12.30.2020

Bocalom não procurou o PSD de Petecão para agradecer e clima de insatisfação fica no ar



Durante entrevista concedida à Rádio Difusora Acreana nesta terça-feira, 29, o senador Sérgio Petecão, presidente estadual do Partido Social Democrático (PSD), revelou uma situação que estaria ocorrendo entre aliados após a vitória do prefeito eleito em Rio Branco, Tião Bocalom (Progressista). Segundo informou o parlamentar, Boca ainda não teria se reunido com o partido que o apoiou na campanha pela prefeitura nem para agradecer, nem para alinhar o futuro à frente do município.

Apesar da situação, Petecão garante seguir firme no apoio e torcida por uma boa gestão de Bocalom na prefeitura da capital acreana e afirmou: “Bocalom tem o direito de montar a equipe que ele quiser, lutou muito por isso e espero que dê certo”.

O senador salienta que agora o momento é para deixar o prefeito e a vice-prefeita, Marfisa Galvão, sua esposa, à vontade e não “botar pressão. “No momento certo ele vai chamar o partido [PSD] para conversar, pelo menos é o que eu espero”, ressaltou.

Petecão comentou ainda sobre as afirmações de Bocalom em não optar por um líder ou representante de sua prefeitura na Câmara de Vereadores, o que seria uma atitude arriscada. “Bocalom pode estar inovando na política, porque a gente sempre se preocupa com presidente do senado, líder do governo. Dentro dos parâmetros da política é isso que eu conheço. Bocalom disse que não precisa disso, tomara que seja isso”.

Procurada pelo ac24horas, a assessoria do prefeito eleito em Rio Branco disse não ter conhecimento da fala do senador, mas que Tião e Petecão mantêm um excelente relacionamento após o período eleitoral. “Já se encontraram em algumas oportunidades”, garantiu. Sobre o assunto, a assessoria afirma que Bocalom só deve se pronunciar após a posse como prefeito. “Mas o Tião sempre valoriza os aliados”, finalizou.
fonte: ac24horas.com

Nenhum comentário: