Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Prefeitura tem equipe reforçada e avança com serviço de tapa buracos



A prefeitura de Rio Branco começou o ano intensificando o serviço de manutenção viária e para isso ampliou as equipes e a quantidade de massa asfáltica. No total nove equipes atuam diariamente e simultaneamente em diferentes lugares da cidade. A prioridade são as vias estruturantes, corredores de ônibus e acesso a bairros, o serviço é realizado nos três turnos: manhã, tarde e noite. São 7equipes aplicando asfalto, 1 equipe de drenagem, 1 equipe trabalhando com piçarra para garantir acesso.

O investimento da prefeitura para os próximos 40 dias é de 1,2 milhão com a utilização de 3 mil toneladas de asfalto somente neste período de pouco mais de um mês. No ano passado, apesar do grande volume de chuvas deste ano – choveu 56% acima da média – a prefeitura utilizou mais de 30 mil toneladas de asfalto.

O engenheiro da EMURB, Humberto Hadad, ressalta que além de ampliar o número de equipes, a quantidade de massa asfáltica que cada uma usa por dia, também é maior agora. As equipes que saiam diariamente da EMURB com uma ou duas carradas de asfalto, o que representa de 8 a 16 toneladas de asfalto, agora saem com 4 a 5 carradas, que somam 40 toneladas.

“Com a intensidade das chuvas, os buracos aumentam e temos que ter um volume maior de serviço e de insumos”, explica Hadad.

Todo o esforço da prefeitura é reconhecido pelos motoristas de Rio Branco, que aprovam o serviço diuturno da EMURB. O entregador Marcos Antônio, diz que anda em muitos bairros todo dia e tem visto, as frentes de trabalho espalhadas por vários pontos. “Com a chuva tem buraco mesmo, mas nosso prefeito está de parabéns pelo trabalho”. Getúlio da Silva, que faz fretes também acha “que está melhorando sim, tem muita gente trabalhando”.

Esta semana, os serviços são realizados na Avenida Amadeo Barbosa, Av. Antônio da Rocha Viana, Av. Ceará, Estrado do Aviário, Estrada Jarbas Passarinho, Alberto Torres, Rua Santa Inês, Travessa da Usina, Rua Marte na Morada do Sol, Estrada do São Francisco, Tancredo Neves – Rua 25 de Dezembro, Rua 7 de Setembro no Nova Esperança, Rua Cruzeiro do Sul – Conjunto Esperança III, Estrada do Calafate, Rua Uirapuru no Conjunto Ouricuri e Rua Japim no Waldemar Maciel.

Tapando os buracos

Seja de dia ou de noite, o trabalho de manutenção viária segue o mesmo padrão. Nas vias esburacadas, o trabalho realizado é de eliminação do material saturado e a substituição por solo de maior resistência, no caso, a piçarra bruta e rachão. Um desafio para devido o grande volume de chuvas. No ano passado, por exemplo, choveu 3.029mm, sendo que a média histórica desde 1970 é de 1.935mm.

O Diretor Operacional da EMURB, engenheiro Marcos Antônio, explica que, no inverno, o lençol freático fica bem acima do normal e penetra no pavimento. “Aqui na Amazônia trabalhamos quase a metade do ano com chuva com o lençol freático bem alto, o que já é um desafio. Mas a determinação do prefeito Marcus Alexandre é avançar sempre com o serviço de modo a garantir a boa trafegabilidade na cidade”.

Nenhum comentário: