10.19.2021

Bolsonaro prepara auxílio emergencial de R$ 400 para tentar reverter desvantagem nas pesquisas


O governo federal decidiu que o valor do Auxílio Brasil passará de R$ 189, em média, para R$ 400, de dezembro deste ano a dezembro do ano que vem. Com o aumento do valor, Jair Bolsonaro pretende reverter a alta em sua rejeição, que chega perto dos 60%, de acordo com pesquisas oficiais
19 de outubro de 2021, 08:58 h Atualizado em 19 de outubro de 2021, 09:22

6Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil)

247 - O governo federal decidiu que o valor do Auxílio Brasil passará de R$ 189, em média, para R$ 400, e contemplará 17 milhões de famílias, de dezembro deste ano a dezembro do ano que vem. Parte desse valor será pago com recursos do atual Bolsa Família e parte será um auxílio temporário. Serão gastos R$ 84 bilhões, sendo R$ 34,7 bilhões do orçamento do Bolsa Família e mais R$ 50 bilhões do auxílio temporário.

Com o reajuste, Jair Bolsonaro pretende conter a sua alta rejeição nas pesquisas de intenções de votos.

De acordo com pesquisa Datafolha, feita com 3.667 eleitores em 190 cidades nos dias 13 a 15 de setembro, Bolsonaro atingiu 59% de rejeição, a um ano da eleição presidencial.

Fonte: brasil247.com

Nenhum comentário: