11.11.2020

Polícia Militar promove instrução de nivelamento de conhecimento para agentes do Bope



Os policiais militares, que atuam na Companhia de Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 6° Batalhão da Polícia Militar, em Cruzeiro do Sul, receberam instruções de nivelamento de conhecimento para padronizar, estabelecer protocolos padrões e alinhar ações desenvolvidas pelas unidades responsáveis pelas execuções de missões em operações especiais, rurais e ribeirinhas no Estado.


Segundo o comandante do 6° BPM, tenente coronel Evandro Bezerra, “os policiais que atuam em unidades de Operações Especiais devem estar em constante treinamento, devido executarem missões de altíssimo risco”.

“Nossa Companhia tem demonstrado grande comprometimento com a sociedade de modo que já estamos próximos de atingir a marca de uma tonelada e meia de drogas apreendidas em ações no Vale do Juruá”, frisou.

O treinamento foi realizado no Batalhão de Operações Especiais, em Rio Branco, entre os dias 2 e 8.

Os policiais militares, que atuam na Companhia de Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 6° Batalhão da Polícia Militar, em Cruzeiro do Sul, receberam instruções de nivelamento de conhecimento para padronizar, estabelecer protocolos padrões e alinhar ações desenvolvidas pelas unidades responsáveis pelas execuções de missões em operações especiais, rurais e ribeirinhas no Estado.

Segundo o comandante do 6° BPM, tenente coronel Evandro Bezerra, “os policiais que atuam em unidades de Operações Especiais devem estar em constante treinamento, devido executarem missões de altíssimo risco”.

“Nossa Companhia tem demonstrado grande comprometimento com a sociedade de modo que já estamos próximos de atingir a marca de uma tonelada e meia de drogas apreendidas em ações no Vale do Juruá”, frisou.

O treinamento foi realizado no Batalhão de Operações Especiais, em Rio Branco, entre os dias 2 e 8.

Os policiais militares, que atuam na Companhia de Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 6° Batalhão da Polícia Militar, em Cruzeiro do Sul, receberam instruções de nivelamento de conhecimento para padronizar, estabelecer protocolos padrões e alinhar ações desenvolvidas pelas unidades responsáveis pelas execuções de missões em operações especiais, rurais e ribeirinhas no Estado.

Segundo o comandante do 6° BPM, tenente coronel Evandro Bezerra, “os policiais que atuam em unidades de Operações Especiais devem estar em constante treinamento, devido executarem missões de altíssimo risco”.

“Nossa Companhia tem demonstrado grande comprometimento com a sociedade de modo que já estamos próximos de atingir a marca de uma tonelada e meia de drogas apreendidas em ações no Vale do Juruá”, frisou.

O treinamento foi realizado no Batalhão de Operações Especiais, em Rio Branco, entre os dias 2 e 8.


Os policiais militares, que atuam na Companhia de Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 6° Batalhão da Polícia Militar, em Cruzeiro do Sul, receberam instruções de nivelamento de conhecimento para padronizar, estabelecer protocolos padrões e alinhar ações desenvolvidas pelas unidades responsáveis pelas execuções de missões em operações especiais, rurais e ribeirinhas no Estado.

Segundo o comandante do 6° BPM, tenente coronel Evandro Bezerra, “os policiais que atuam em unidades de Operações Especiais devem estar em constante treinamento, devido executarem missões de altíssimo risco”.

“Nossa Companhia tem demonstrado grande comprometimento com a sociedade de modo que já estamos próximos de atingir a marca de uma tonelada e meia de drogas apreendidas em ações no Vale do Juruá”, frisou.

O treinamento foi realizado no Batalhão de Operações Especiais, em Rio Branco, entre os dias 2 e 8.

Por Redação Juruá Em Tempo.

Nenhum comentário: