9.20.2020

Moisés abriu o “mar vermelho” para o conservadorismo passar?

 Moisés abriu o “mar vermelho” para o conservadorismo passar?

Chacoalhou

O anúncio de apoio à candidatura da prefeita Socorro Néri (PSB), feito pela secretária de Turismo e Pequenos Negócios, Eliane Sinhasique (MDB), provocou o efeito dominó. Encorajados, outros secretários de Estado passaram a manifestar apoio à candidata do governador.

De mulher pra mulher

A decisão de Eliane não deveria ter causado tanta surpresa. Ela monitora uma rede de mais de 530 candidatas de vários partidos e estados e é uma das maiores incentivadoras das candidaturas femininas no país. Socorro Neri é a única candidata mulher. Ela disputa a prefeitura com 6 homens. Ficaria no mínimo incômodo para a secretária explicar à suas pupilas o apoio a um homem numa disputa que só tem uma mulher.

Reação estranha

Soou estranha a reação de alguns emedebistas porque o partido nunca foi exemplo de unidade. Na eleição de 2014, o então candidato ao senado pelo MDB, Roberto Duarte, atual candidato a prefeito, apoiou a candidatura de Marina Silva, que disputava a presidência da República pelo PSB, mesmo partido da prefeita Socorro Neri. Na eleição de 2018, Roberto Duarte e o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, recusaram o apoio ao candidato do partido ao senado, Marcio Bittar.

Prática normal

A insurreição é prática comum entre as figuras de proa do “Glorioso”. Em Brasileia, o ex-prefeito Aldemir Lopes chegou a criar um comitê independente. Leia-se independente das diretrizes partidárias e contou com o apoio de outras lideranças como o ex-deputado Adalberto Ferreira. O episódio foi mais um dos tantos - “derruba Flaviano”- que como sempre acabou em insucesso- em alcateia de lobo cinzento, guará não leva vantagem.

Na moral

No início do ano ao ser informada da candidatura de Roberto Duarte que na hipótese de uma vitória lhe garantiria meio mandato de deputada, Eliane Sinhasique fez que pensou sobre o assunto e respondeu- “Mas estou gostando tanto da administração da atual prefeita!”. Espera-se que depois desse imbróglio todo, Socorro Neri não encrenque mais com Eliane por causa do carnaval de rua.

Não é nuvenzinha


O avião do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), teve que arremeter ao chegar no aeroporto de Sinop ( MT ), nessa sexta-feira ( 18 ). O aeroporto não tinha condições de visibilidade por causa da fumaça. O Brasil enfrenta uma onda recorde de incêndios e as queimadas atingiram até o pantanal, região de muitas águas. Bolsonaro sentiu na pele os problemas vividos pelos acreanos.

...é fumaça

A fumaça das queimadas despeja nuvens de CO-monóxido de carbono que prejudicam a saúde. Entre 25 de agosto e 15 de setembro, os índices de CO, inclusive no estado do Acre foram até 3.360% mais altos que o limite máximo tolerado para o ser humano. O Acre registrou um índice de 738 ppm (partes por milhão) de CO, sendo que o máximo aceitável é de 50 ppm. Os dados são do Laboratório de Análise e Processamentos de Imagens de Satélite.

Danos

Os danos para a saúde que inicialmente podem ser imperceptíveis podem evoluir para dores de cabeça, fadiga e náuseas. Concentrações de CO acima 150 ppm podem provocar desorientação e inconsciência . Aparentemente os mais sensíveis a esse efeito são os políticos.

Agora vai

O procurador-geral da República entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal para acabar com o pagamento das aposentadorias de ex-governadores e dependentes. Justificando que a prática contraria os princípios da igualdade, moralidade e impessoalidade, o procurador pede que seja concedida uma medida cautelar para cessar imediatamente o pagamento que consome cerca de R$ 23 milhões por ano. Impressionante como o senador Marcio Bittar que quer cortar tudo e até diminuir o número de vereadores para economizar, tenha passado batido nessa história.

Biografia

Aliás, sobre o senador Marcio Bittar (MDB), leitor assíduo da coluna reclama que a biografia do senador só ficará completa quando constar que ele é um brasileiro completo- nasceu em São Paulo, foi criado no Mato Grosso, adora Brasília, mas só se elege no Acre.


Noviço

O candidato do PSL à prefeitura de Cruzeiro do Sul, Adônis Souza, vem obtendo uma boa aceitação e se as candidaturas tradicionais se desgastarem terá uma boa chance. Entretanto como estreante numa disputa precisa ficar esperto e não se entusiasmar demais com as presenças em reuniões e promessas de apoio. Voto quebra mais que arroz de terceira.

Crise de identidade

Repórter da imprensa nacional, atrás de fazer uma matéria sobre a representação das mulheres negras na política nacional, tentou entrevistar a deputada Perpétua Almeida (PCdoB), para saber se a parlamentar acreana era a única negra a ser líder de partido. Como não conseguiu falar com Perpétua, ligou para o deputado Alan Rick (Democratas). Alan devolveu a pergunta- “Perpétua é negra?” A repórter respondeu que para ser negra basta “se considerar”. O episódio resultou numa crise de identidade racial. Perpétua que nunca havia pensado na questão até agora não sabe se é negra ou não. Devia relaxar a respeito- todo o brasileiro independente das outras misturas tem um pé na senzala e outro na maloca.

Boa tarde, governador Gladson Cameli. Quer dizer que mandou Moisés abrir o “mar vermelho” para o conservadorismo passar?

Nenhum comentário: