quarta-feira, 30 de março de 2016

Impeachment de Dilma não resolve crise, diz Marco Aurélio

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio de Mello

MÁRCIO FALCÃO
DE BRASÍLIA30/03/2016 15h35

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello afirmou nesta quarta-feira (30) que o impeachment da presidente Dilma Rousseff não vai resolver as crises política e econômica que atingem o país.

"Não [resolve], não e não. É uma esperança vã. Impossível de frutificar. Nós não teremos a solução e o afastamento das mazelas do Brasil apeando a presidente da República. O que nós precisamos na verdade nessa hora é de entendimento, é de compreensão, é de visão nacional", afirmou Marco Aurélio.

O ministro disse que pedido de afastamento de presidente sem crime de responsabilidade pode configurar um golpe.

"Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe", disse o ministro.

Marco Aurélio disse que o Supremo pode discutir o mérito do processo, ou seja, se houve ou não crime de responsabilidade que justifique o impedimento de Dilma.

"O Judiciário é a última trincheira da cidadania. E pode ter um questionamento para demonstrar que não há fato jurídico, muito embora haja fato político, suficiente ao impedimento. E não interessa de início ao Brasil apear [desmontar] esse ou aquele chefe do Executivo nacional ou estadual. Porque a meu ver isso gera até mesmo muita insegurança", disse.

O ministro reforçou o apelo por um entendimento. "O ideal seria o entendimento entre os dois poderes como preconizado pela Carta da República, pela Constituição federal para combater-se a crise que afeta o trabalhador, a mesa do trabalhador, que é a crise econômico-financeira. Por que não se sentam à mesa para discutir as medidas indispensáveis nesse momento? Por que insistem em inviabilizar a governança pátria. Nós não sabemos".

Marco Aurélio disse que o atual cenário no país é diferente do impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Mello (ex-PTB-AL) e que ninguém espera conflitos sociais.

"Agora, precisamos aguardar o funcionamento das instituições, precisamos nessa hora de temperança, precisamos guardar princípios e valores e precisamos ter uma visão prognostica. Após o impedimento o Brasil estará melhor? O que nós teremos após o impedimento? A situação é diversa de 1992 porque temos dois segmentos que se mostram a essa altura antagônicos e não queremos conflitos sociais. Queremos a paz social", disse.

Os ministros do STF Celso de Mello, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Luís Roberto Barroso afirmam que o impeachment, desde que respeita a Constituição, não representa golpe. Barroso disse que o STF não tem a pretensão de discutir a decisão do Congresso sobre o afastamento de Dilma.

Nesta quarta, durante cerimônia no Planalto, Dilma afirmou que que pretendem retirar um presidente do poder sem base legal querem "golpear direitos garantidos da população" e, caso consigam, "serão responsáveis por retardar a retomada do crescimento econômico e da geração de emprego" no país. 

Pedro Ladeira - 27.mai.2015/Folhapress

DESTAQUE NACIONAL: Moro interferiu politicamente contra Dilma e Lula

O juiz federal Sérgio Moro reconheceu perante o STF (Supremo Tribunal Federal) que errou ao gerar polêmica quando decidiu tornar públicos grampos de conversas do ex-presidente Lula.
Ora, só pede desculpa, somente solicita “respeitosas escusas”, quem admite que errou. É importante que Moro tenha tomado tal atitude. sinaliza maturidade. É bom para a Lava Jato.

No entanto, Moro fez uma tremenda interferência no processo político que foi desfavorável a Lula e à presidente Dilma Rousseff. Isso não é papel de juiz.

Ao se justificar para o Supremo, Moro afirmou que “não haviam sido alcançadas condutas criminais” das autoridades com foro privilegiado e que precisam de autorização do Supremo para serem investigados.

Se não havia crime, por que divulgar? Isso gerou desgaste para Dilma e o ministro Jaques Wagner, por exemplo.

Em relação ao diálogo entre Dilma e Lula, Moro disse que a presidente “não mostrou propósito de influenciar, intimidar ou obstruir a Justiça”. Ora, esse aúdio foi gravado às 13h32 e à noite serviu para um julgamento sumário de Dilma perante o tribunal da opinião pública. Desde então, piorou a situação política da presidente.
Sobre Lula, Moro diz ver tentativa de obstruir a Justiça e de influenciar autoridades. Essa manifestação dele serviu depois para barrar a posse do ex-presidente na Casa Civil, fundamentando decisão liminar do juiz Gilmar Mendes.

Há também diálogos sem interesse público nenhum, como uma conversa entre dona Marisa e um filho dela. Mas é algo constrangedor para a pessoa. É preciso ter cuidado com o que se divulga porque, uma vez causado um dano, fica difícil a reparação em caso de erro.

A mão de Moro pesou contra Dilma e Lula politicamente. Os juízes têm garantias especiais, como cargo vitalício e proteção contra remoção de vara, justamente porque são importantes para a sociedade e precisam ser imparciais. Numa democracia, a Justiça tem a última palavra. A última palavra é do Supremo, que é o guardião da Constituição. Portanto, um erro da Justiça tem peso grande.

No caso em questão, a ação de Moro deu mais força ao impeachment da presidente e enfraqueceu Lula publicamente.


Estratégia arriscada
Após o rompimento do PMDB com o governo, o impeachment deixa de ser possível, de ser uma ameaça à presidente Dilma Rousseff, e passa a ser provável. Outros partidos da base de apoio da presidente poderão se sentir mais à vontade para votar o impedimento.

Nas palavras de um ministro, uma das principais linhas de reação do governo deverá ser o que ele chamou de “varejão”. Leia-se: oferecer cargos e verbas para quem quer ficar. O governo avalia que Temer tem expectativa de poder. Dilma ainda tem poder.

O risco dessa reação é ser uma negociação parecida com a que foi feita com o PMDB da Câmara para manter Leonardo Picciani na liderança do partido. O governo entregou dois ministérios para Leonardo Picciani, mas o pai dele, Jorge Picciani, se acertou com Temer.

O governo vai lidar com o PSD, o PR, o PP e o PRB. Todos são tanto quanto ou até mais fisiológicos do que o PMDB. Logo, podem fazer jogo duplo. Pegar cargos agora, acompanhar o ritmo dos acontecimentos e trair o governo. Mas não há alternativa. Dilma precisa de votos na Câmara.

Ontem à noite em reunião no Palácio da Alvorada, Dilma e Lula tiveram uma reunião para avaliar os riscos dessa estratégia, entre outras linhas de reação. Alguns deputados e senadores petistas já estão adotando a linha de ataques a Temer. Subir ainda mais o tom pode ser arriscado.

Essa estratégia agressiva de desconstrução pode se voltar contra o governo. Como escolheram alguém que teria tantos defeitos para ser companheiro e vice durante cinco anos? É perigoso.

O inimigo do governo não é Temer. É o impeachment. Dilma não está nessa situação porque Temer conspirou, mas porque ela errou muito na política e na economia. Ela explodiu sua base no Congresso e agora tem de buscar apoio na bacia das almas. Ela está colhendo o que plantou.

O Supremo dá sinais de que não deverá entrar no mérito do pedido de impeachment. Ou seja, não deverá dizer se houve crime de responsabilidade ou não. Isso deixará a decisão nas mãos dos deputados e senadores.

O governo avalia pedir uma manifestação do Supremo sobre isso. Se o Supremo confirmar que não vai se intrometer, pode ser mais gasolina na fogueira do impedimento. Isso daria mais contornos políticos ao impeachment.

Há ainda o peso da crise econômica. Os empresários não estão defendendo a presidente, como fizeram no ano passado. O mercado aposta na queda de Dilma.

Logo, há um clima para se votar um impeachment por incompetência. E a História vai julgar se houve um claro crime de responsabilidade e Dilma foi deposta legalmente ou se ele não existe e ocorreu um golpe jurídico.

Por isso, é muito importante avaliar a consistência jurídica do parecer que será dado pela comissão da Câmara. Se prevalecer um fator político, a tendência é predomine no longo prazo a versão de que Dilma teria sido derrubada por um gol de mão.


KENNEDY ALENCAR 
BRASÍLIA

TARAUACÁ: JOVEM COMETE SUICÍDIO POR ENFORCAMENTO, NA MANHÃ DESTA QUARTA FEIRA


José Francisco de Aguiar Souza, 28 anos, conhecido por "Peixe", morador da rua Eupídio de Andrade, em Tarauacá, cometeu suicídio na manhã destra quarta feira, 30 DE MARÇO, usando uma corrente para o ato extremo.

A polícia foi avisada por familiares sobre o ocorrido, por volta das 6 horas da manhã e se dirigiu até o local para constatar o fato. Chegando lá, encontraram o rapaz, já sem vida, preso por uma corrente de ferro envolta do pescoço, que ele mesmo deve ter fixado numa peça de madeira. Depois de isolarem o local, policiais acionaram o a Polícia Civil e bombeiros para fazer os procedimentos necessários.

Familiares afirmaram que não havia um motivo aparente para que o mesmo tirasse a própria vida. Afirmaram ainda que ele fazia uso de bebida alcoólica.

http://acciolytk.blogspot.com.br/

TARAUACÁ: ADVOGADO PINHEIRO ZUMBA ESTARÁ PROPONDO AÇÕES DE SAQUE DO FGTS DOS SERVIDORES DA PREFEITURA


Quem está de retorno a nossa cidade é o advogado Pinheiro Zumba que atenderá em seu escritório durante o ano inteiro.

Especialista em Ciência Criminal e Advocacia Trabalhista, Dr. Zumba estará propondo ações de saques e regularização do FGTS dos trabalhadores da Prefeitura de Tarauacá, já a partir desta terça feira.

Contato: 99817071

VERGONHA NACIONAL CRIAR LEI PARA SALVAR RÉU POLÍTICO


0:00
2.809 visualizações
Leo de Brito
18 h
O PSDB VAI SALVAR O CUNHA!
Hoje a Câmara dos Deputados irá votar o Projeto de Resolução 133/2016, que redefine a proporcionalidade partidária de todos os órgãos da casa.
Sabem o que isso significa? Que o Projeto de Eduardo Cunha irá mudar todos os membros do Conselho de Ética, para que ele possa ser salvo da cassação.
Este projeto é um acordão do Cunha com as oposições e o PSDB em troca do Impeachment da Presidente Dilma.
A máscara da oposição golpista caiu de vez, eles estão do lado Cunha e vão fazer de tudo para salva-lo!
Vamos lutar para que esse retrocesso não se concretize!

PREFEITO DE TARAUACÁ SE REÚNE COM MOTOTAXISTAS


Atendendo a um pedido da vereadora Maria José, o prefeito Rodrigo Damasceno se reuniu com os mototaxistas de Tarauacá. Na pauta de diálogo entre poder publico municipal, legislativo e mototaxistas estava a construção de um Ponto para a categoria.

O encontro que contou com a presença da vereadora Maria José, do presidente da Associação dos Mototaxistas, Élson Monteiro, do Engenheiro Cláudio Roberto e do diretor do setor de tributos, Luiz Carlos aconteceu no Gabinete Civil.

Apoio a categoria
O prefeito Rodrigo Damasceno se colocou a disposição da categoria, frisando que a prefeitura mesmo enfrentando uma crise financeira rigorosa, irá construir um ponto de táxi para a classe e ajudar os profissionais. O prefeito aproveitou para falar que a construção do ponto, contribuirá para o melhoramento na prestação dos serviços para a população de Tarauacá.

A vereadora Maria José agradeceu ao apoio da classe e informou ainda algumas obras realizadas pela a administração municipal com ênfase na melhoria da infra estrutura com a implantação de asfalto em diversas ruas e que para este ano já estão sendo planejados mais obras já que Tarauacá e o município campeão de obras e investimentos no Estado, fruto de um trabalho em equipe e da credibilidade e o respeito com a população. “Vocês são sabedores que eu sou amiga pessoal da Categoria e que qualquer decisão será tomada em conjunto e de acordo com a decisão da maioria dos mototaxistas ”, destacou a vereadora.

Élson Monteiro, presidente do sindicato dos mototaxistas, gostou da reunião. Para ele, “essa reunião é muito bem vinda e proveitosa, porque isso garante que todos nós mototaxistas possamos trabalhar com mais conforto, em paz e também oferecer mais segurança aos usuários do transporte. Só tenho a agradecer ao prefeito Rodrigo por nos receber e anunciar esta grande melhoria, como a vereadora Maria José que articulou esta reunião”, disse.

ASSECOM – TARAUACÁ

Lava Jato teme reação de PMDB e PSDB contra investigações


Investigadores avaliam que a Lava Jato, sob o comando do juiz Sérgio Moro, está chegando ao ápice do núcleo político, revelando o envolvimento de praticamente todos os partidos no esquema de corrupção, e acreditam que a retaliação do Legislativo está em curso e será inevitável; a expectativa é que, se confirmando a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff, o PMDBde Michel Temer conduza uma aliança com a atual oposição para promover alterações legislativas que enfraqueçam o poder de atuação do Ministério Público

WAGNER MOURA: DILMA É VÍTIMA DE UM GOLPE CLÁSSICO


‘O que está em andamento no Brasil hoje é uma tentativa revanchista de antecipar 2018 e derrubar na marra, via Judiciário politizado, um governo eleito por 54 milhões de votos. Um golpe clássico’, diz o ator Wagner Moura; segundo ele, o país vive um Estado policialesco movido por ódio político: “Sergio Moro é um juiz que age como promotor. As investigações evidenciam atropelos aos direitos consagrados da privacidade e da presunção de inocência. São prisões midiáticas, condenações prévias, linchamentos públicos, interceptações telefônicas questionáveis e vazamentos de informações seletivas para uma imprensa controlada por cinco famílias que nunca toleraram a ascensão de Lula”, acrescenta 

terça-feira, 29 de março de 2016

TARAUACÁ: DIVULGADO LOCAIS DA REALIZAÇÃO DA PROVA DO CONCURSO DA SAÚDE


As provas do concurso público da secretaria municipal de saúde de Tarauacá acontecem no próximo domingo, 3 de abril. Os candidatos já podem conferir o local onde serão realizadas as provas. Serão oferecidas 140 vagas para contratação imediata. Confira cada local * Aqui*

TARAUACÁ: ADVOGADO PINHEIRO ZUMBA ESTARÁ PROPONDO AÇÕES DE SAQUE DO FGTS DOS SERVIDORES DA PREFEITURA


Quem está de retorno a nossa cidade é o advogado Pinheiro Zumba que atenderá em seu escritório durante o ano inteiro. Especialista em Ciência Criminal e Advocacia Trabalhista, Dr. Zumba estará propondo *ações de saques e regularização do FGTS dos trabalhadores da Prefeitura de Tarauacá*, já a partir desta terça feira. Contato: *99817071*

Receita Federal já treinou 100 auditores para rastrear Redes Sociais


Uma foto inocente pode revelar o que uma pessoa não contou para Receita Federal. Os auditores estão investigando as redes sociais para checar o patrimônio das pessoas. Quem ostenta na web e não declara no Imposto Renda, vai ter que se explicar.

A Receita Federal já treinou 100 auditores e analistas para a função. As redes sociais têm ajudado de duas formas: a primeira é quando os auditores da Receita cruzam as informações que a pessoa colocou na declaração do imposto de renda, ou seja, renda e patrimônio com fotos e coisas que a pessoa costuma postar nas redes sociais.

Eles analisam se a renda que a pessoa declarou consegue de fato pagar aquela vida luxuosa, viagens, carros de luxo, imóveis que a pessoa ostenta nas redes sociais. Se isso não bate, eles começam a investigar de onde vem esse dinheiro.

“Eles querem mostrar para as outras pessoas esses carros de luxo, iates, as viagens, as mansões e eles não conseguem esconder isso das outras pessoas porque a grande vantagem é para mostrar”, fala auditor fiscal da Receita Federal, Fábio Paes Maccacchero.
A segunda forma de investigação é para o caso de buscas patrimoniais, quando o contribuinte deve para a Receita. Os técnicos verificam se existem bens que possam ser penhorados para o pagamento dessa dívida.

“São vários milhões, dezenas de milhões já recuperados por conta dessa técnica e a tendência é cada vez mais ela ser utilizada pela Receita Federal”, diz Fábio Kirzner Ejchel, superintendente adjunto da Receita Federal em São Paulo.

A Receita diz que esse cruzamento de dados está sendo muito usado na Operação Lava Jato. “A sonegação e a corrupção andam de mãos dadas. Então a gente conseguindo achar um sonegador, provavelmente a gente vai achar também um rastro de corrupção. Por isso ele está sendo tão importante na Lava Jato”, completa Fábio Paes Maccacchero. (Com G1).

A dobradinha Globo e Moro tentam esconder os " pais" do Golpe no listão Odebrecht


O que a Globo e Moro ( Juiz) menos esperavam aconteceu: Dilma e Lula não constam no listão Odebrecht. Ao contrário, os pais do golpe, os que querem o terceiro turno das eleições estão lá. Aécio, José Serra, Alckmin, Mendonça Filho, todos estão mergulhados na lama da Lava Jato.

Mas o que fez a Globo durante a exibição do manipulador Jornal Nacional : Não divulgou a lista. Quis proteger os seus apradinhados. Com os seus heróis sem credibilidades fica difícil levar o golpe adiante. 

A contribuição de Moro: Pôs sigilo na lista. Estranho né mesmo? Quando grampeou Dilma e Lula e divulgou para TV Golpe alegou que era de interesse da sociedade saber o que faz seus governantes. 

Mas quando é Demotucanos que surgem na lista? É sigilo. Cada dia fica mais evidente a seletivadade da justiça da República de Curitiba. 

O MPF ficou tão desnorteado com o listão Odebrecht que perdeu até o interesse na delegação premiada do Marcelo e dos executivos da empresa. Será que tudo isso foi para esconder Aécio é CIA?

Por Leandro Matthaus

ATO EM LISBOA DENUNCIA GOLPE EM EVENTO DE GILMAR


Manifestantes amanheceram na entrada da Universidade de Lisboa, onde ocorre o "4º Seminário Luso-Brasileiro de Direito", com o tema "Constituição e Crise – A Constituição no contexto das crises política e econômica"; organizado pelo ministro do STF Gilmar Mendes, evento tentou unir a nata do movimento golpista para apresentar o que jornais portugueses chamaram de "Governo em exílio": os senadores tucanos Aécio Neves e José Serra, o presidente do TCU, Aroldo Cedraz, o também ministro do STF Dias Toffoli e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que patrocinou o encontro; Serra chegou ao evento aos gritos de "não vai ter golpe" (assista ao vídeo); o presidente português, Marcelo Rebelo de Souza, e o ex-primeiro-ministro de Portugal Pedro Passos Coelho cancelaram sua participação

segunda-feira, 28 de março de 2016

Policial civil que denunciou Aécio é encontrado morto

O policial Lucas era bastante conhecido pelas denúncias contra caciques tucanos em Minas Gerais, entre eles o senador Aécio Neves e Antonio Anastasia

Demorou um pouco, mas o que era esperado aconteceu, infelizmente. O policial civil Lucas Gomes Arcanjo, que ficou conhecido por denunciar caciques tucanos em Minas Gerais foi encontrado morto hoje (26), em sua casa em Belo Horizonte/MG. De acordo com informações do 247 Minas, o policial foi encontrado com uma gravata amarrada em seu pescoço.

A família do policial disse que não acredita em suicídio. “Lucas fazia uso de medicamentos para tratamento de depressão, e devido ao uso das drogas ele não teria forças suficientes para se enforcar, ainda mais com uma gravata”, disseram.

O policial Lucas era bastante conhecido pelas denúncias contra caciques tucanos em Minas Gerais, entre eles o senador Aécio Neves e Antonio Anastasia, a possibilidade de retaliação é grande. O investigador já tinha sido vítima de quatro atentados em respostas às denuncias que fazia, e uma delas o deixou com uma sequela na perna. Arcanjo andava com ajuda de uma bengala.

Em 12 de outubro de 2014, O Carcará republicou um post do BlogTerra Brasilis, que mostrava um vídeo no You Tube, no qual Lucas fazia graves denúncias contra o Senador tucano Aécio Neves, que até hoje não se conformou com a derrota à Presidência da República, e tenta a qualquer custo um golpe contra Dilma, que foi eleita legitimamente pelo voto popular.

Realmente o “histórico” do senador playboy Aécio Neves, o baluarte da elite, pseudo elite e pobres “metidos a besta” deslumbrados, não é nada animador. Tinha carteira de policial falsa, já foi flagradovarias vezes bêbado, principalmente no Rio de Janeiro, onde é normal vê-lo envolvido em confusões, inclusive dirigindo bêbado e já tendo sido parado em blitz da “lei seca”, que só vale para pobre.

Também é o campeão em citações dos delatores sobre corrupção, tendo a proteção do PIG e do juiz Sérgio Moro. 

Sem querer insinuar nada, lembrei-me que o jornalista Vladimir Herzog, o Vlado, foi assassinado no dia 25 de outubro de 1975, também num sábado, nas dependências do DOI/CODI em pleno Regime Militar - que alguns idiotas ladram pedindo a volta –, e durante décadas os militares afirmaram que foi suicídio. Mas nem se preocuparam em divulgar fotos onde ele, Vlado, aparece pendurado, com as pernas dobradas. 

Infelizmente, mas também como era de se esperar, o vídeo já foi censurado pelo You Tube. E, “estranhamente”, a Globo está quietinha sobre o assunto.

O vídeo em questão foi republicado e poderá ser visto clicando aqui
Por enquanto.

O Carcará http://profdiafonso.blogspot.com.br/

PREFEITO RODRIGO DAMASCENO E VICE CHAGAS BATISTA VISITAM ENCERRAMENTO DA IV FEIRA DO PEIXE E DA AGRICULTURA FAMILIAR


março, na frente do Mercado Domingos do Rêgo Leite, um espaço onde está acontecendo com término nesta quinta-feira, 24, edição da Feira do Peixe e Agricultura Familiar da Semana Santa, cuja meta para este ano é comercializar algo em torno de 35 a 40 toneladas de pescado, além da comercialização de hortifrutigranjeiros.

A abertura da IV edição da Feira do Peixe da Semana Santa aconteceu na última terça-feira, 22, e se estenderá até está quinta-feira, 24, com a expectativa de que em um espaço regado com som ao vivo, praça de alimentação e atividades culturais receba a visita de mais de dez mil pessoas.No Mercado, Rodrigo Damasceno estava acompanhado do secretário Municipal de Agricultura, Carlinhos Félix, o diretor da SEAPROF, em Tarauacá, Narcélio Bayma, onde o prefeito aproveitou a oportunidade para visitar a feira e prestigiar a produção local.
O prefeito Rodrigo Damasceno comemora os resultados da feira. “É uma ótima oportunidade de crescimento pra economia da cidade, esse empreendimento que gera renda tanto para os comerciantes, que aumentam suas vendas, quanto para os piscicultores e produtores, que podem vender seus produtos em maior quantidade por um preço mais acessível”.
“Hoje temos no município uma população em torno de 40 mil habitantes, mas com a feira há um aumento de cerca de 3 mil de pessoas, que vem de Feijó, municípios vizinhos, inclusive do estado de Rondônia prestigiarem nossa feira”, diz o prefeito.
FEIRA CRIA FONTE DE RENDA EM TARAUACÁ
Nesta quinta-feira, 24, a edição da Feira do Peixe e Agricultura Familiar da garante o alimento para a Semana Santa.
A comunidade aprovou e aproveitou o evento. Ercília Araújo, moradora do PA Tarauacá, relata que tem produtores e pescadores que trabalham já há 10 anos, mas que nunca tiveram o reconhecimento e prestígio que estão alcançando com a realização desses eventos implantados pela a atual administração municipal. Para ela, quem mais ganha com tudo isso é a população.

Confira abaixo alguns momentos da feira no Vídeo a seguir:

ASSECOM – TARAUA

Moro deve enviar hoje ao STF lista da Odebrecht

:

Lista de pagamentos que teriam sido feitos a cerca de 200 políticos foi apreendida em uma busca da Polícia Federal na casa de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, um dos executivos da Odebrecht, durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, conhecida como Acarajé, deflagrada no mês passado; de acordo com análise premiliminar feita pelo juiz Sérgio Moro, a lista envolve pagamentos a pessoas com foro por prerrogativa de função, como deputados e senadores, e, portanto, deve ser remetida ao Supremo, instância responsável por esses processos

sábado, 26 de março de 2016

Jenilson Leite (PCdoB) participa da entrega de 38 moradias rurais na Vila São Vicente em Tarauacá


O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) participou nesta terça-feira (22), na Vila São Vicente (Gregório), às margens da BR-364, sentido Tarauacá/Cruzeiro do Sul, da entrega de 38 moradias rurais do programa PNHR, do governo Federal, o Minha Casa Minha Vida Rural. As chaves das residências foram entregues pelo governador Tião Viana (PT).


Os beneficiários das casas na Vila São Vicente também foram contemplados com kits de farinhadas. 
O deputado destacou a importância da valorização do homem do campo e da realização do sonho da casa própria.
"Moradias dignas e incentivo a produção rural demonstra que o Governo do Estado e o Governo Federal valorizam o homem do campo. Ter a própria casa é um sonho de muitos brasileiros, este sonho essas pessoas estão realizando hoje". Enfatizou Leite.


A entrega reuniu membros da comunidade, liderança das Associações Rurais, o prefeito em exercício de Tarauacá, Chagas Batista (PCdoB), e o superintendente do Banco do Brasil no Acre, Antônio Carlos Soares, também participaram do ato.


Informações Agência de Noticias Acre
Foto: Gleilson Miranda/Secom

Delator da Lava Jato revela todos os detalhes da compra de votos para a reeleição de Fernando Henrique Cardoso


Francisco Castro

Depois de oito meses de negociação, o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PE), ex-presidente do PP, assinou um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR). Trechos do depoimento de Corrêa, preso em Curitiba, revelam informações sobre a votação que aprovou a emenda constitucional possibilitando a reeleição de Fernando Henrique Cardoso, em 1997.
A delação ainda precisa ser homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pode trazer muitos transtornos à oposição. Segundo o relato, Olavo Setubal, do Banco Itaú, morto em 2008, era um dos que negociavam com o Congresso. “Olavo Setubal dava bilhetes a parlamentares que acabavam de votar, para que se encaminhassem a um doleiro em Brasília e recebessem propinas em dólares americanos”, afirmou.
De acordo com o ex-parlamentar, o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, recebia entre 2003 e 2005 propina arrecadada pelo deputado José Janene (morto em 2010) junto à Petrobras e outras órgãos com diretorias indicadas pelo PP.
Ele apresentou ainda uma lista de operadores de propina e incluiu o nome de Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), como responsável por conduzir movimentações financeiras para o tucano. (Com informações do portal forum e da Folha de São Paulo)

A caminhada da vida


Na caminhada da vida, aprendi que nem sempre temos o que queremos. 

Porque nem sempre o que queremos nos faz bem.

Foi preciso as dores, para que eu aprendesse com as lágrimas.

Foi necessário o riso, para que eu não me enclausurasse com o tempo.

Foi preciso as pedras, pra que eu construísse meu caminho.

Foram fundamentais as flores, para que eu me alegrasse na caminhada.

Foi imprescindível a fé, para que eu, não perdesse a esperança.

Foi preciso perder, para que ganhasse de verdade.

Foi no silencio que fui ouvido com clareza.

Pois sem provas não tem aprovação.
E a vitória sem conquista é ilusão.

E a maior virtude dos fortes é o PERDÃO.

MORO NÃO VAI INVESTIGAR O LISTÃO DA ODEBRECHT


Neste sábado (26), o juiz Sergio Moro decidiu libertar nove pessoas presas na Operação Xepa, que teve foco na Odebrecht; ele também informa que deve remeter na segunda-feira os autos relacionados ao "listão da Odebrecht" para o Supremo Tribunal Federal; Moro alega que não é possível determinar se os pagamentos que ali aparecem a mais de 200 políticos são legais ou ilegais; na lista, emergem líderes do impeachment, como Aécio Neves, José Serra, Paulinho da Força, Roberto Freire, Antonio Imbassahy, Agripino Maia, Cássio Cunha Lima e muitos outros; pelo despacho, caberia então ao STF decidir o que fazer com a contabilidade paralela da Odebrecht; entre os libertos, está o executivo Sérgio Neves, que foi incumbido pela Odebrecht de providenciar o repasse de R$ 15 milhões ao "Mineirinho" durante a campanha presidencial

PMDB pró-rompimento se rebela contra permanência de ministros no governo

Josias de Souza

Ministros do PMDB resistem à ideia de deixar as pastas caso o partido rompa com o governo

Depois de tornar-se majoritário, o grupo que articula o rompimento do PMDB com Dilma Rousseff se move para evitar uma manobra da ala que ainda resiste ao desembarque. Acertados com o Planalto, os sete ministros que representam o partido na Esplanada tentam obter uma espécie de salvo-conduto para permanecer no governo mesmo depois que a legenda se bandear para a oposição. Para evitar punições, esses ministros se licenciariam do PMDB.

Pioneiro da causa do rompimento, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) disse: “Não vamos aceitar esse tipo de coisa. Assim como não existe meia gravidez , também não pode existir meio rompimento. Não é razoável que, depois da decisão de romper, filiados do partido permaneçam no governo como ministros licenciados do PMDB. Isso seria a desmoralização.”

A decisão sobre o rompimento será tomada em reunião do diretório nacional do PMDB marcada para terça-feira (29). Os partidários da tese estimam que prevalecerão sobre a ala governista com mais de 75% dos votos. A despeito disso, amanheceram inquietos neste sábado. Deve-e a excitação a uma declaração feita na véspera pelo ex-ministro Moreira Franco. Fiel aliado do vice-presidente Michel Temer, Moreira levou o rosto ao 'Jornal Nacional' para informar que o partido não vai exigir a saída dos ministros a qualquer custo.

Eis o que disse Moreira ao telejornal da Globo: “O fato de o PMDB tomar essa decisão na terça-feira necessariamente não vai significar que os ministros saiam batendo porta e deixem os assuntos graves pendentes sem que haja um encaminhamento político-administrativo às questões. Evidentemente vai se discutir um mecanismo para isso, que pode ser um prazo, que pode ser até aqueles que quiserem ficar, que quiserem cumprir, eles devem se desfiliar, pedir uma licença do partido.”

A reação foi instantânea. Numa troca de telefonemas, os partidários do impeachment de Dilma fecharam questão contra a permanência dos ministros. O próprio Michel Temer foi avisado de que o grupo não aceitará o rompimento pela metade. Esse mesmo grupo impediu na semana passada outra manobra. Sob influência de Lula, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) tentou, sem sucesso, adiar a reunião desta terça para o dia 12 de abril.

sexta-feira, 25 de março de 2016

Diretoria de Ensino Básico realiza Oficina de Formação para Gestores e Coordenadores



A Secretaria Municipal de Educação, por meio da Diretoria de Ensino Básico, realizou nesta quarta-feira (23/03/2016), uma Oficina de Formação para discussão e elaboração dos Projetos Político-Pedagógicos das escolas da Rede Municipal de Ensino.

A Oficina que aconteceu nesta quarta feira, (23/03), foi ministrada pela Formadora, Socorro Góes e contou com presença maciça de Gestores, Coordenadores de Ensino, Coordenadores Pedagógicos e membros das secretarias de escola.

Socorro Góes, Coordenadora de Ensino
“Ter um projeto Político-Pedagógico construído com cuidado é essencial para que toda a comunidade escolar conheça os objetivos educacionais que a instituição pretende atingir e os meios disponíveis para tanto”, pontua, Socorro Góes.

O evento objetivou orientar e oferecer suporte técnico para que as escolas municipais pudessem dar início ao processo de elaboração de suas respectivas propostas pedagógicas.

O PPP se configura numa ferramenta de planejamento e avaliação que as equipes gestora e pedagógica consultam a cada tomada de decisão. 

Assecom- SEME
 

Secretaria Municipal de Educação libera 1ª parcela do PAFE


Secretário Carlos Gomes

A Secretaria Municipal de Educação, (SEME), transferi para as unidades executadoras (Conselhos Escolares) das escolas municipais, a 1ª parcela do PAFE – Programa de Autonomia Financeira da Escola.

O Programa é gerado através de recurso próprio, e subdivide-se em capital, custeio e eventos, valores estes, destinados à aquisição de material permanente, de limpeza, material pedagógico e pequenos reparos nas unidades.

“Esse ano de 2016, todas as escolas estão adequando seu respectivo Plano de Ação, de acordo com que rege o Plano de Desenvolvimento da Escola – PDE” destaca o coordenador do PDDE Interativo da SEME, José Leite.

“É um programa novo no Estado do Acre, e o valor de 50,00 (cinqüenta reais) por aluno, é superior aos valores do PDDE do governo Federal. O Programa transfere total independência ao Gestor, para aquisição de produtos e/ou serviços”, salienta o secretário Carlos Gomes.


Valor Total Por Unidade - Proporcional ao Número de Alunos

Escola Rilza Daniel......................................31.775,00
Escola  José Augusto...................................15.500,00
Escola Aucilene Calixto................................10.250,00
Escola Valdina Torquato................................8.725,00
Escola 15 de Junho.......................................8.675,00
Escola Adelmar de Oliveira.............................8.475,00
Escola Maria Donizete Mota............................5.825,00
Escola Almirante Barroso...............................4.400,00
Escola Eduardo dos Santos............................3.400,00


Assecom - SEME

Colisão entre caminhão e camionete mata um na BR-364

Um homem morreu em um grave acidente na BR-364 na tarde desta quinta-feira, a cerca de 4 quilômetros de Ariquemes. O acidente envolveu um caminhão e um camionete que ficou completamente destruída. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não divulgou nomes das vítimas, uma delas fatal.


O caminhoneiro informou aos policiais rodoviários que seguia no sentido Vilhena quando o motorista da camionete teria invadido sua pista, sendo inevitável o grave acidente. Com o impacto a camionete foi destruída e o caminhão começou a pegar fogo, sendo contido por motoristas e depois pelo Corpo de Bombeiros.

Fonte: RondoniaAgora.com

Da redação ac24horas25/03/2016 08:05:09