11.12.2021

“Estão fazendo oposição ao Acre”, diz Cameli sobre os que comemoraram decisão do STF


O governador Gladson Cameli (Progressistas) usou as redes sociais nesta quinta-feira, 11, para criticar a postura de políticos da oposição que comemoraram a decisão do Supremo Tribunal Federal que suspendeu a execução do “orçamento secreto”, que ficou conhecido como emendas parlamentares pagas na modalidade “emendas de relator”, do qual o senador Márcio Bittar (sem partido) é o relator.

Em razão da decisão do STF, o Acre pode perder, segundo o senador Márcio Bittar, R$ 1 bilhão em emendas parlamentares.

Em um texto, Cameli saiu em defesa do seu correligionário e criticou a postura de alguns políticos que diante da decisão, usaram as redes sociais para comemorar o prejuízo que o Estado pode sofrer.

“Aqueles que agem assim para atingir o senador Márcio Bittar, na verdade estão fazendo oposição ao Acre. As urnas já mostraram que esse jeito de fazer política ficou para trás. É hora de união. De pensarmos tão grande quanto o futuro do nosso estado. Por isso, como governador do estado, expresso minha preocupação com o tema e como cidadão trabalho e torço para que nosso estado tenha cada vez mais investimentos que melhoram a vida das pessoas. Que Deus proteja e abençoe a todos!”, escreveu.

Ao contrário das emendas individuais, que seguem critérios bem específicos e são divididas de forma equilibrada entre todos os parlamentares, as emendas de relator não seguem critérios usuais e beneficiam somente alguns deputados e senadores.

Na prática, a destinação dos recursos é definida em acertos informais entre parlamentares aliados e o governo federal. Por isso, esses repasses são alvo de críticas de especialistas.

Por ac24horas

Nenhum comentário: