quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Prefeita Maria Lucinéia anuncia abono no valor de R$ 3 mil para servidores da Educação



“Estou aqui, mais uma vez, para esclarecer alguns pontos sobre o pagamento do abono aos trabalhadores da Educação. Conforme vínhamos informando em comunicados anteriores, a revisão do PCCR, a distribuição dos 70% de FUNDEB, bem assim a concessão de outros benefícios de ordem financeira aos nossos trabalhadores em educação, estavam proibidas em razão dos termos da Lei Complementar Federal n° 173/2020”, disse a prefeita Maria Lucinéia.

“Contudo, após exaustivo estudo procedido pela Procuradoria do Município, chegou-se ao entendimento de que, para Professores e demais Servidores com formação pedagógica, em efetivo exercício, era possível o repasse dos 70% do FUNDEB, por se tratar de direito previsto na própria Constituição Federal, que se sobrepõe à Lei Complementar Federal n° 173/2020. Assim, após a Equipe Técnica apresentar os cálculos para fins de cumprimento dos 70%, venho informar que o valor será de 3.000,00, os quais serão pagos, exclusivamente, aos profissionais antes referidos, conforme determinação legal prevista no art. 61, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação”, argumentou Lucinéia.

“Para os servidores de apoio da Educação, que são os vigias, serventes, merendeiras e outros e, também, para todos os Servidores das demais Secretarias, persistem as proibições estabelecidas pela referida lei complementar e, em razão disto, todos os benefícios a eles devidos serão implementados já a partir do mês de fevereiro de 2022. Embora esse quadro se mostre injusto aos olhos dos demais Servidores, é preciso compreender que essa situação decorre de conflitos de leis, as quais estão acima de nossas vontades”, falou a prefeita.

“Assim, embora não possa, agora, estabelecer valores, assumo o compromisso com todos os demais Servidores de apoio que, no ano que se avizinha, procederemos ao pagamento de vantagens aos mesmos, em valores e periodicidade que serão estabelecidos por estudos técnicos da nossa Equipe Gestora, ante a necessidade de se tratar os recursos públicos com responsabilidade e probidade. Peço, novamente, a compreensão de todos, pois, diante dos impeditivos estabelecidos pelas normas em vigor, a concessão de abono exclusivamente aos professores e técnicos em educação foi o que se apresentou possível de se conceder, conforme orientação de nosso corpo jurídico”, finalizou a prefeita Maria Lucinéia.

Por Assessoria.

TARAUACÁ: SERVIDORES MUNICIPAIS RECEBEM SALÁRIOS NESTA QUARTA FEIRA



A Prefeitura de Tarauacá efetua nesta quarta-feira (27), o pagamento de todo o funcionalismo municipal. Desde que assumiu o comando da Prefeitura, a prefeita Maria Lucinéia vem pagando rigorosamente em dia os servidores municipais.

Para a Prefeita Lucinéia, este é um compromisso que tem sido cumprido rigorosamente. “Cumprir nossas obrigações, nosso compromisso de pagar em dia, essa é a melhor forma de valorizar o servidor. A nossa gestão tem feito todo o esforço possível, economizando, evitando gastos desnecessários, para pagar o salário em dia respeitando e valorizando os servidores”, ressaltou a prefeita.

Por Assessoria.

Auxílio Brasil diminui chance de voto em Bolsonaro, diz pesquisa

Colunas
Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Para 54%, lançamento do sucessor do Bolsa Família reduz chance de voto em Bolsonaro, aponta pesquisa Genial/Quaest

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O lançamento do Auxílio Brasil, principal aposta do governo Bolsonaro para atrair no ano que vem o voto do eleitorado de baixa renda, diminui a chance de votos no presidente, aponta uma pesquisa Genial/Quaest que será divulgada nesta quarta-feira (27/10). Para 54% dos entrevistados, o lançamento do sucessor do Bolsa Família leva a uma redução das chances de voto em Jair Bolsonaro, ante 25% que afirmaram que as chances crescem; 20% não souberam ou não responderam.

A elevação do repasse a brasileiros de baixa renda de R$ 190 a R$ 400 mira especialmente o Nordeste, onde sua rejeição é maior. De olho na reeleição, Bolsonaro rompeu promessas de que respeitaria a regra fiscal do teto de gastos.

A pesquisa ouviu 1.038 pessoas em 23 e 24 de outubro. A margem de erro é de 3,1%. Segundo o material, 70% se disseram informados sobre o Auxílio Brasil. 30% declararam que não sabiam do novo programa. Questionados se estavam a par do risco fiscal do novo programa, que deverá furar o teto de gastos e causou uma debandada na equipe econômica, 53% responderam que sim, enquanto 47% afirmaram desconhecer esse risco.

Em outro trecho, os entrevistados mostraram uma opinião dividida sobre a posição do governo ao propor o aumento do valor pago. Para 44%, o governo errou. Para 42%, acertou. As duas taxas estão dentro da margem de erro, em um empate técnico. Outros 13% não souberam ou não responderam.

Os pesquisadores também aferiram a simpatia dos entrevistados em relação ao presidente Bolsonaro e ao ex-presidente Lula, que apresentou números melhores. 53% se disseram simpáticos a Lula. 39% afirmaram que são contra o ex-presidente. 8% não souberam ou não responderam.

Quanto a Bolsonaro, 37% se disseram simpáticos, ante 57% que disseram ser contra o presidente. 5% não souberam ou não responderam.
Já leu todas as notas e reportagens da coluna

https://www.metropoles.com/

Jenilson diz que vai trabalhar para que maternidade de Tarauacá não mude de local



Na sessão desta terça-feira, 26, o deputado estadual e médico Jenilson Leite (PSB), declarou que caso o governador Gladson Cameli conclua a transferência da Maternidade Ethel Muriel Guedes, localizada no centro da cidade, para o Hospital Dr. Sansão Gomes, distante 2 km do centro, ele retornará com a maternidade para o centro e construirá um prédio novo.

Jenilson que é pré-candidato ao governo do Acre e presidente em exercício, recebeu na Casa, junto com outros deputados, uma comitiva de 8 vereadores do município, onde eles pedem apoio aos deputados para que essa transferência não seja feita, “Nós recebemos estes vereadores, pois eles estão trazendo uma demanda da população que decidiu pela não mudança do maternidade para o hospital”, disse.

“Grande parte das pessoas que são atendidas ficam nos bairros mais simples e perto da maternidade e levando a unidade para perto do hospital vai causar transtorno, devido o acesso pelas ruas esburacadas, por isso deixamos claro que caso o governador Gladson tire a Maternidade Ethel Muriel Guedes de onde ela está e não devolva para um prédio novo no mesmo local, nós devolveremos quando nós assumirmos o Governo do Acre”, disse Jenilson.

Estiveram reunidos os vereadores Arife Rego, Manoel Monteiro, Zé Prego, Irmão Carlinhos, Gleiciane, Pedro Claver, Dikin e Veinha do Valmar. Os vereadores trazem em mãos um abaixo-assinado, onde já entregaram na Casa Civil e Secretaria de Saúde.
Por ac24horas.com

Vereadores de Tarauacá se reúnem com deputados na Aleac e defendem permanência da maternidade no Centro



Da redação do Notícias da Hora - Uma comissão formada por vereadores de Tarauacá esteve na Assembleia Legislativa do Acre nesta terça-feira (26). Eles se reuniram com membros da Comissão de Saúde. Na pauta, os vereadores pedem a não transferência da Maternidade Ethel Muriel Guedes para o Hospital Sansão Gomes.

A maternidade fica situada no Centro de Tarauacá, em local estratégico para a maioria dos moradores, principalmente a população mais carente. De acordo com eles, a mudança traria séria implicações na vida da população, sobretudo a mais pobre.

O deputado Jenilson Leite (PSB), vice-presidente da Assembleia Legislativa, presidiu o encontro e disse que tecnicamente não é adequado que a maternidade passe a funcionar no mesmo prédio que funciona o hospital geral do município.

Já o deputado José Bestene (PP), presidente da Comissão de Saúde, garantiu falar diretamente com o governador Gladson Cameli sobre a decisão de mudança da maternidade. A ideia é convencer Gladson para que a mudança não aconteça de forma permanente. Bestene vai deixar claro que o local precisa de uma reforma, mas não de mudança definitiva como vem propondo técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Edvaldo Magalhães (PCdoB) foi direto, afirmou que “quando se vai construir qualquer obra ela tem que dialogar com a tradição, com a cultura e com a necessidade. A maternidade é uma necessidade, mas é uma tradição e uma cultura. Tarauacá é a cidade que vive ainda em torno da beira do rio. O rio é o grande endereço de chegada na cidade. Você está falando da maioria absoluta do povo”, disse o parlamentar ao defender que a mudança não aconteça.

O vereador Diquinho do MDB falou em nome dos vereadores. Ele pediu que o governador Gladson Cameli fosse à cidade de Tarauacá para ver de perto a realidade. “Que o senhor fosse lá em Tarauacá e observasse as pessoas que não tem dinheiro para pagar um uber, que não tem uma bicicleta, que não tem dinheiro para pagar uma moto”, deixou claro o vereador.

terça-feira, 26 de outubro de 2021

A gasolina de Bolsonaro: veja as promessas e como era o preço com Dilma

Quando candidato, o atual presidente garantia combustível barato nas bombas e reclamava dos R$ 2,69 por litro na gestão de petista. Agora, com o produto ultrapassando os R$ 7, a culpa é de todo mundo, menos dele

Foto: NSC Total (Reprodução)

Durante o mês de abril de 2016, que culminou com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o preço médio da gasolina nos postos brasileiros era de R$ 2,69. Não foram poucos os casos de brasileiros indignados nas bombas de combustíveis que gravavam vídeos esculhambando com a chefe do Executivo federal, clamando por seu impedimento para que o preço do produto recusasse.

Quem aproveitou para surfar essa onda foi o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Ele gravou um vídeo, nos EUA, ao lado de uma amiga, identificada como Karol Eller, protestando contra o preço “alto” da gasolina, que à época girava em torno de R$ 2,50 no Brasil. Nas imagens, o filho 03 de Jair Bolsonaro debocha após a mulher abastecer meio tanque e pagar US$ 12.

“Já pensou pagar R$ 24 e colocar meio tanque? Nós somos os donos do petróleo e somos autossuficientes! Agora você tá aí pagando o preço da Lava Jato, da corrupção do pessoal do PT lá atrás”, falou em 2016.
Sonho e promessas com Bolsonaro

O então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro encheu a mente de seu eleitorado com sonhos em relação ao preço dos combustíveis. Ele chegou a utilizar material de campanha que prometia o litro da gasolina a R$ 2,50. Num evento em outubro de 2018, no auge da disputa eleitoral, Bolsonaro disse o seguinte a líderes políticos que o apoiavam, durante um ato de campanha no Rio:

“Se cada litro de gasolina que você paga aqui no Rio de Janeiro, você bota R$1,60 a partir do ICMS (…) O que nós pretendemos fazer, junto com a equipe econômica, é buscar de fato a independência do petróleo. Sabemos a dificuldade que a empresa (Petrobras) tem de explorar, porque é uma empresa que foi quebrada pelo PT. Mas temos que buscar uma maneira, já que temos uma estatal que pratica o monopólio, de tirar o combustível e colocar o combustível na bomba dos postos do Brasil com preço compatível com a realidade brasileira.”
Realidade com Bolsonaro

O coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, explicou em entrevista à Fórum, no final de setembro, como é formado o preço dos combustíveis no país e desmistificou as teorias de Jair Bolsonaro que atribuem culpa a vários atores, exceto a ele mesmo.

“O verdadeiro culpado pelos sucessivos reajustes dos combustíveis é a política de preço de paridade de importação (PPI), adotada pela gestão da Petrobrás, que se baseia nas cotações internacionais do petróleo, na variação do dólar e nos custos de importação, sem levar em conta que o Brasil produz internamente cerca de 90% do petróleo que consome”, afirmou Bacelar

O preço médio na gasolina no Brasil já bateu vários recordes em 2021 e atualmente é o maior da história: R$ 6,36 em média. Há postos de quatro estados cobrando mais de R$ 7 no litro do combustível. Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O aumento, só de janeiro a julho deste ano, no primeiro semestre, foi de 27,51%, muito acima da inflação, que ficou em 4,76% naquele período.
Atrelar o petróleo ao dólar

Ao atrelar o valor do barril de petróleo ao dólar, medida tomada pela Petrobras em 2016, durante o governo de Michel Temer, deixando o produto sujeito às cotações do mercado internacional, uma tempestade perfeita se formou a partir da chegada da pandemia e do desastre das políticas econômicas da gestão Bolsonaro.

Com a disparada do dólar, a escassez do petróleo no mercado por conta da redução na produção, já que não havia demanda, e a consequente perda no poder de compra dos brasileiros, que empobrecem a passos largos, comprar gasolina tornou-se muito caro por aqui.
Qual o tamanho da inflação nos postos

Dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontam que a participação da Petrobras no preço final dos combustíveis no país, que era de 30% no preço do litro da gasolina, hoje é de 33,4%. No diesel, passou de 48% para 52,1%; e no GLP, saiu de 23% para atuais 47,5%.

Desde o começo do governo Bolsonaro, o aumento do diesel nas refinarias chega a 66,1%, com efeitos em cascata, impactando diversos custos de produção, transportes e preços dos alimentos. A gasolina, por sua vez, aumentou 80% nas refinarias desde a posse do atual presidente. Apenas neste ano, a alta é de 45,7%.
Fonte: https://revistaforum.com.br/

Preparação para Dia de Finados movimenta cemitério de Tarauacá

Todos os anos em Tarauacá, nesta data, milhares de familiares comparecem ao cemitério São João Batista.

A prefeitura de Tarauacá, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente está revitalizando o cemitério São João Batista para receber familiares de entes queridos no ‘Dia de Finados’, comemorado dia 02 de novembro.

A prefeitura de Tarauacá realiza os serviços de limpeza, pintura e iluminação. Os trabalhos estão sendo executado dentro do planejamento, o que vai garantir que ficará tudo pronto antes do Dia de Finados.

“Esse trabalho é em respeito aos nossos entes queridos que já habitaram e contribuíram para com a cidade e hoje merecem nossa homenagem e nosso respeito”, avaliou a prefeita Maria Lucinéia.

Todos os anos em Tarauacá, nesta data, milhares de familiares comparecem ao cemitério São João Batista para visitar, prestigiar e rezar pelos seus entes que já partiram para a eternidade.

Por Gilson Amorim, Extra do Acre.

Secretaria de Educação inaugura Galeria de Ex-Secretários



A secretaria de Educação prestou homenagem aos ex-secretários de Educação de Tarauacá, na tarde de segunda-feira , 25 de outubro.

A homenagem foi feita através de uma galeria de fotos de secretários desde 1986 a 2021.

A Educação é área essencial na vida de cada cidadão. E cada um deu o seu melhor no período que estiveram com a pasta.

“Essa singela e simplória homenagem é para materializar a importância de todos na construção de uma sociedade justa e democrática”. Afirmou a secretária atual Lucicléia Lima.

A prefeita afirmou que a galeria é uma forma de reconhecer e agradecer a contribuição de cada secretário. "Vocês ajudaram a construir uma sociedade mais justa, igualitária. Através da Educação é possível tirar o povo da escravidão e transforma gerações”, disse a prefeita Maria Lucinéia.

A prefeita Lucinéia afirmou ainda que é necessário prestar homenagem as pessoas ainda em vida.

O ex- secretário Zequinha Soares, disse que estava muito feliz e agradeceu pela a importante homenagem.

A equipe Seme aproveitou o momento para certificar e presentear os professores nas OLP.

Os quais dão o tom nesse processo de ensino aprendizagem. Através da Leninha que esteve a frente das olimpíadas de Língua Portuguesa.

“Agradecemos a vocês professores e gestores pelo o empenho e dedicação. Avante! Juntos nessa caminhada, rumo a uma educação pública de qualidade”, disse Lucicléia.

Veja mais fotos aqui

Desde 2016, preço do gás de cozinha subiu 47% acima da inflação, diz Dieese


Gasolina e diesel subiram mais de 30%. Após novo aumento, petroleiros voltam a criticar política de preços adotada pela Petrobrás no governo Temer e mantida por Bolsonaro
26 de outubro de 2021, 07:01 h Atualizado em 26 de outubro de 2021, 07:41

(Foto: Reprodução)

Revista Fórum - O novo aumento dos preços dos combustíveis anunciado pela Petrobras nesta segunda-feira (25) acontece no mesmo dia em que a problemática política de preço de paridade de importação (PPI) da Petrobras completa cinco anos. Adotada pela diretoria da estatal após o golpe que derrubou Dilma Rousseff, e mantida pelo governo de Jair Bolsonaro, a PPI é apontada como a principal responsável pela disparada nos preços da gasolina, do gás de cozinha e do diesel em níveis muito acima da inflação.

Somente neste ano, já aconteceram 12 aumentos na gasolina, 13 no diesel e 8 no GLP diretamente nas refinarias. A disparada no preço dos combustíveis é um dos fatores que mais pesam na inflação, que já passou de 10,2% nos últimos 12 meses.

Nos últimos cinco anos (outubro de 2016 a outubro de 2021), as altas nas refinarias foram de 107,7% para a gasolina, 92,1% para o diesel e de impressionantes 287,9% para o gás de cozinha. Neste mesmo período, a inflação foi de 25,4%, medida pelo IPCA/IBGE. Esses dados que a Fórum teve acesso fazem parte de estudo realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/subseção FUP), com base em dados da Petrobras e da Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP).

fonte: brasil247.com

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Concurso público da Funai tem 91 vagas para o Acre

A Fundação Nacional do Índio publicou nesta segunda-feira (25) no Diário Oficial da União a distribuição das 776 vagas que serão oferecidas no novo concurso Funai para temporários.


A Fundação Nacional do Índio publicou nesta segunda-feira (25) no Diário Oficial da União a distribuição das 776 vagas que serão oferecidas no novo concurso Funai para temporários.

Ao Acre estão reservadas 91 vagas de supervisor dos agentes de proteção etnoambiental, chefe dos agentes de proteção etnoambiental e agente de proteção etnoambiental. Este último tem 70 vagas abertas.

Do total de oportunidades nas unidades da Funai no País, 50 serão para supervisor dos agentes de proteção etnoambiental; 121 para chefe dos agentes de proteção etnoambiental; e 605 para agente de proteção etnoambiental.

No Acre, os selecionados irão trabalhar em frentes de proteção nos municípios de Assis Brasil, Feijó, Tarauacá, Sena Madureira, Santa Rosa do Purus, Jordão e Cruzeiro do Sul.


Por Ac24horas.

Ex-prefeito de Mâncio Lima é condenado por não aplicar recurso destinado para área da Educação



Sentença, emitida na Vara Única da Comarca de Mâncio Lima, fixou que o réu ressarça R$35.184 aos cofres públicos e ainda pague multa no mesmo valor do dano.
 
Homem que atuou como prefeito em Mâncio Lima é condenado por improbidade administrativa. Dessa forma, conforme a sentença da Vara Única da Comarca da referida cidade, o réu deve ressarcir os cofres públicos no valor de R$35.184,00 e ainda pagar multa civil no mesmo valor do dano causado.

Conforme é relatado, o ex-prefeito obteve recursos da União, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para aquisição de aparelhos de ar-condicionado, projetores e lousas digitais, mas não realizou a compra desses itens. Com isso, descumpriu o que tinha sido pactuado para conseguir acessar esses recursos.

O caso foi julgado pelo juiz de Direito Marlon Machado. O magistrado iniciou a sentença explicando que foi decretada a revelia do réu, pois não apresentou defesa ou resposta para as denúncias apresentadas.

Assim, passando para análise dos elementos contidos nos autos, o juiz Marlon verificou que o réu agiu com intenção, com dolo, ao não fazer a destinação correta do valor recebido. “(…) não há como refutar que o requerido agiu com dolo, pois, a despeito de ter conhecimento de qual seria a correta destinação dos recursos recebidos do FNDE, não os aplicou corretamente, ou seja, não teve a lealdade que se espera de um agente público no gerenciamento da coisa pública”, escreveu.

Ao refletir sobre as punições para serem aplicadas ao réu, o magistrado considerou que o ex-gestor público aplicou parte da verba na destinação específica, comprando veículos. Então, por ter cumprido parcialmente sua obrigação, o juiz considerou que fixar sansão mais gravosa seria excessivo para o caso relatado nos autos.

“A imposição de perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais seria medida desarrazoada, visto que, as provas dos autos demonstram que o réu aplicou a verba, ainda que parcialmente, em sua destinação específica, como na compra de equipamentos e veículos, o que, somado às razões acima expostas, desautoriza a aplicação de sanções mais gravosas”, finalizou Machado. (Processo n.°0001122-38.2019.8.01.0015)

Por Emanuelly Silva Falqueto | Comunicação TJAC

Bolsonaro e Guedes já aumentaram gasolina em 73,4% neste ano para favorecer Faria Lima e Wall Street

Transferência da renda do petróleo para acionistas privados da Petrobrás foi a principal motivação do golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff, há cinco anos
25 de outubro de 2021, 18:34 h Atualizado em 25 de outubro de 2021, 18:34

Bolsonaro - preços de gasolina (Foto: Agência Brasil)

Metrópoles - A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25/10) que irá aumentar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel nas refinarias. É a segunda alta em menos de um mês. Com 15 reajustes no valor do litro da gasolina (11 para cima e quatro para baixo), o combustível acumula aumento de 73,4% apenas neste ano. O preço médio de venda passará, a partir desta terça-feira (26/10), de R$ 2,98 para R$ 3,19, uma elevação de 7,04%.

O diesel teve o preço aumentado de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, um aumento de 9,15%. Com isso, o diesel acumula alta em 2021 de 65,3% no valor exigido das distribuidoras.

Segundo a Petrobras, o reajuste foi necessário para “para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”.

Fonte: brasil247.com

Gladson anuncia que irá aumentar salário de servidores públicos do Estado


Durante cumprimento de agenda na região do Vale do Juruá, o governador Gladson Cameli anunciou em Cruzeiro do Sul nesta segunda feira, 25, que irá conceder aumento salarial para os servidores públicos estaduais. Entretanto, ainda não revelou data, nem percentual que deve ser reajustado no Acre.

“Não me pergunte quando, mas eu vou reajustar sim os salários dos servidores, que merecem muito. Vou fazer uma surpresa para os servidores estaduais. Será para todos”, declarou, confirmando o pagamento dos salários referente ao mês de outubro dos servidores inativos para esta terça-feira, 26, e do restante dos funcionários estaduais no dia 28, Dia do Funcionalismo Público.

Recentemente, também em Cruzeiro do Sul, Cameli anunciou a realização de um concurso para várias áreas do serviço público.

Tarauacá: Mulher doente com câncer na cabeça pede ajuda.


Meu povo de Tarauacá, se você ajudar essa senhora que está com uma cancer na cabeça. Ela mora no Bairro do Ipepaconha. contato: 99249-5417

Chuva em Tarauacá


Amanheceu chovendo nesta segundo-feira 25 de Outubro de 2021, na terrinha do abacaxi e o tempo está totalmente nublado, pprometendo chover o dia todo.

Cantor Frank Aguiar está no Acre para participar da festa do daime



O cantor Frank Aguiar, que já havia tomado daime no Acre há oito anos, está novamente no Rio Crôa, na cidade de Cruzeiro do Sul, participando de um festival da bebida da floresta.

Em um vídeo, ele aparece cantando e tocando violão com um grupo próximo à uma fornalha, onde estão as panelas com o daime cozinhando.

O cantor, que já foi deputado federal por São Paulo e vice-prefeito de São Bernardo do Campo, também esteve na terra indígena Katukina, localizada na BR-364, próximo à Cruzeiro do Sul.

Nas redes sociais, o artista disse que o final de semana está sendo muito bom no Acre. “Como é bom estar em meio a natureza. É showwww papai “, afirmou.

Em dezembro do ano passado, uma entrevista à revista Quem, o cantor Frank Aguiar, um dos mais conhecidos cantores de forró do país, também chamado no mundo musical de o “cãozinho dos teclados”, citou uma experiência no Acre como um divisor de águas em sua vida.

Durante o bate papo com a revista, Aguiar revelou que sete anos atrás quando esteve no Acre fazendo um show em Cruzeiro do Sul, se sentindo no fundo do poço, passando por crises com os filhos e com a política, teve uma experiência com o que chama de chá milagroso, que mudou a vida dele.

“Sete anos atrás, fiz um show em Cruzeiro do Sul, no Acre. Depois do show, o prefeito me convidou para conhecer as belezas do Rio Croa. Alugamos uma canoa e me apresentaram o chá milagroso, que além da cura, expandia a consciência. Naquela época estava no fundo do poço e passando por um momento de conflitos com meu filho e com a carreira política. Naquele momento resolvi toda a minha vida. Foi como se eu tivesse feito dez anos de terapia com o melhor psicólogo. Lá ouvi uma voz me falando que eu seria uma ponte para que outras pessoas pudessem ter suas evoluções”, relembra ele, que também fez cursos de inteligência emocional.

Fonte: ac24horas.com

domingo, 24 de outubro de 2021

Maioria das prefeituras do Acre têm situação fiscal crítica, baixa autonomia e muito gasto



Apenas três prefeituras do Acre apresentam situação fiscal boa ou de excelência, segundo o Índice Firjan de Gestão Fiscal divulgado na quinta-feira, 21, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.

O IFGF revela que 3.024 cidades brasileiras têm situação fiscal difícil ou crítica. No estudo, elaborado pela Firjan, foram avaliados 5.239 municípios que, na média, atingiram 0,5456 ponto. O índice varia de zero a um, sendo que, quanto mais próximo de um, melhor a gestão fiscal. De acordo com a análise, o quadro é preocupante e a dificuldade de geração de receita pelos municípios é o principal entrave para a melhora das contas públicas.

Do Acre, somente Rio Branco -com nota de excelência que inclusive a coloca entre as cinco capitais com melhor gestão fiscal -Manoel Urbano e Marechal Thaumaturgo obtiveram nota azul e verde, chancelando suas finanças saneadas, com capacidade de investimento e liquidez.

Na média, as 5.239 cidades brasileiras analisadas no estudo atingiram 0,3909 ponto no indicador de Autonomia, que verifica se as receitas oriundas da atividade econômica do município suprem os custos da Câmara de Vereadores e da estrutura administrativa da Prefeitura. Esse indicador teve o pior desempenho entre os quatro analisados no IFGF. Quase 67% das cidades apresentaram situação difícil ou crítica. Para 1.704 que não geraram receita para arcar com esses custos mínimos de existência foram necessárias transferências que totalizaram R$ 4,5 bilhões – recurso que poderia ser alocado, por exemplo, em habitação e saneamento para a população.

Foram avaliadas no IFGF 2021 as cidades que declararam suas contas de 2020 de forma consistente até 10 de agosto de 2021, já que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que até 30 de abril de cada ano as prefeituras devem encaminhar suas declarações referentes ao ano anterior à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O IFGF é composto pelos indicadores de Autonomia, Gastos com Pessoal, Liquidez e Investimentos.

O indicador de Gastos com Pessoal – que representa quanto os municípios gastam com o pagamento de pessoal em relação à Receita Corrente Líquida (RCL) – atingiu 0,5436 ponto, sendo o segundo pior entrave à gestão municipal em 2020. Mais de 53% das cidades registraram situação fiscal difícil ou crítica e, das 1.818 cidades que gastaram mais de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) com a folha de salário do funcionalismo público, 624 comprometeram mais de 60% do orçamento com essa despesa e ultrapassaram o limite máximo determinado pela legislação.

Já o indicador de Liquidez verifica a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa disponíveis para cobri-los no exercício seguinte. A média dos municípios foi de 0,6345 ponto, a maior entre os indicadores do IFGF. Quase 60% das cidades apresentaram nível de liquidez bom ou excelente. A distribuição de recursos públicos para os municípios por conta da pandemia foi um dos fatores que contribuiu para esse resultado. No entanto, apesar do cenário mais positivo devido ao contexto atípico, 563 prefeituras estão em situação crítica – terminaram o ano de 2020 sem recursos em caixa para cobrir as despesas postergadas para este ano.

O indicador de Investimentos – que mede a parcela da Receita Total destinada aos investimentos – registrou 0,6134 ponto. Na média, foram destinados 7,1% do orçamento para esse fim. A Firjan destaca que a pandemia teve forte influência no percentual, já que os investimentos na área da saúde cresceram 34% de 2019 para 2020. No entanto, a federação chama a atenção para a grande disparidade entre os municípios nesse indicador: 49% foram classificados com gestão boa ou excelente por destinarem, em média, 10,9% da receita para investimentos, enquanto em 51% das cidades esse percentual foi de 4,6%.

A maioria das prefeituras acreanas tem alta liquidez e tem feito investimentos mas esbarram no gasto com pessoal e na falta de autonomia, já que dependem dos repasses federais para se manter. Bujari e Sena Madureira não apresentaram dados.

O estudo completo pode ser acessado aqui: https://www.firjan.com.br/ifgf
Por ac24horas.com

sábado, 23 de outubro de 2021

Nota de pesar

 


TARAUACÁ: AGORA É LEI - GALPÃO CULTURAL 'GIOVANNI ACIOLY'




Postado por Raimundo Accioly

DEPOIS DE MANIFESTO DA EDUCAÇÃO PREFEITURA VOLTA ÀS NEGOCIAÇÕES.


Aconteceu na manhã desta sexta-feira 22 de outubro, a reunião de conciliação entre os membros da Prefeitura de Tarauacá (assessoria jurídica na pessoa do Dr. Emerson Soares e Dra. Samara Aguiar) do Poder Judiciário na pessoa do Des. Laudivon Nogueira, Ministério Público na pessoa do Procurador de Justiça Cosmo Lima e os membros do Sinteac, professor Lauro Benigno (presidente), Joao Maciel, o advogado Antônio Medeiros Junior.

Na pauta estava a continuação ou suspensão da GREVE, na audiência foi acordado a suspensão do Movimento Grevista por 15 dias e aberta as negociações novamente, com reunião marcada para o dia 25/10/2021, e rediscussão das pautas ora apresentadas pela categoria.

O sinteac irá convocar ainda na semana que vem uma nova Assembleia Geral da categoria, para traçar os novos encaminhamentos, no entanto ficou acertado que:

• O movimento grevista será suspenso pelo período de 15 dias, e será montada uma nova agenda de reuniões, onde será trabalhado melhorias aos trabalhadores em Educação no PCCR.

• Que será pago um abono aos professores.

• Que o valor e a forma do pagamento do abono, serão discutidos nessa comissão, mas que acontecerá no dia 28 de outubro dia do servidor público, onde será rateado entre os professores de tal forma que alcance o mínimo de 70% do FUNDEB.

• A Comissão discutirá a possibilidade de imediato pagamento do Piso Nacional e do Quinquênio.

• Que será apresentado uma proposta de ganho aos servidores de apoio administrativo, sendo que estes não contam dentro dos 70% do magistério.

• Que o arrecadado do FUNDEB nos meses seguintes, também será rateado entre os professores até o dia 31 de dezembro de 2021.

• Que será visto a legalidade do aumento do auxílio alimentação para toda a categoria.

Destacamos a medição da justiça para que as negociações voltem. Ao mesmo tempo parabenizamos todos os trabalhadores em educação pela luta em defesa de seus diretos e na busca das melhores condições de trabalho, indo às ruas de Tarauacá, e ao realizar um ato público em frente à prefeitura, protestando por seus direitos e contra a suspensão das negociações por parte da prefeitura.

Esperamos que a partir de agora as negociações avancem ainda mais. Porém, destacamos que se até o dia 28 (dia do servidor público) não houver uma proposta que contemple os servidores de apoio administrativo, está mantida a manifestação do dia 28. " Muitos dos nossos servidores de apoio estão vendendo salgadinhos, fazendo faxinas, lavando roupas, etc. para conseguir sustentar suas famílias, diante desse cenário, não podemos fechar uma negociação sem olhar para tais profissionais como uma questão de justiça e humanidade”. Destaca o presidente Lauro Benigno.

O Sinteac sempre esteve disposto a discutir e buscar um acordo, e mais uma vez afirmamos que nosso movimento e nossas pautas são legítimos e legais.

Sinteac – Tarauacá.

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Nota aos Profissionais de Educação



A Prefeitura de Tarauacá vem a público informar, por meio da Secretaria de Educação, que dia 28 de outubro pagará o abono aos profissionais da Educação.

Os professores e funcionários da Secretaria de Educação receberão o abono no Dia do Servidor Público, uma data celebrada para valorizar todos aqueles que desempenham um papel importante no setor, e a gestão municipal reconhece e valoriza o legado de cada servidor público do município.

Vale destacar ainda que a Prefeitura de Tarauacá trabalha incansavelmente para atender as demandas dos alunos, dos pais, dos professores e de todos os funcionários que atuam e defendem melhorias na educação do município.

Investir em educação é investir no crescimento e desenvolvimento das crianças e dos jovens e a atual gestão municipal tem como base cumprir a sua missão de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Por isso, todas as decisões da gestão passam por uma análise administrativa e jurídica, para que tudo esteja de acordo com a lei, portanto, dentro da legalidade a fim de não prejudicar nenhum profissional no futuro, seja o que autoriza ou recebe o benefício.

E, em breve , a Prefeitura efetuará outras medidas que também beneficiarão os funcionários da Educação e que cumprem a nova Lei do Fundeb.

Por assessoria

Em audiência, Jéssica Sales ressalta importância da valorização da mulher na zona rural


Em audiência pública que tratava sobre o “Dia Internacional da Mulher Rural”, na Câmara dos Deputados, a deputada Jéssica Sales (MDB) ressaltou a importância da atuação das mulheres no meio rural.

Na sessão, a parlamentar comentou o Estudo que indica a necessidade de apoio às mulheres que trabalham no campo e os dados apontam que a mão de obra feminina representa 40% do trabalho rural.

A parlamentar, que tem parte do mandato dedicado às atividades do campo, ressalta a importância do encontro uma vez que foram apresentados depoimentos de mulheres rurais parceiras de projetos e beneficiárias de tecnologias e soluções desenvolvidas pela Embrapa sobre os impactos da atuação da empresa em suas vidas.

“É preciso sim discutir a participação feminina principalmente na agricultura familiar. representatividade feminina no campo está cada vez mais forte e reconhecida, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para atingir a igualdade entre homens e mulheres no meio rural. É importante estar ciente sobre esse cenário rural nas questões de gênero e igualdade, e empenhar-se cada vez mais em ações transformadoras para alcançar esse objetivo. Não restam dúvidas que precisamos promoverá mulher do campo, para que ela siga produzindo, viva com dignidade e tenha mais acesso às políticas públicas”, salientou a deputada.


Por ac24horas.com