12.12.2020

Ocupação em enfermarias de Covid-19 já é maior que na 1ª ondaPublicado



Durante a 13ª coletiva de imprensa realizada pelo Pacto Acre sem Covid nesta sexta-feira, 11, membros do Comitê de Acompanhamento Especial do vírus no estado alertaram novos fatos envolvendo a contaminação do coronavírus nesta que já se configura numa segunda onda de infecção.

O relatório destaca uma preocupação em relação à gravidade dos pacientes contaminados, que tem sido mais elevada neste momento do que anteriormente. “Além disso, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria já é superior ao primeiro momento da pandemia”, explicou a representante da secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

O boletim epidemiológico diário da pandemia tem fechado diariamente com 80 a 90% de ocupação dos leitos destinados à doença. A Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do pronto-socorro de Rio Branco já estão com 100% de ocupação e até essa quinta-feira, 10, o Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) só tinha disponível 9 vagas.

“A pandemia piora seus números na Europa, em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Acre. O Acre já teve de abrir mais leitos nessa segunda onda do que na primeira, do que no início da pandemia”, revelou o médico Thor Dantas, que representa no Comitê a Universidade Federal do Acre (Ufac).
ac24horas.com

Nenhum comentário: