11.16.2021

"É triste que alguns colegas ainda acreditem em Bolsonaro", diz professora



"Esse presidente é o que de pior aconteceu no Brasil, responsável direto inclusive pela morte de vários educadores. Acorde, minha gente! Já passou da hora de pôr esse traste genocida pra fora!"

Bolsonaro adora fazer chacota do gado que o segue. Ilustração: Dever de Classe

Educação | Em e-mail enviado ao Dever de Classe, a professora paranaense Amanda Costa diz: "É triste que alguns colegas ainda acreditem em Bolsonaro". A docente pondera que o capitão é inclusive responsável direto pela morte de muitos educadores durante a pandemia, e afirma também que já passou da hora de pôr para fora o genocida. Ver desabafo completo, após o anúncio.


O desabafo da professora

É triste que alguns colegas do magistério ainda acreditem em Bolsonaro. Ele é um mentiroso compulsivo, calhorda, escroque. Não vale o que o gato enterra.

Esse presidente é o que de pior aconteceu no Brasil, responsável direto inclusive pela morte de vários educadores durante o pico da pandemia de Covid-19. E agora, achando pouco, quer roubar nosso dinheiro do Fundef. Continua, após o anúncio.

Bolsonaro na verdade é um grande corrupto. Esconde até dados do cartão corporativo que usa e abusa às custas de milhões de brasileiros que passam fome ou estão na fila do osso.

Acordem, colegas professores e professoras! Bolsonaro só quer é fazer chacota de quem acredita nas mentiras dele!

Já passou da hora de pôr esse traste genocida pra fora!

Postado por sinteacdetarauaca às 04:47

Nenhum comentário: