hoje com o deputado Roberto Duarte (MDB), em Brasília, e jogou a sua tarrafa de malha fina para ter o apoio do parlamentar ao seu governo.

Duarte tem sido um dos mais cáusticos críticos de ações do governador, e um ardoroso defensor da realização da “CPI da Educação”. A conversa estava tão amorosa que, quando liguei para falar com o deputado Roberto, quem atendeu o seu celular foi o governador: “Aqui, é o Gladson! Me ajude a trazer este homem (Duarte) para o meu lado”, falou antes de passar o telefone ao deputado.

Roberto Duarte negou que tenha acertado a sua ida para a base do governo: “acho difícil, mas sou amigo do Gladson, tenho votado nos seus projetos”. Mas, durante a conversa caiu numa contradição ao admitir que poderia ir para a base do governo na ALEAC, caso pudesse ser um “governista independente”. Negou ao BLOG DO CRICA que, ele no papo tenha barganhado cargos com o governador. “Nunca vou ter cargo no governo, indicar alguém para depois ser demitido, como aconteceu com a deputada Antônia Sales (MDB) e outros colegas da ALEAC, o que seria um constrangimento”, enfatizou.

Mas, a conversa foi tão boa que Gladson e Duarte já marcaram uma nova rodada de conversa após o retorno de ambos a Rio Branco. Como na política, boi costuma voar, não aposto nem um centavo furado que o deputado Roberto Duarte (MDB) venha compor na base governista na ALEAC.

ISSO PODE, GLADSON?

O governador Gladson nomeou um advogado do Pró-Saúde para um cargo de confiança. A Diretora do Pró-Saúde, figura de proa de gestões petistas, se negou aceitar o afastamento, e ameaça demitir o rapaz. Quer ser mais real que o Rei. Isso pode Gladson?

TARRAFA NO JURUÁ


NESTE FIM DE SEMANA, o governador Gladson Cameli embarca para Cruzeiro do Sul, para lançar a sua tarrafa e tentar trazer de novo ao governo o grupo do ex-prefeito Vagner Sales, que já se mostrou receptivo à aproximação.

MAIS PARA LÁ, DO QUE PARA CÁ

PELA postagem que recebi do ex-prefeito Vagner Sales, da sua parte não há nenhuma mágoa com a demissão de todos os seus indicados no governo, e pode vir a recompor.

QUE COMA SEU ANGU

OUVI ontem de importante figura do governo de que, o Gladson Cameli não vai mover uma palha a favor de nenhum dos envolvidos nos escândalos da Educação. “Quem fez seu angu, que coma”, disse ao BLOG.

APOIO ABERTO

O DEPUTADO ROBERTO DUARTE (MDB) lançou ontem, a ex-esposa do senador Márcio Bittar, a Márcia Bittar, como a sua candidata ao senado na eleição de 2022.

CANDIDATURA PARA VALER

E, ressaltou que, a Márcia Bittar é a candidata apoiada pelo Planalto ao Senado, e sua candidatura é para valer.

O JOGO É NOS GROTÕES

SÓ QUE, o jogo para o Senado é nos grotões, e se a Márcia Bittar pretende mesmo ser candidata, tem de deixar de vender beleza em Brasília, e vir cair em campo.

FOI UM PRIMOR

A EXPLICAÇÃO do presidente do PT, Cesário Braga, de que o deputado Jonas Lima (PT) ficou com o governo contra a “CPI da Educação”, foi uma graça: “O PT é democrático.”

PORTEIRA ABERTA

COM ISSO, a porteira do voto livre está aberta para qualquer petista apoiar a reeleição do governador Gladson Cameli ou quem bem entender em 2022.

MAKTUB

O DEPUTADO Jonas Lima (PT) já votou com o governo contra a “CPI da Educação”, e podem anotar: seu irmão, prefeito Isac Lima, deverá apoiar a reeleição do Gladson.

É DANDO QUE SE RECEBE

NA ÚLTIMA ELEIÇÃO municipal, o governador Gladson se desgastou, foi criticado, por apoiar a reeleição do prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima, natural este devolver o favor.

MÉDICO HUMANISTA

O deputado Cadmiel Bonfim (PSDB) foi infeliz ao acusar de “mercenário” o médico Rodrigo Damasceno, por não querer se transferir para Feijó. Muito pelo contrário, Rodrigo é um profissional respeitado e humanista.

INVERTENDO OS VALORES

O DEPUTADO Cadmiel Bonfim (PSDB) mira em direção diferente. Quem deveria ser cobrada pela falta de médicos em Feijó é a secretaria de Saúde, não o citado médico. Esta é a lógica desta discussão.

DISTÂNCIA LONGA

MAS, em todo este contexto não cabe pedir a cassação do mandato do deputado Cadmiel Bonfim, existe a justiça para ser acionada, se o CRM e o médico assim quiserem.

MALA E CUIA

DO GRUPO do ex-prefeito Deda somente dois vereadores não vão lhe acompanhar na sua saída do PROS e ida para o PODEMOS. Não aceita composição com o grupo da deputada federal Vanda Milani, que lhe tomou o PROS.

SERIA O FIM DA PICADA

O DEDA aceitar ser vassalo do grupo da deputada federal Vanda Milani (SD), depois do golpe que lhe aplicou ao lhe tomar o partido, seria o fim da picada para a sua imagem.

GANHA DEPUTADA

COM a entrada do grupo do ex-prefeito Francisco Deda no PODEMOS, o partido vai ganhar a deputada Maria Antônia, que também deixará o PROS

FICA NO PT

O PREFEITO de Assis Brasil, Jerry (PT), negou ao BLOG que deixará o partido. Se diz agradecido com o apoio que vem recebendo do governo, mas não implica em deixar o PT.

XADREZ POLÍTICO

A POLÍTICA TEM as suas variantes. No citado caso é cada um tomar o seu rumo político, e a vida segue normal.

PODER PARALELO

O senador Márcio Bittar (MDB) tem hoje uma espécie de poder paralelo no governo estadual, e ninguém duvida de que irá ocupar mais espaços, do que os generosos que detém.

PERDA DE TEMPO

O SENADOR Sérgio Petecão (PSD) é candidato ao governo em 2022, e a sua candidatura está tão avançada que, ele já trata da elaboração do seu “Plano de Governo.” Será perda de tempo tentar lhe convencer ao contrário.

FRASE MARCANTE

“A boca do sábio está em seu coração. O coração do ignorante está em sua boca”. Ditado turco.

Nenhum comentário: