segunda-feira, 22 de julho de 2024

Banca organizadora divulga locais de prova do concurso público do Detran


Com realização prevista para o próximo domingo, 28, o concurso público do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) já tem os locais de realização das provas disponíveis para consulta pelos candidatos.

Para realizar a pesquisa, basta acessar o site do Instituto AOCP, empresa realizadora do certame, e baixar o cartão de informações do candidato.

Este é o segundo concurso público da história do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e disponibiliza 91 vagas divididas em 8 cargos efetivos de nível superior, com distribuição em 10 cidades acreanas.O concurso público vai ofertar 91 vagas efetivas. Foto: Kelvisson Monteiro/Detran

Vale lembrar que a prova objetiva para os cargos de assistente de trânsito, analista de sistema, contador, pedagogo e engenheiro civil será realizada no período da manhã. A abertura dos portões será às 7h15 (horário local) e o fechamento às 8h (horário local).

Já a prova objetiva para os cargos de agente de autoridade de trânsito, analista de trânsito e examinador de trânsito será realizada no período da tarde. A abertura dos portões ocorrerá às 13h15 (horário local) e o fechamento às 14h (horário local).

Para realizar a prova, o candidato deve levar caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente, além de um documento oficial de identificação com foto (original e físico) e o Cartão de Informação do Candidato.


Examinador de Trânsito é um dos 8 cargos a serem preenchidos pelo concurso público. Foto: Renato Beiruth

O concurso

Anunciado em 2023 pelo governador Gladson Cameli, o edital do concurso público do Detran foi publicado em abril deste ano e prevê o preenchimento de vagas para os cargos de agente, examinador, assistente e analista de trânsito, pedagogo, engenheiro, contador e analista de sistemas.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e os salários variam de R$ 7.015,70 a R$ 9.561,76, somados vencimentos, gratificações e outros benefícios.

Após luta de Elson Farias e Edvaldo Magalhães, Comunidade Novo Porto, em Jordão, sai da ‘escuridão’ com instalação de placas solares

 Após luta de Elson Farias e Edvaldo Magalhães, Comunidade Novo Porto, em Jordão, sai da ‘escuridão’ com instalação de placas solares

As sementes plantadas pelo ex-prefeito de Jordão Elson Farias (PCdoB) já começam a render bons frutos para a Comunidade Novo Porto. Em novembro do ano passado, ele esteve acompanhando do deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) na sede da Energisa, em Rio Branco, e foram recebidos pelo presidente Ricardo Xavier. Na época, o pedido era a prioridade no atendimento, no âmbito do Programa Luz Para Todos, à Comunidade Novo Porto.

Esta semana, os primeiros painéis solares começaram a ser instalados na Comunidade, que é lar de mais de 300 pessoas. O ex-prefeito Elson Farias pontuou que esta é mais uma conquista para os moradores de comunidades isoladas do município de Jordão.

“Este é um sonho antigo, que nós seguíamos batalhando para que fosse concretizado e, graças a Deus, com a nossa luta, com o apoio do deputado Edvaldo Magalhães, e a sensibilidade do Ricardo Xavier, da Energisa, o Programa Luz para Todos, do presidente Lula, começa a sair do papel. É gratificante ver o sorriso no rosto das pessoas a partir de ações feitas pela boa política. Estou muito feliz e agradecido a Deus por mais essa conquista, que deve se estender para outras comunidades”, disse Elson Farias.

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) destacou mais essa conquista para os moradores da Comunidade Novo Porto e de outras comunidades que serão beneficiadas pelo Programa Luz Para Todos, com a instalação de placas fotovoltaicas.

“O Programa Luz Para Todos, nessa modalidade para os ribeirinhos, com os kits de placas solares, é uma verdadeira revolução na qualidade de vida das famílias. O Programa vinha se arrastando, com poucos recursos e em função de você não ter tido prioridade no governo anterior. Com o novo governo, o governo do presidente Lula, as metas mais que triplicaram e o Programa agora foi acelerado. Já está na Comunidade Novo Porto. Estão fazendo todo o levantamento nas comunidades indígenas tanto no Rio Tarauacá, quanto no Rio Jordão, no município de Jordão, para que também todas essas comunidades também sejam atendidas e instaladas a partir do próximo ano. O Programa Luz Para Todos é uma revolução para a população ribeirinha e dos municípios isolados do estado do Acre”, disse Edvaldo Magalhães.

A professora Liberdade Muniz, que mora na Comunidade, frisou que os kits de placas solares trazem qualidade de vida. Antes, era preciso “salgar” os alimentos perecíveis, como a carne, por exemplo.

“A gente bebia só água quente. E com relação à alimentação, a gente só comia carne salgada, hoje podemos comer carne a qualquer hora, fresquinha. Quero agradecer ao nosso deputado Edvaldo Magalhães e ao presidente da Energisa, o seu Ricardo, por isso. Muito obrigada”, disse Muniz.

TARAUACÁ: MATRÍCULAS DO SEGUNDO SEMESTRE DE EJA ENSINO MÉDIO NA ESCOLA JOÃO RIBEIRO VÃO ATÉ 26 DE JULHO

 

Ex-prefeito Cleudon Rocha entrega Executiva Municipal do PSD após sigla negar apoio à reeleição de Maria Lucinéia

Segundo informações obtidas pelo o Extra do Acre nesta segunda-feira (22), o ex-prefeito Cleudon Rocha entregou a presidência da Executiva Municipal do PSD em Tarauacá. A saída de Rocha ocorre após a Executiva Estadual do partido negar apoio à reeleição de Maria Lucinéia, atual prefeita de Tarauacá e aliada de longa data do ex-prefeito.

Foto; arquivo

Cleudon Rocha agora direcionará seus esforços para a coordenação da campanha de reeleição da prefeita. A decisão de deixar a Executiva Municipal do PSD é vista como uma estratégia para manter o foco na candidatura de Lucinéia, além de garantir a manutenção do cargo na gestão da gestora.

Por gilson amorim

Socorro Neri destina R$ 5 milhões para mutirão de exames no Acre

 


A deputada federal Socorro Neri destinou R$ 5 milhões de recursos federais para a realização de um importante mutirão de exames de imagem no Acre. A iniciativa, organizada pela Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), promete realizar 14 mil exames diagnósticos.

O lançamento oficial do mutirão aconteceu neste sábado, 20 de julho, e tem como objetivo agilizar e ampliar o acesso da população aos serviços de saúde. A presença de Socorro Neri evidencia o seu compromisso com a melhoria da saúde pública no estado.

A expectativa é que o mutirão traga alívio para a demanda reprimida por exames de imagem, proporcionando diagnósticos mais rápidos e precisos, essenciais para o tratamento eficaz de diversas condições de saúde.

O mutirão de exames de imagem tem a meta de realizar 14 mil exames, entre os quais: endoscopia, eletroencefalograma com sedação, Doppler arterial e venoso, ultrassonografia geral, eletrocardiograma com sedação, ecocardiograma e endoscopia.

Já o mutirão de vasectomia, que é uma cirurgia muito importante para o planejamento familiar, deve atender 40 pacientes. Outros nove pacientes devem ser atendidos no mutirão de oftalmologia.

Uma outra demanda que é bastante recorrente pela população é o mutirão de operações ortopédicas, cujos ambulatórios para avaliação dos pacientes já começaram, e as cirurgias também devem iniciar em breve.

(assessoria)

AGOSTO VAI INICIAR QUENTE: RODRIGO MARCA CONVENÇÃO PRO DIA 2 E NEIA PARA O DIA 3 - MILITÂNCIA SE MOBILIZA

 


O mês de agosto promete esquentar o clima político na 'Terra do Abacaxi e da Mulher Bonita', com as realizações dos atos políticos chamados de 'convenções' que aprovam os nomes dos postulantes ao cargo de prefeito(a), vereadores e partidos de apoio, para as eleições de 6 de outubro. 


RODRIGO DAMASCENO - PP - 
Com presença do Governador Gladson Cameli, o PROGRESSISTAS vai realizar a sua convenção eleitoral para o final da tarde de sexta feira, 2 de agosto, no Swing Clube, para homologar o nome de Médico Rodrigo Damasceno como candidato a prefeito do município. No ato, devem ser anunciados também o nome que comporá na vice, os partidos que vão seguir com Rodrigo e os postulantes de uma das 13 vagas na câmara de vereadores.


MARIA LUCINÉIA - PDT - 
Já a atual prefeita Maria Lucinéia deve reunir o Partido Democrático Trabalhista -PDT, juntamente com os demais partidos de sua frente de apoio, no dia 3 de agosto em sua convenção, que deve acontecer na quadra de esportes da escola Municipal José de Augusto e está marcado para iniciar às 19h. Neia vai apresentar seu nome para concorrer à reeleição, os nomes de quem vai compor na vice e os que vão disputar vaga de vereadores.

ZÉ FILHO - REPUBLICANOS - Realizou a convenção neste final de semana.

Veja AQUI

De Tarauacá, atleta tetraplégico é vice-campeão do maior campeonato de jiu-jítsu do mundo

 O acreano Thomas Silva foi vice-campeão do Abu Dhabi Grand Slam, o maior campeonato de jiu-jitsu do mundo, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca-RJ, conquistando a medalha de prata na modalidade parajiu-jitsu.

Ele já havia sido campeão campeonato acreano de parajiu-jitsu. Com o vice-campeonato conquistado, Thomas agora irá participar do open acreano e do campeonato brasileiro.

“Sobre esse campeonato, era um sonho participar, e através dos meus professores de jiu-jítsu, fizemos a preparação física pra participar desse evento, e estamos nos preparando para o próximo campeonato. Precisamos de apoio do governo para participar de mais eventos assim, e mostrar que nosso estado existe, e tem excelentes atletas”, disse o atleta ao site Juruá em Tempo.

Uma história de superação

Thomas ficou tetraplégico após um acidente que aconteceu em setembro de 2020, quando decidiu ir brincar com alguns amigos em um rio, e acabou mergulhando em águas rasas.

Com o impacto, Thomas teve água no pulmão e não conseguiu se movimentar. Ele sofreu lesões nas vértebras cervicais (a C4 quebrou e a C6 implodiu), o que resultou na tetraplegia.

Redação ContilNet.

domingo, 21 de julho de 2024

Republicanos oficializa candidatura de Zé Filho a prefeito de Tarauacá

 

O partido Republicanos oficializou, na noite do sábado (20), a candidatura de Zé Filho à prefeitura de Tarauacá. O anúncio aconteceu durante convenção realizada  no Swing Club.

O servidor do Banco do Brasil, Daniel Barcelos, do União Brasil, será o candidato a vice-prefeito na chapa de Zé Filho, participando pela primeira vez de uma eleição.

Os partidos Solidariedade e União Brasil realizaram convenção conjunta com o Republicanos e confirmaram apoio a Zé Filho.

As convenções partidárias, como essa, são momentos cruciais no calendário eleitoral. É durante esses eventos que os partidos deliberam sobre a formação de coligações e escolhem oficialmente seus candidatos para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. Este processo é fundamental para a organização e a estratégia das campanhas eleitorais.

O calendário eleitoral estabelece prazos rigorosos para a realização dessas convenções, garantindo que todas as etapas sejam cumpridas de maneira ordenada e transparente.

Vice de Maria Lucinéia será oficializado somente na convenção do PDT

 

Informações obtidas pelo Extra do Acre apontam que a oficialização do candidato a vice-prefeito na chapa de Maria Lucinéia, do Partido Democrático Trabalhista (PDT), será revelada apenas na convenção do partido, marcada para o dia 03 de agosto na Quadra da José de Augusto.

Segundo informações obtidas pelo Extra, o grupo político da gestora adotou esse critério em razão de ainda continuar em conversas com outras siglas políticas. Até o momento, Maria Lucinéia ainda não tem um vice definido, ao contrário de seus concorrentes, Rodrigo Damasceno com Marilete Vitorino e Zé Filho com Daniel Barcello do Banco do Brasil.

O sigilo mantido em torno do nome do candidato a vice-prefeito da prefeita Maria Lucinéia alimenta especulações e expectativas tanto entre os eleitores quanto entre os adversários políticos. De acordo com informações, caso o PDT não consiga ampliar a aliança, o vice-prefeito Raimundo Maranguape deverá continuar na chapa da reeleição após ter sido preterido por Abdias da Farmácia, que até o momento, não deverá conseguir o aval do PSD para ocupar a vice de Neia.

Por gilson amorim

TSE divulga limite de gastos para campanhas de prefeito e vereador por município; confira os valores



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quinta-feira (18) os limites de gastos das campanhas para prefeito e vereador nas eleições municipais de outubro deste ano. As quantias estabelecidas pela Corte Eleitoral deverão ser seguidas pelos partidos e coligações durante as eleições de outubro.

Os gastos de campanha eleitoral são bancados com dinheiro público e são estabelecidos conforme o eleitorado de cada região. A cidade com o maior número de eleitor, por exemplo, terá um teto de gastos maior.

No Acre, o maior limite de gastos está com Cruzeiro do Sul, onde cada candidato a prefeito poderá gastar mais de R$ 800 mil. Em Rio Branco, o valor é até R$ 328.562,23. Se somados, o limite de gastos de todos os 22 municípios do Acre, o valor ultrapassa os R$ 4,7 milhões.

Caso os postulantes não cumpram os limites fixados pela Justiça Eleitoral terão que pagar uma multa equivalente a 100% da quantia que ultrapassar o teto definido, além de poder ser enquadrados no crime de abuso de poder econômico.

Confira a tabela de gastos no Acre:

sábado, 20 de julho de 2024

Lula se reúne com representantes de 70 organizações de movimento sociais, em São Paulo, e enfatiza a volta da política de correção do salário mínimo,

 O presidente fez um balanço dos avanços das políticas sociais e econômicas na atual gestão e ouviu reivindicações e demandas de entidades representativas da cidade e do campo


Lula com representantes dos movimentos sociais Foto: Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve um encontro com representantes de 70 organizações de movimentos sociais, populares e sindicais na tarde desta sexta-feira, 19 julho, em São Paulo. Na conversa com integrantes da sociedade civil organizada que representam entidades conectadas ao ambiente urbano e rural, o presidente fez um balanço dos quase 19 meses de gestão do Governo Federal.

Lula ressaltou a retomada de programas sociais importantes, enfatizou a volta da política de correção do salário mínimo, o aumento da faixa de isenção do imposto de renda e o momento econômico promissor, com o mercado de trabalho formal com os melhores resultados dos últimos dez anos, o desemprego em baixa e a inflação controlada. "Para fechar a sexta-feira, um encontro com lideranças dos movimentos sociais para ouvir as demandas de cada segmento. Obrigado pela recepção, companheiros e companheiras", escreveu o presidente em seu perfil na rede social X.

Segundo o ministro Márcio Macêdo, da Secretaria-Geral da Presidência, foi um momento de reforçar a importância estratégica da participação social na formulação e condução de políticas e de enfatizar o diálogo permanente do Governo Federal. "Um capítulo importante das mudanças que estamos fazendo no Brasil", disse o ministro.

PAUTA ATENDIDA - Juvandia Moreira, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), lembrou que movimentos representativos da classe trabalhadora entregaram uma pauta de reivindicações ao governo no início da gestão e que foi significativo identificar que muitas das ações já foram implementadas pelo Governo Federal. "A política de valorização do salário mínimo, a ênfase em recuperar o mercado de trabalho, a ampliação da faixa de isenção do Imposto de Renda são conquistas que mostram que o governo atendeu e respeitou nossas reivindicações", disse, enfatizando que as medidas são essenciais para jovens, estudantes, negros, negras, do campo e da cidade.

CONJUNTURA POLÍTICA - Para João Paulo Rodrigues, representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o encontro foi um momento de discutir conjuntura política, avanços sociais e reivindicações das organizações sociais. "Encontramos um presidente super otimista. Ele nos falou das políticas, da herança, das dificuldades de composições e ajustes para aprovar os projetos no Congresso. E está tranquilo de que o governo será tão bom quanto os passados dele", afirmou, reforçando que ficou acertado com o Governo Federal a realização de novos encontros para acompanhar os avanços da gestão nos próximos meses.

Por POLÍTICA JB

Por blog do acciolytk

TARAUACÁ: REPUBLICANOS DEVE HOMOLOGAR HOJE O NOME DO EMPRESÁRIO ZÉ FILHO COMO CANDIDATO A PREFEITO DO MUNICÍPIO



Em TarauacÁ vai acontecer neste sábado, a Convenção Eleitoral do Partido Republicanos, que deve homologar o nome do emprespario Zé Filho como candidato a prefeito do município. O evento, previsto para as 19 horas, será realizada no espaço do Swing Club,

Zé Filho vai anunciar o nome que vai compor como vice, os candidatos a vereadores e os partidos que formarão a coligação de apoio.

EVENTO: CONVENÇÃO PARTIDÁRIA
PRECANDIDATO: ZÉ FILHO
PARTIDO: REPUBLICANO
LOCAL: SWING CLUBE
HORÁRIO: 19H
DATA: SÁBADO - 20.07

Eleições municipais: convenções partidárias começam neste sábado
Prazo para escolha de candidatos vai até 5 de agosto

A partir deste sábado (20), os partidos e federações estão autorizados a realizar as convenções internas para a escolha dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores que disputarão as eleições municipais de outubro. O prazo está previsto na Lei das Eleições (Lei 9.504/1997).

Pela norma, os partidos deverão escolher os políticos que vão disputar o pleito até 5 de agosto, data final estipulada para realização das convenções. Dessa forma, não há candidatura avulsa. Para sair candidato, o político deve estar regulamente filiado ao partido e ser escolhido pela legenda para disputar o pleito.

O primeiro turno das eleições será no dia 6 de outubro. O segundo turno da disputa poderá ser realizado em 27 de outubro nos municípios com mais de 200 mil eleitores, nos quais nenhum dos candidatos à prefeitura atingiu no primeiro turno mais da metade dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos.
Convenção

As convenções funcionam como uma eleição interna dos partidos. A legislação eleitoral dá aos partidos autonomia para definir a estrutura de organização das convenções, que podem ser feitas presencialmente ou de forma híbrida (presencial e virtual).

A eleição interna é feita por meio de votação dos filiados nas chapas que se inscrevem para os cargos que estarão em disputa. O número que os candidatos usarão na urna eletrônica também deve ser definido na eleição interna.

Para participar das eleições, o interessado em concorrer deve estar em pleno exercício dos direitos políticos, ser filiado ao partido, ter naturalidade brasileira, ser alfabetizado e ter domicílio eleitoral no município em que pretende concorrer há pelo menos seis meses. O cidadão também precisa ter idade mínima de 21 anos para concorrer ao cargo de prefeito e de 18 anos para o de vereador.
Registro de candidaturas

Após a escolha dos candidatos, as legendas têm até 15 de agosto para registrar os nomes dos candidatos na Justiça Eleitoral de cada município. O registro de candidatura é feito por meio de um sistema eletrônico chamado CANDex e será analisado pelo juiz da zona eleitoral da cidade na qual o candidato pretende concorrer.

Se o juiz constatar a falta de algum documento, poderá pedir que o partido resolva a pendência no prazo de três dias. Caberá ao magistrado decidir se defere ou indefere a candidatura. Se o registro for negado, o candidato poderá recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seu estado e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Durante o período de análise, as candidaturas poderão ser contestadas pelos adversários, partidos políticos e o Ministério Público Eleitoral (MPE). Eles poderão denunciar alguma irregularidade no cumprimento dos requisitos legais para o registro.

Os partidos também deverão registrar os candidatos aos cargos de vereador conforme a cota de gênero, que prevê mínimo de 30% de candidaturas femininas.
Propaganda

A propaganda eleitoral nas ruas e na internet começa no dia 16 de agosto, um dia após o fim do prazo para registro das candidaturas.

A partir desta data, os candidatos poderão fazer carretas, comícios e panfletagem entre as 8h e as 22h. Anúncios pagos na imprensa escrita e na internet também estarão liberados.

O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão no primeiro turno será iniciado no dia 30 de agosto e vai até 3 de outubro.
Fundo eleitoral

Para financiar as candidaturas que serão lançadas, os partidos vão receber R$ 4,9 bilhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

O partido que vai receber a maior fatia do total do fundo será o PL. A legenda poderá dividir R$ 886,8 milhões entre seus candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. Em segundo lugar está o PT, que receberá R$ 619,8 milhões.

Em seguida, aparecem o União (R$ 536,5 milhões); o PSD (R$ 420,9 milhões); o PP (417,2 milhões); o MDB (R$ 404,6 milhões) e o Republicanos (R$ 343,9 milhões).

O Fundo Eleitoral é repassado aos partidos em anos de eleição. O repasse foi criado pelo Congresso Nacional em 2017 após a decisão do Supremo, que, em 2015, proibiu o financiamento das campanhas por empresas privadas.

Além do Fundo Eleitoral, os partidos contam com o Fundo Partidário, que é distribuído anualmente para manutenção das atividades administrativas. (Agência Brasil)

Por blog do acciolytk

Do União Brasil, Daniel Barcelos é escolhido para ocupar a vice de Zé Filho

 Na convenção que ocorrerá neste sábado (20) em Tarauacá, um dos destaques será a oficliazação do nome do servidor do Banco do Brasil, Daniel Barcelos, do União Brasil como vice-prefeito na chapa do pré-candidato a prefeito Zé Filho (Republicanos) para as eleições de 2024.

Ele será companheiro de chapa de Zé Filho

Daniel Barcelos, atual gerente da agência local do Banco do Brasil, já havia manifestado seu interesse em disputar a prefeitura de Tarauacá como pré-candidato. Natural de Santos, São Paulo, Daniel tem se destacado na comunidade local por sua atuação no setor de crédito rural do Banco do Brasil, demonstrando uma forte afinidade com o agronegócio. Suas ideias se alinham com as de Zé Filho, o que fortalece ainda mais a possível parceria.

 Por extradoacre.com.br

Partidos realizam convenções a partir deste sábado para definir candidatos


Urna eletrônica (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

247 - A corrida para as eleições municipais entra em uma fase decisiva a partir deste sábado (20) com o início das convenções partidárias, relata o jornal O Globo. Em diversas capitais, o cenário eleitoral ainda apresenta muitas indefinições, incluindo a escolha dos vices de candidatos à reeleição, como no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, e possíveis retiradas de pré-candidaturas, como em São Paulo. Os partidos têm até 5 de agosto para definir coligações, chapas e listas de candidatos a vereador, cinco dias antes do prazo final para o registro oficial na Justiça Eleitoral.

O primeiro dia de convenções promete eventos importantes com a presença de figuras de destaque. Em São Paulo, o presidente Lula (PT) participa da oficialização da campanha de Guilherme Boulos (Psol), que terá Marta Suplicy (PT) como vice e contará com suporte financeiro do PT. Em Belo Horizonte, Gilberto Kassab, presidente do PSD, estará presente para anunciar a candidatura à reeleição de Fuad Noman (PSD).

No Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes (PSD) busca a reeleição em um evento classificado como “cartorial” por seus aliados, focado na nominata de vereadores e na sua própria candidatura, deixando a definição do vice para o início de agosto.

Em São Paulo, apesar de Ricardo Nunes (MDB) e Guilherme Boulos já terem definido seus vices, as convenções de outros partidos, como União Brasil e PSDB, são aguardadas para completar o cenário eleitoral. O União Brasil, por exemplo, fará sua convenção neste sábado, mas só anunciará sua posição após as demais convenções. O partido não deve apoiar a candidatura própria de Kim Kataguiri e considera Pablo Marçal (PRTB), embora enfrentem disputas internas.

O PSDB, que realiza sua convenção em 27 de julho, aguarda a confirmação da candidatura de José Luiz Datena, que historicamente tem desistido de campanhas. Datena, no entanto, afirma que seguirá até o fim desta vez, embora sua ausência em eventos recentes tenha gerado especulações sobre uma nova desistência.

Em Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD) parece ter seu vice encaminhado pelo União Brasil, mas a decisão final será nos próximos dias. O prefeito conta com o apoio de Gilberto Kassab na convenção, enquanto outros candidatos, como Mauro Tramonte (Republicanos) e Carlos Viana (Podemos), têm convenções agendadas para o início de agosto.

No Rio de Janeiro, o principal adversário de Eduardo Paes, Alexandre Ramagem (PL), será oficializado na segunda-feira (22), ainda sem vice definido. O pré-candidato tem contado com o apoio de Jair Bolsonaro (PL) em eventos recentes.

Em Recife e Salvador, os atuais prefeitos João Campos (PSB) e Bruno Reis (União Brasil) lideram com vantagem e têm suas convenções agendadas para o início de agosto. Em Fortaleza, a disputa é mais acirrada, com Sarto (PDT) e Evandro Leitão (PT) como principais concorrentes, ambos com convenções marcadas para o final do mês.

Por brasil247.com

Crime de estelionato digital cresce 61% no Acre


Enquanto outros meios de estelionato caíram 2% no Acre entre 2022 e 2023, o estelionato digital cresceu 61%: foram registrados 154 casos em 2022 e, no ano seguinte, 248 ocorrências em todo o Estado. Os dados foram atualizados nessa quinta-feira (18) com a publicação do Anuário da Segurança Pública 2024, uma produção do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O texto da Agência Câmara de Notícias ajuda a compreender o que essa modalidade de crime que avança no Acre: segundo o Código Penal, o crime de fraude eletrônica faz parte do artigo 171, que dispõe sobre o estelionato. Existem, no entanto, alguns detalhes legais que diferem os dois crimes.

“Em relação a essa diferença entre os crimes de estelionato digital e fraude eletrônica, o advogado Joaquim Pedro explica que na fraude ´as vítimas fornecem as informações de conta bancária, de dados pessoais´, enquanto no estelionato ´as pessoas induzem ao erro, pedindo que enviem dinheiro a marcas fraudulentas'

“Na verdade, o estelionato digital vem para complementar a fraude eletrônica. É um tipo de crime que agora está ocorrendo nas redes sociais de uma outra forma, utilizando-se de empresas, marcas e pessoas. E, por isso, induzindo as pessoas ao erro”, esclareceu o advogado à ACN no final de 2023, quando a Câmara dos Deputados se debruçava sobre a tipificação desse crime.

O Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) alerta que todo dia tem um golpe novo na praça e que a criatividade dos criminosos é cada vez maior e com a digitalização de contas bancárias, uso cada vez mais comum de cartão de crédito e das compras via comércio eletrônico, fica mais difícil saber como não cair em golpes.

Eles são frequentes, mudam de tempos em tempos, são inteligentes, já que melhoram a abordagem com o passar do tempo para não parecer golpe.

“Por aqui no Idec, nós já abordamos diferentes tipos de golpe que aconteceram nos últimos tempos. Tem o famoso golpe do celular, em que a pessoa rouba o aparelho e faz diferentes empréstimos e transferências com os aplicativos de banco. Tratamos também sobre o já clássico golpe do WhatsApp, em que alguém finge ser um familiar ou amigo para pedir dinheiro. E também o golpe do delivery, em que seu cartão é clonado bem na hora de pagar a conta na maquininha”, diz o órgão.

A seguir você vai ter 5 dicas sobre como não cair em golpes. Confira:

1. Cuidado com o vazamento de dados pessoais - Nossos dados pessoais são parte essencial das nossas vidas. É CPF, é endereço, é número de cartão, nome, telefone. O uso desses dados pessoais por parte de empresas e governos não é bom ou ruim. Tudo depende de como e para quê são usados.

A proteção de dados é um direito fundamental. O Idec teve um papel essencial na aprovação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que criou um sistema forte de proteção a consumidores. Porém, infelizmente, ainda há sérios problemas de mau uso dos seus dados. O Brasil é o 6º país com maior número de vazamento de dados. Só por aqui no Idec a gente já noticiou vários nos últimos anos. Teve um mega vazamento de dados em 2021, tiveram outros dois também com envolvimento direto do Ministério da Saúde e um quarto que aconteceu na Enel (empresa de energia elétrica). Isso para citar os principais e que envolvem órgãos públicos.

Alguns dados de usuários do WhatsApp, por exemplo, podem estar sendo distribuídos entre todas as empresas que compõem o grupo Meta (Facebook, Instagram, Messenger) e eles podem estar sendo usados para o direcionamento de publicidade de outras empresas também. Isso é um prato cheio para os golpistas.

É muito difícil hoje em dia, depois de já ter espalhado seus dados por aí, ter um controle sobre como evitar que eles sejam utilizados para golpes. Porém, existem sim alguns cuidados que você pode tomar para evitar isso.

O primeiro deles é que você não precisa dar todos os seus dados de mão beijada para qualquer site ou aplicativo que peça. Você consegue negar as solicitações de dados não obrigatórios e usar o app do mesmo jeito.

Outra forma é apagar os seus dados em grandes redes sociais, as principais causadoras do compartilhamento das suas informações pessoais. E evitar cadastrar esses dados em cada novo app ou rede que apareça por aí, principalmente desconhecidas e de baixa confiança.

Mesmo com todo esse cuidado, você ainda pode ser vítima de golpes. Por isso, é essencial também seguir as próximas dicas.


2. Use a lei ao seu favor - Você é a vítima! Não se coloque no lugar de culpado por ter “dado mole” e caído no golpe. Como dissemos, eles estão cada vez mais sofisticados e difíceis de serem descobertos como golpes. A culpa não é sua. Logo, você tem a lei ao seu favor. Use-a!

Quando um golpe é causado pela falha de segurança do seu banco, como no caso dos empréstimos e transferências via aplicativo de bancos digitais, o Código de Defesa do Consumidor te defende. Nele, as empresas têm o dever de proteger o seu dinheiro e a sua conta. Você não pode ser prejudicado porque uma pessoa cometeu um crime por conta da falha do sistema de segurança do banco.

Assim como nesse caso e em todos os outros, a lei tem que estar ao seu favor. Porém, em muitos momentos pode ser difícil. Vai ter que entrar com processo contra a empresa, fazer boletim de ocorrência, procurar os órgãos de defesa do consumidor, mas é o que deve ser feito. Não deixe o golpe pra lá. É seu dinheiro, seu patrimônio que foi roubado de você. Lute pelos seus direitos!

3. Reclame formalmente nos órgãos de defesa do consumidor - Desde 1990, quando foi criado o Código de Defesa do Consumidor, as pessoas têm o direito de consumir sem o medo de sofrerem abusos, assédios, golpes ou serem enganadas da forma que for.

Para isso, existem os órgãos públicos que estão aí para defender os seus direitos e fazer com que o Código funcione de fato. É o caso do Procon e agora, mais recentemente, do site: consumidor.gov.br.

Esses dois órgãos são essenciais para você lutar pelos seus direitos. Eles são a primeira porta que você deve abrir, quando sofrer um golpe e as empresas responsáveis não demonstrarem interesse em resolver o problema.

Para além de reclamar diretamente com a empresa, faça uma reclamação formal no Consumidor.gov.br, vá até o Procon mais próximo de você (ou faça uma reclamação online), leve seus documentos, provas da fraude e peça um parecer para provar que você sofreu um golpe. A partir daí, as empresas vão ter um tempo para resolverem o seu problema. Se isso não acontecer, siga o passo anterior, vá até a Justiça e faça a lei valer.

O Banco Central também tem um site próprio para reclamações contra bancos, caso o golpe que sofreu tenha a ver com a sua conta bancária, cartão de crédito, empréstimos ou transferências. Basta entrar no site do Bacen e fazer a reclamação.

É importante seguir o passo a passo das denúncias nos órgãos de defesa do consumidor. Mesmo que não resolva, isso se torna uma prova para você utilizar, caso entre com um processo.

4. Use o Juizado Especial Cível - Uma dica extremamente importante para quem precisar entrar na Justiça por conta de um golpe. A depender do valor, não entre na Justiça Comum. Utilize o Juizado Especial Cível, o famoso JEC. Você não precisa contratar advogado, o processo é muito mais simples e mais rápido.

Também não precisa pagar taxa alguma. O único detalhe é que ele serve apenas para causas que custem, no máximo, 20 salários mínimos, se você não tiver advogado. Caso contrate algum, ainda pode usar o JEC para causas de até 40 salários mínimos. Se o golpe for maior do que isso, aí você vai precisar acionar a Justiça comum e contratar um advogado ou contar com um defensor público.

5. Mantenha a calma para aprender a como não cair em golpes - A dica final é aquela que vem das nossas mães, pais e avós: desconfie de tudo e de todos. Tenha muito cuidado ao andar com celular na rua, ao receber algum produto ou presente em casa via delivery, ao receber ligações, mensagens de WhatsApp e outros. Desconfie sempre e só siga com qualquer operação, se você tiver plena certeza de que aquilo não é um golpe.

Recentemente, no Twitter, uma jornalista informou que quase caiu em golpe muito bem articulado, se ela não tivesse mantido a calma e prestado bem atenção em tudo que o golpista falava com ela. Neste caso, uma pessoa ligou para ela, informou ser do banco dela, passou algumas informações de extrato a partir das próprias respostas que ela dava e, ao final, tentou pedir um Pix para reverter uma transação ilegal que teria ocorrido. Muito cuidado!

Por Edmilson Ferreira (AC24HORAS)
Por blog do acciolytk