12.18.2021

TARAUACÁ: MAJOR ÁLEN MARCOS RODRIGUES FERREIRA É O NOVO COMANDANTE DA POLÍCIA NO MUNICÍPIO


Há mais de 46 anos presente em Tarauacá, a Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) realizou, na manhã desta quinta-feira, 16, a troca de comando do 7º Batalhão de Polícia no município. A solenidade foi realizada em uma tenda montada em frente ao Batalhão e contou com a presença do governador Gladson Cameli.


O comandante-geral da PMAC em exercício, coronel Luciano Dias Fonseca, destacou o principal objetivo do 7º Batalhão, que é servir e proteger o povo de Tarauacá, Jordão e Feijó. “Mesmo depois de dois anos de uma das maiores crises mundiais, superamos a adversidade e a Polícia Militar nunca parou. Sobrevivemos”, disse.

o 1º tenente Edmilton Andrade e Major Alen Rodrigues

Entregando o comando, o 1º tenente Edmilton Andrade agradeceu ao governador, ao comandante-geral e aos militares da corporação pelo tempo em que esteve à frente do 7º Batalhão de Polícia. “Na condição de oficial mais antigo, fui nomeado comandante do Batalhão. Com o apoio de todos os policiais, conseguimos realizar um bom trabalho frente à segurança pública do município”, afirmou o ex-comandante.

Aos 46 anos, o major Alen Marcos Rodrigues Ferreira, natural de Cruzeiro do Sul, assumiu o comando do Batalhão e agradeceu pela oportunidade concedida pelo comandante-geral da PMAC e pelo governador do Estado. “Irei cumprir com zelo e responsabilidade essa missão. Temos uma tropa que trabalha comprometida e, por isso, o trabalho será bem mais fácil”, disse.


QUEM É ÀLEN RODRIGUES

O novo comandante da Polícia Militar de Tarauacá que foi empossado na última quinta feira (16) numa solenidade em que estava presente o Governador Gladson Cameli, é Major e chama-se ÁLEN MARCOS RODRIGUES FERREIRA. Alen tem 46 anos, natural de Cruzeiro do Sul, casado e pai de 3 filhos. Tem formação em acadêmica em Processos Gerenciais, pela Facinter.

Ingressou na PMAC no ano de 1993 como soldado PM, realizando o curso no Município de Cruzeiro do Sul, ficando em 6º lugar. Em 1994, por meio de concurso interno, realizou o Curso de Formação de Sargentos PM, ficando em 5º lugar na classificação geral do estado. Em 2002 fez o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) realizado no CFAP em Rio Branco. No ano de 2010 fez o Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos (CHOA) realizado no CIEPS em Rio Branco, se classificando em 5º lugar. Sendo nomeado ao posto de 2º Tenente após a conclusão do curso. No ano de 2017, como capitão, fez o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) na cidade de Natal/RN. Em 2020 foi promovido ao posto de major PM e, por fim, em 2021 assume o comando do 7º Batalhão no Município de Tarauacá.

Tem Curso de Direitos Humanos, 2º Estágio Modular Básico em Ações Táticas Especiais (EMBATE), 28º INC – Instrução de Nivelamento de Conhecimento/Força Nacional ano de 2006 e 1º Curso Integrado de Gerenciamento de Crise/ano de 2021.

Como soldado, atuou em diversas modalidades de policiamento ostensivo (rádio patrulha, P.O a pé e policiamento em postos fixos). Já como sargento, passou a tirar o serviço de sargento de dia, coordenando o serviço diário, além de assumir funções administrativas. No decorrer da carreira trabalhou no serviço de inteligência (P2), como escalante, como chefe da P4, cmt da COE, cmt do Pelotão de Transito, cmt da Rádio Patrulha, e atualmente estava no subcomando do 6º BPM/Cruzeiro do Sul.

Os primeiros passos da Polícia Militar em Tarauacá foram dados em agosto de 1974, quando o 2º tenente José Cariolando da Silva Filho e o 2º tenente Guálter Craveiro retornaram a Rio Branco com informações e levantamento de Tarauacá e Feijó, após vistoria.

O relatório abordava o planejamento da ocupação dos quartéis da antiga Guarda Territorial pela então nova força de segurança, a Polícia Militar.

Após os devidos ajustes, no dia 2 de fevereiro de 1975 foi destacado o primeiro oficial para comandar o Município de Tarauacá. Assim, o 1º tenente Iran Oliveira, juntamente com outros seis policiais militares, compuseram o 3º Pelotão da 2ª Companhia da PMAC. Na época, eles ocuparam a Delegacia Interina, feita de madeira, onde atualmente se localiza a Teleacre.

Somente no dia 7 de junho de 1975 os militares se instalaram no quartel em Tarauacá, herdando as instalações da Guarda Territorial, onde atualmente se encontra o 7º Batalhão de Polícia Militar.

Muitas dificuldades encontraram os policiais militares. O destacamento era responsável pelos distritos de Feijó, Jordão e Tarauacá, sendo que em muitos casos o comandante também respondia pela Delegacia de Polícia na ausência do titular.


Os primeiros passos da Polícia Militar em Tarauacá foram dados em agosto de 1974, quando o 2º tenente José Cariolando da Silva Filho e o 2º tenente Guálter Craveiro retornaram a Rio Branco com informações e levantamento de Tarauacá e Feijó, após vistoria.

O relatório abordava o planejamento da ocupação dos quartéis da antiga Guarda Territorial pela então nova força de segurança, a Polícia Militar.


Após os devidos ajustes, no dia 2 de fevereiro de 1975 foi destacado o primeiro oficial para comandar o Município de Tarauacá. Assim, o 1º tenente Iran Oliveira, juntamente com outros seis policiais militares, compuseram o 3º Pelotão da 2ª Companhia da PMAC. Na época, eles ocuparam a Delegacia Interina, feita de madeira, onde atualmente se localiza a Teleacre.

Somente no dia 7 de junho de 1975 os militares se instalaram no quartel em Tarauacá, herdando as instalações da Guarda Territorial, onde atualmente se encontra o 7º Batalhão de Polícia Militar.

Muitas dificuldades encontraram os policiais militares. O destacamento era responsável pelos distritos de Feijó, Jordão e Tarauacá, sendo que em muitos casos o comandante também respondia pela Delegacia de Polícia na ausência do titular.

Com informações da Agência Acre
fotos: Diego Gurgel e Raimundo Accioly

Nenhum comentário: